Região metropolitana

Jovem passa mal durante sexo na noite de núpcias, e morre em seguida em Ibirité

Mulher tinha se casado e mantinha relações sexuais com o marido, quando, segundo ele, ela teve uma falta de ar e morreu

Por Natália Oliveira
Publicado em 11 de junho de 2021 | 08:28
 
 
 
normal

Uma jovem de 18 anos morreu na noite de núpcias, nesta quinta-feira (10), em Ibirité, na região metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com o boletim de ocorrência, o casal tinha se casado nesta quinta e ido para casa no bairro Serra Dourada. A noite, quando mantinham relações sexuais, a mulher se sentiu mal e horas depois morreu.

O marido dela de 29 anos contou que durante a relação sexual, a jovem disse que estava sentindo falta de ar. O homem disse que saiu da casa e pediu ajuda uma vizinha. Os dois decidiram chamar um carro de aplicativo para levar a jovem até um hospital.

Um motorista atendeu o chamado, mas se recusou a fazer a corrida. Um segundo carro de aplicativo foi chamado, mas quando o motorista viu que vítima estava desmaiada, ele orientou o homem e a vizinha a chamarem o Serviço Móvel de Urgência (Samu). 

O médico da ambulância constatou que a recém-casada estava em parada cardiorrespiratória. Ele entubou a paciente, mas ela não resistiu e morreu no local. 
Apesar do corpo não ter sinais de violência, a Polícia Militar foi acionada. A vizinha relatou aos militares que não ouviu nenhum grito ou barulho de agressão antes da morte. 

O viúvo era consolado por vizinhos quando os polícias chegaram. Ele disse que vai deixar a residência em que o casal morava de aluguel e ir morar com familiares no interior de Minas. 

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Belo Horizonte e o caso repassado  à Polícia Civil.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!