Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Política de preços

Comissão da ALMG pode mover ação contra presidente da Petrobras

Possibilidade foi levantada pelo deputado Jean Freire (PT) durante uma audiência pública realizada na manhã desta sexta-feira na Regap

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Pedro Parente
Pedro Parente pode ser responsabilizado por prejuízos, de acordo com deputado
PUBLICADO EM 01/06/18 - 11h03

A Comissão de Trabalho e Previdência Social da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) pode mover uma ação civil pública contra o presidente da Petrobras, Pedro Parente.

A possibilidade foi levantada pelo deputado Jean Freire (PT) durante uma audiência pública realizada na manhã desta sexta-feira (1) na portaria principal da Refinaria Gabriel Passos (Regap).

"Esta política de preços é a grande responsável pelos sucessivos aumentos de combustíveis que estamos sofrendo. O presidente da Petrobrás, Pedro Parente tem que ser responsabilizado judicialmente pelos prejuízos acusados na economia", destacou o deputado.

Entre os requerimentos aprovados pela comissão da ALMG está um que pede a suspensão imediata da multa de R$ 2 milhões imposta pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) contra os sindicatos que permanecem com a greve dos petroleiros.

O que achou deste artigo?
Fechar

Política de preços

Comissão da ALMG pode mover ação contra presidente da Petrobras
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

Comentários (3)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter