Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Após aula de artes

Professor estupra criança e diz que cometeu crime porque estava triste

Antes do abuso, suspeito disse à polícia que perguntou se o aluno era homossexual; vítima tem 9 anos

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Escola Vila Fazendinha
Crime aconteceu após a aula de artes na Escola Municipal Vila Fazendinha
PUBLICADO EM 06/12/18 - 07h59

Um professor de 28 anos foi preso, nessa quarta-feira (5), suspeito de abusar sexualmente de um aluno de 9 anos dentro de uma escola municipal no aglomerado da Serra, na região Centro-Sul da capital. Ele confessou o estupro e afirmou à Polícia Militar que cometeu o crime porque estava triste com o fim do namoro.

De acordo com o boletim de ocorrência da corporação, o caso foi registrado na última sexta-feira (30) e, desde então, militares do Batalhão Rotam faziam rastreamento na tentativa de localização do suspeito.

Nessa quarta-feira, ele foi localizado com o namorado na praça da Estação, no centro de BH. Ao ser abordado, o homem, de 28 anos, contou detalhes do crime.

Ele disse que após a aula de artes ficou com o aluno sozinho na sala e perguntou se o menino era homossexual. Em seguida, fez com que a criança pegasse no pênis dele. O homem ainda obrigou que o garoto fizesse sexo oral nele. Logo depois foi embora da escola.

Ainda em conversa com os policiais, além de dizer que cometeu o crime por causa do fim do relacionamento, o professor contou que usou drogas antes de ir para a escola. 

Ele foi encaminhado à Delegacia Especializada de Crimes contra a Mulher, Idoso e Criança.

A reportagem tentou contato com a Secretaria de Educação de Belo Horizonte, mas as ligações ainda não foram atendidas. A Escola Municipal Vila Fazendinha também foi procurada na manhã desta quinta-feira (6), mas uma atendente informou que apenas a secretaria pode comentar o caso.

O que achou deste artigo?
Fechar

Após aula de artes

Professor estupra criança e diz que cometeu crime porque estava triste
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

Comentários (51)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter