Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Crime

Mulher acusa homem de assediá-la em banheiro de shopping da grande BH

À reportagem, a dentista contou que estava no banheiro próximo a um supermercado quando percebeu um vulto por cima da divisória do box onde estava

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
shopping contagem
Mulher de 27 anos diz que vai processar shopping
PUBLICADO EM 10/08/18 - 18h26

A ida ao banheiro feminino do shopping Contagem, na região metropolitana, terminou de forma constrangedora para uma dentista de 27 anos no último sábado (4).

A mulher afirma ter encontrado um homem infiltrado em um box ao lado do dela para observá-la. Segundo a Polícia Militar, por pouco, o acusado não foi linchado pela família da vítima e precisou ser retirado às pressas do centro de compras.

À reportagem, a dentista contou que estava no banheiro próximo a um supermercado quando percebeu um vulto por cima da divisória do box onde estava. Ao notar que parecia uma cabeça, ela saiu e aguardou do lado de fora da cabine.

“Olhei por debaixo da porta e vi um tênis masculino. Eu esperei a pessoa sair e não saía. Eu falei só mexendo a boca para as outras três mulheres que estavam lá que tinha alguém me vigiando. Aí a pessoa que estava dentro do box abriu a porta e, nisso, eu vi que era um homem. Nesse momento, eu já comecei a esmurrar a porta, a bater e a xingar ele”, afirmou.

Segundo a dentista, o homem saiu afirmando que não era brasileiro e que havia apenas cometido um engano.

“Eu falei com ele que, em qualquer lugar do mundo, esse símbolo é de banheiro feminino”, afirmou. Ela acionou a polícia e registrou um boletim de ocorrência no local.

De acordo com ela, a segurança do shopping veio até o homem de 33 anos e pediu o passaporte dele. Populares, contudo, pediram que o celular dele fosse tomado.

“Eles começaram a protegê-lo. A mulher que também estava no banheiro pediu que o celular dele fosse vistoriado para ver se ele não tinha filmado. O segurança não permitiu que a gente pegasse, nem o colombiano.  O administrador do shopping veio e não fez mais nada”, afirmou.

A dentista disse que vai processar o shopping Contagem por falta de segurança e de apoio. Ela afirmou que ninguém da administração do local entrou em contato após o ocorrido.

No boletim registrado pela Polícia Militar, oficiais relataram que familiares e amigos de Juliana chegaram muito nervosos perto do colombiano. Para a PM, eles aparentavam estar descontrolados, dizendo palavras de baixo calão, e tinham a intenção de agredir o homem. A reportagem enviou mensagens ao perfil do acusado nas redes sociais, mas nenhum contato foi retornado.

O shopping Contagem, por sua vez, respondeu em nota que lamenta profundamente o ocorrido e que prestou toda assistência à cliente. “A administração esclarece ainda que investe com frequência em treinamento da equipe para que situações como essas sejam coibidas”, disse.

O que achou deste artigo?
Fechar

Crime

Mulher acusa homem de assediá-la em banheiro de shopping da grande BH
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (12)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter