Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Após adiamento

Alunos da rede pública retornam às aulas em Brumadinho

Calendário escolar previa que os estudantes voltassem às atividades na última semana, mas início do ano letivo foi adiado

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Brumadinho volta às aulas
PUBLICADO EM 11/02/19 - 08h38

Alunos de escolas públicas das redes estadual e municipal em Brumadinho voltam às aulas nesta segunda-feira (11). O calendário escolar previa que os estudantes voltassem às atividades na última semana, mas o início do ano letivo foi adiado devido ao rompimento da barragem da Vale.

Na comunidade Córrego do Feijão, alunos da Educação Báscia - até a 4ª série - acordaram cedinho e foram para a Escola Municipal Nossa Senhora das Dores. "Nós ficamos ansiosos para o início do ano letivo. Nós percebemos nas carinhas das crianças que elas estão assustadas, mas, nesse momento inicial, estão estão curiosos para saber quem são os novos professores e encontrar os coleguinhas", explicou a diretora da instituição, Gabriela Lopes Reis.

Segundo ela, a escola, que funciona nos períodos da manhã e tarde, recebe crianças entre 3 anos - Educação Infantil - até os 11 anos. Ao todo são 85 alunos nos dois turnos. Por causa da tragédia, uma psicóloga também foi disponibilizada na escola para os alunos, familiares e professores. 

"É um recomeço. Nós ficamos muito tristes com essa tragédia. Eu estou muito feliz com o retorno das crianças", finalizou. 

Transporte

O transporte escolar é compartilhado entre os alunos da rede pública. Enquanto a rede municipal recebe cerca de 6 mil alunos, a estadual tem 1323 estudantes em Brumadinho.

Os ônibus escolares, com alunos das redes municipal e estadual de ensino, passam por dentro da Mineradora Vale, por causa da avenida Alberto Flores, de acesso ao Córrego do Feijão, e a outros distritos como Casa Branca e Suzana, que está interditada.

A avenida está coberta pela lama desde 25 de janeiro, com o rompimento da barragem I da Vale, em Córrego do Feijão.

Em nota, a Mineradora Vale informou que, após reunião em conjunto com a Secretaria de Obras de Brumadinho, a Defesa Civil e o Departamento de Estradas e Rodagem (DER), foi definido que a construção de uma ponte sobre a Avenida Alberto Flores é a solução para restabelecer com segurança o acesso das comunidades atingidas, como Parque da Cachoeira e Córrego do Feijão, em Brumadinho. (Com informações de Pedro Ferreira).

 

Atualizada às 14h17

O que achou deste artigo?
Fechar

Após adiamento

Alunos da rede pública retornam às aulas em Brumadinho
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter