Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Pelas redes sociais

Cemig diz que furto de uniformes da companhia é boato

Por nota, a companhia afirma que não houve nenhuma ocorrência dessa natureza, e que a mensagem enviada pelo WhatsApp se trata de um boato

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Boato que circula nas redes sociais diz que uniformes da Cemig foram furtados
Boato que circula nas redes sociais diz que uniformes da Cemig foram furtados
PUBLICADO EM 09/05/17 - 15h41

Um boato envolvendo a Cemig está circulando pelo WhatsApp. A mensagem, divulgada na manhã desta terça-feira (9), informa que foram roubados uniformes da companhia e esses seriam usados para a prática de golpes. Por nota, a empresa afirma que não houve nenhuma ocorrência dessa natureza, e afirma que a mensagem se trata de um boato. 

A Cemig, no entanto, não descarta a possibilidade de golpes envolvendo o nome da companhia,e alerta a população para algumas precauções. De acordo com a nota divulgada, algumas ocorrências já foram notificadas, principalmente em cidades do interior, de supostos funcionários que  tenham pedido para que clientes fizessem depósitos bancários para impedirem que o relógio de luz fosse cortado ou até mesmo removido. A empresa reitera  que não é conduta dela esse tipo de abordagem e toda cobrança sempre será feita através da conta de energia.

Em caso de atendimento nas residências, a Cemig alerta que o cliente deve exigir a identificação daqueles que se apresentam em nome da Companhia. Todos os empregados do quadro próprio ou de empresas contratadas usam crachá de identificação e uniforme. Se ainda assim, após a identificação, o consumidor permanecer com dúvidas a respeito da identidade da pessoa, o cliente deve ligar para o  número 116 e verificar o serviço a ser realizado. 

 

 

O que achou deste artigo?
Fechar

Pelas redes sociais

Cemig diz que furto de uniformes da companhia é boato
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (1)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter