Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Perseguição

Polícia troca tiros com suspeitos de roubo a empresa de valores

Suspeitos atiraram contra veículos da polícia em cidades de Minas e São Paulo

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 08/11/17 - 17h16

A Polícia Militar (PM) continua a caça aos suspeitos do roubo à empresa de valores Rodoban, que aconteceu em Uberaba, no Triângulo Mineiro, na madrugada da última segunda-feira (6)

Na tarde desta quarta-feira (8), em Conceição das Alagoas, município que fica a aproximadamente 60 km de Uberaba, policiais trocaram tiros com bandidos que teriam participado do assalto.

A perseguição teve início depois que uma viatura da Polícia Civil foi alvejada pelos criminosos na MG-427. Nenhum policial ficou ferido. O grupo, que estava em um Fiat Siena, fugiu pela rodovia em direção a São Paulo.

Em Miguelópolis, já no Estado vizinho, houve nova troca de tiros. Novamente, os bandidos conseguiram fugir, dessa vez pela SP-385. Segundo a PM de Ituverava, quando os criminosos chegaram ao distrito de São Benedito da Cachoeirinha, eles abandonaram o Siena e roubaram dois veículos de moradores da região – um carro e uma caminhonete, de modelos não informados.

Os suspeitos seguiram pela SP-385 no sentido de Ribeirão Preto e abandonaram os veículos roubados em um matagal em Ituverava. A PM de São Paulo organizou uma operação de cerco e bloqueio nas principais vias da região. Os militares acreditam que os criminosos estejam escondidos na mata. A corporação não informou se algum integrante da quadrilha foi localizado até o momento.

Relembre

Na madrugada da última segunda, criminosos roubaram cerca de R$ 20 milhões de uma transportadora de Uberaba. O bando, com cerca de 30 pessoas, usou uma metralhadora .50, que pode derrubar até helicóptero, espalhou parafusos para dificultar a ação dos policiais, queimou transformadores e carros em pontos estratégicos. A quadrilha explodiu paredes da Rodoban e levou o dinheiro na fuga.

Moradores relataram momentos de pânico durante a madrugada. Segundo eles, foram duas explosões e diversos disparos. 

Até o momento, três pessoas foram presas em Caldas Novas (GO). Eles negaram participação no crime em depoimento. Dois deles teriam relação com o Primeiro Comando da Capital (PCC).

*Sob supervisão de Ailton do Vale

O que achou deste artigo?
Fechar

Perseguição

Polícia troca tiros com suspeitos de roubo a empresa de valores
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter