Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Na região Central de Minas

Homem morre e mulher sobrevive a onze facadas em Jaboticatubas

Suspeito ainda tentou estuprar a vítima antes de fugir pelos fundos do imóvel; motivação para o homicídio é desconhecida

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 21/12/14 - 11h49

Um homem foi morto com duas facadas na madrugada deste domingo (21), no bairro Recanto do Sabiá, em Jaboticatubas, na região Central de Minas. A mulher dele também foi golpeada onze vezes, mas resistiu as ferimentos.

De acordo com o relato de um vizinho à Polícia Militar (PM), ele ouviu gritos na casa da família, e assobiou para chamar a atenção. Minutos depois, a mulher correu para a rua com os filhos, ensanguentada e pedindo socorro. Ela contou a esse vizinho que um homem, identificado como 'Pretinho", teria invadido sua casa e esfaqueado seu marido. Valderson Lemos de Alcena morreu no local.

O suspeito ainda teria tentado estuprá-la, e depois a golpeou na cabeça e nos braços. A mulher só conseguiu se salvar depois chutar as partes íntimas dele, que fugiu por um matagal nos fundos do imóvel e não foi localizado.

A PM foi até o endereço do suspeito, onde ele trabalha como caseiro. O dono do sítio disse que "Adão", o Pretinho, havia saído para ir a um bar. No local do crime, um boné foi deixado para trás, que esse homem reconheceu como sendo de Adão.

A mulher foi levada para um pronto socorro de Jaboticatubas e depois transferida para o Hospital João XXIII, na capital. As causas do homicídio não foram esclarecidas.

A mulher saiu da emergência e foi transferida para observação no ambulatório. O estado da paciente é estável.

Atualizado às 21h 10

O que achou deste artigo?
Fechar

Na região Central de Minas

Homem morre e mulher sobrevive a onze facadas em Jaboticatubas
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter