Pandemia

Coronavírus: BH tem 20 casos em um dia; já são 261 em Minas Gerais

A Secretaria de Estado de Saúde confirmou, nesta segunda-feira, primeiro óbito em MG por coronavírus; ao todo, 23 são investigados

Por Lara Alves
Publicado em 30 de março de 2020 | 11:02
 
 
 

Vinte novos casos de coronavírus apareceram em Belo Horizonte entre domingo (29) e esta segunda-feira (30), chegando a 163 o número de pacientes com diagnóstico confirmado para a infecção na capital mineira – município, aliás, com maior número de casos em todo o estado de Minas Gerais. A média registrada é semelhante à detectada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) entre os dias 26 e 27 de março, na semana passada, quando surgiu quase um caso por hora em BH – 22 novos pacientes nas 24 horas do dia. 

A situação não é menos alarmante em toda a região de Minas Gerais, que já tem 261 casos do novo coronavírus. Balanço publicado nessa segunda-feira aponta para a primeira morte em decorrência da infecção no Estado. Trata-se de uma senhora de 82 anos, que morreu nesse domingo após um período de internação no Hospital Biocor, em Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte. 

Ouça o que o professor da UFMG Gustavo Menezes disse ao podcast Tempo Hábil Entrevista sobre os desafios da primeira pandemia em tempos de redes sociais:

 

Essa é a primeira vez que o documento da SES declara um óbito confirmado em Minas Gerais. O número pode crescer nos próximos dias. Vinte e três outras mortes são investigadas pelo órgão estadual, de acordo com o relatório.  O número de pacientes com sintomas suspeitos aumenta exponencialmente em toda a região. Esse dado, aliás, assusta: em 25 de março eram 14.227 os casos investigados em Minas Gerais, já cinco dias depois o número chegou a 29.724, cerca de 15.500 pacientes a mais. 

Coronavírus: família de 1ª vítima em MG pede que governo respeite doentes

Cidades de MG

Com Belo Horizonte no topo, Nova Lima e Juiz de Fora completam a tríade das cidades mineiras com maior número de casos. São 19 pacientes em Nova Lima, e 13 em Juiz de fora. O quarto município com a maior concentração de pessoas infectadas é Uberlândia, no Triângulo Mineiro, onde há dez casos. Divinópolis aparece em seguida, com nove pacientes com Covid-19.

Trinta e um municípios mineiros já declararam existir em seus limites casos do novo coronavírus. O número de cidades com pacientes diagnosticados também cresceu. Curvelo e Unaí não apareciam no balanço de domingo (29). A SES confirmou, através do relatório, o surgimento de um caso do coronavírus em cada um desses municípios. 

Pacientes

Até esta segunda-feira (30), não havia em Minas Gerais casos do novo coronavírus em crianças com idade entre 1 e 9 anos. Contudo, o balanço epidemiológico mais atual da Saúde descreve mudanças nesse histórico de infecção: agora, há um paciente enquadrado nessa faixa etária. Há também no Estado um bebê com idade entre 0 e 1 ano infectado. A secretaria registrou três casos de pacientes com idades entre 10 e 19 anos e três octogenários – aqueles com idade acima de 80 anos, um dos grupos de risco para o coronavírus. 

Os homens são os mais acometidos pela doença em Minas Gerais. São 160 pacientes masculinos. Há 101 mulheres diagnosticadas com o novo coronavírus no Estado. O relatório da SES aponta ainda que a maior parte das pessoas com Covid-19 são aquelas com idades entre 20 e 59 anos – 211 pacientes. A segunda faixa etária com maior número de casos compreende aqueles com idades entre 60 e 79 anos, 42 pessoas.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!