Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Luxemburgo

Trânsito ruim com dias contados

Os comerciantes reclamam do fim das vagas para estacionamento

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Antes da reforma, praça tinha rotatória no centro, gerando congestionamentos
Os comerciantes reclamam do fim das vagas para estacionamento
PUBLICADO EM 20/08/09 - 20h02

Considerada o centro do bairro Luxemburgo, por ser ponto de convergência das principais ruas e comércio, a praça José Cavallini, na região Centro-Sul da capital, está passando por grandes mudanças. O trânsito, que antes era orientado por uma rotatória, agora tem cruzamentos semaforizados. A Empresa de Transporte e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) alega que as intervenções diminuirão os congestionamentos e darão mais segurança aos pedestres.

Segundo o gerente de Projetos de Trânsito da BHTrans, Antônio Celso Medeiros, a demanda por mudanças surgiu da própria comunidade, que enxergava dificuldades de acessibilidade no antigo sistema de trânsito e para pedestres. "Seis ruas desembocam na praça e, com a rotatória, o trânsito era sempre comprometido e retido nos horários de pico. As retenções eram enormes e as manobras indevidas eram constantes. O aumento da frota e da população na região nos últimos anos e a busca por caminhos alternativos contribuíram para o esgotamento do sistema", explicou.

Com a retirada da rotatória, ficam proibidas as conversões à esquerda. Medeiros disse que, nesses casos, o motorista deverá usar retornos nas vias auxiliares para conseguir atingir o ponto desejado. As alterações de circulação já foram implantadas, mas as obras, que tiveram início no dia 22 de julho, devem seguir até o final de outubro.

Também estão incluídos nas mudanças o alargamento das calçadas e um projeto paisagístico que prevê a instalação de bancos, lixeiras, postes de iluminação e árvores.

"A sinalização melhorou muito e a fluidez no trânsito também. As pessoas têm mania de reclamar porque têm um pensamento individualista. Isso aqui antes dessa reforma era uma bagunça. O risco de acidentes e atropelamentos era constante", afirmou o aposentado José Antônio Vieira, morador do Luxemburgo.

O empresário Márcio Goslin, 55, outro morador do bairro, também aprovou as obras. "Antes da reforma, era um custo para o motorista conseguir passagem nessa rotatória."

Porém, nem todos estão satisfeitos com as modificações. Os comerciantes locais são os que mais reclamam, já que as vagas de estacionamento em frente às lojas deixaram de existir. "O movimento aqui na padaria já caiu muito desde o início dessas obras. Tiraram o espaço de estacionamento e as pessoas de carro não param mais por aqui", afirmou Antônio Di Spirito Filho, 65, sócio do estabelecimento localizado na praça.

Números

18 mil veículos em média passam pela praça José Cavalini todos os dias

78 m2 de jardim serão plantados na nova área da Praça José Cavalini


Mudanças

Principais intervenções a serem realizadas:

-> 6 travessias sinalizadas
-> 10 rebaixos de meio-fio
-> 18 bancos em concreto
-> 8 lixeiras
-> 5 postes
-> 4 árvores


ALEXANDRE GUZANSHE

A FAVOR
Maria Lúcia Duarte
DONA DE CASA, 60 ANOS

Como pedestre, eu aprovo totalmente essa reforma. Antes das mudanças, era um sufoco para
atravessar as ruas. Agora teremos segurança e sinalização adequada.


ALEXANDRE GUZANSHE

CONTRA
Guilherme Couto
QUIROPATA, 51 ANOS

A população perdeu as vagas e agora não tem onde parar. Os comerciantes já começaram a sentir os prejuízos dessas obras. E o pior é que o trânsito continua caótico.

O que achou deste artigo?
Fechar

Luxemburgo

Trânsito ruim com dias contados
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter