Nova Pampulha

Suspeito é morto após trocar tiros com a PM e atropelar policial na Grande BH

Durante a fuga, o suspeito atropelou um militar, que foi socorrido para o hospital

Por Raíssa Oliveira
Publicado em 26 de janeiro de 2024 | 08:16
 
 
 
normal

Um homem, ainda não identificado, foi morto pela Polícia Militar (PM) durante uma perseguição, que começou no bairro Nova Pampulha, em Vespasiano, na Grande BH, na noite desta quinta-feira (25). Durante a fuga, o suspeito atropelou um militar, que foi socorrido para o hospital. 

De acordo com a PM, a guanição foi acionada para uma ocorrência de tortura. Segundo informações, um homem estaria sendo torturado por três traficantes devido a uma dívida de drogas. Os militares foram até ao local, mas, ao perceberem a chegada da viatura, os suspeitos tentaram fugir.

Segundo a PM, um dos suspeitos entrou em um carro e acelerou contra um policial, que conseguiu se desvencilhar. Em seguida, ele jogou o veículo contra um segundo militar. O agente foi atropelado e arrastado por aproximadamente dez metros. Na sequência, o suspeito fugiu por uma mata. 

A PM realizou buscas à procura do suspeito, com o apoio do helicóptero Pégasus e dos cachorros da corporação. O homem foi encontrado e, segundo a PM, atirou contra os militares, que reagiram e balearam o suspeito. 

O militar atropelado foi socorrido para o Hospital Risoleta Neves. A vítima de tortura também foi socorrida para a unidade. Não há informações sobre o estado de saúde das vítimas. 

O suspeito baleado também foi socorrido, mas não resistiu. Os outros dois suspeitos fugiram e ainda não foram localizados. A PM faz buscas à procura dos suspeitos.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!