Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Justiça

Acordo extingue reintegração de posse nas ocupações da Mata do Isidoro

Famílias participarão do processo de regularização fundiária

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
CIDADES. BELO HORIZONTE, MG.Bispo Wilson Angott abencoa ocupacoes da area Mata do Isidora, tambem conhecida como Granja Werneck
Primeiras ações serão na região da Granja Werneck
PUBLICADO EM 09/11/18 - 10h23

Como marco da semana nacional de conciliação, realizada pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), será anunciada nesta sexta-feira (9), na sede do órgão, a extinção da ação de reintegração de posse das ocupações da Mata do Izidoro, na região Norte de Belo Horizonte.

Atualmente, cerca de trinta mil pessoas moram nas ocupações da região do Izidoro. O próximo passo deverá ser a regularização fundiária da área, o que, na prática, significa dar termos de posse aos moradores da região.

Articulador da retirada do processo, o presidente da Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab Minas), Alessandro Marques, diz que o primeiro passo será na área da Granja Werneck.  “Foi firmado um acordo entre os proprietários da empresa Granja Werneck com a Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais extinguindo definitivamente o processo de reintegração”, explica.

Segundo ele, as famílias participarão do processo de regularização fundiária que será estabelecido em 1º de dezembro de 2018.

Em julho, o governador Fernando Pimentel já havia assinado despacho que autorizava a Cohab minas a negociar com os proprietários da área e a regularizar as três ocupações que estão no Izidoro, são elas: Rosa Leão, Vitória e Esperança.

O que achou deste artigo?
Fechar

Justiça

Acordo extingue reintegração de posse nas ocupações da Mata do Isidoro
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

Comentários (20)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter