Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Patos de Minas

Assaltante se passa por cliente de bufê para agredir e roubar empresária

De acordo com a Polícia Militar (PM), o ladrão amarrou os pés e as mãos da mulher e a amordaçou com uma tira de pano

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
buffet patos
Estabelecimento funcionava na casa dela
PUBLICADO EM 09/08/18 - 17h09

Uma mulher de 64 anos, dona de um bufê em Patos de Minas, no Alto Paranaíba, ficou mais de duas horas refém de um assaltante. O homem a procurou na tarde de quarta-feira (8) fingindo estar interessado em contratar os serviços da pequena empresa, mas amarrou, amordaçada e espancou a vítima. Até o fechamento desta edição, a mulher permanecia internada em um hospital da cidade, e o bandido não tinha sido localizado.

De acordo com a PM, por volta das 13h, o suspeito chegou ao bufê, no bairro Bela Vista, usando um capacete de cor preta e dizendo que queria fazer um orçamento. A vítima permitiu a entrada dele no estabelecimento, que funciona na casa dela. O homem então retirou o capacete, sacou uma faca e anunciou o assalto.

O ladrão amarrou os pés e as mãos da mulher e a amordaçou com uma tira de pano. Depois, a mulher foi jogada ao chão e agredida.

O bandido pegou o dinheiro que estava no bolso da vítima – em valor não divulgado pela corporação –, além de dois celulares e um pequeno cofre, que estava vazio. Depois, o criminoso revirou o local e fugiu.

A mulher se arrastou até a garagem, onde retirou a mordaça e gritou por socorro. Uma vizinha, uma dona de casa de 77 anos, a desamarrou e, às 15h20, acionou a PM.

A vizinha contou que encontrou a vítima toda manchada de sangue. “Ela só falava ‘ai, ai, ai’, dizendo que um homem alto entrou lá, a amarrou e bateu muito nela. Ela conseguiu abrir a porta e foi se arrastando até a garagem. Estava caída, com muita dificuldade de respirar”, conta.

De acordo com a PM, o bandido tem pele clara e usava camisa social e calça jeans. Tudo indica que ele sabia que a vítima guardava dinheiro em casa, segundo a polícia. 

Boletim médico

A vítima, que sangrava pela boca quando foi encontrada, foi socorrida pelo Samu e levada ao Hospital Regional Antônio Dias, em Patos de Minas, onde permanecia internada até o fechamento desta edição. A unidade não informou o estado de saúde da paciente. A mulher foi levada ao Hospital Vera Cruz, na cidade, para fazer ressonância de coluna vertebral.

Em apenas um mês, foi o terceiro ataque que a vítima sofreu, segundo uma mulher de 58 anos que tem comércio perto da casa da mulher. “Na primeira vez, abriram a casa dela, reviraram tudo, arrombaram o cofre e roubaram dinheiro e joias. Dias atrás, abriram o carro dela. E agora, de novo”, afirmou. Segundo ela, a vizinhança está apavorada e indignada com a violência. “Um crime atrás do outro. Estou com muito medo”, disse a comerciante.

A mulher que socorreu a vítima confirma os três casos. “Quando arrombaram o carro dela na garagem, furtaram uma taça que ela havia levado de uma festa”, detalhou.

A Polícia Militar informou que vai usar imagens de câmeras de segurança da rua para tentar identificar o ladrão.

O que achou deste artigo?
Fechar

Patos de Minas

Assaltante se passa por cliente de bufê para agredir e roubar empresária
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (1)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter