Recuperar Senha
Fechar
Entrar

As mulheres de Israel Kislansky

Artista abre amanhã mostra em que explora a representação do corpo feminino.

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 29/06/06 - 00h01

O Ponteio Lar Shopping recebe, a partir de amanhã, uma exposição de esculturas do artista plástico Israel Kislansky. Ao todo, são 15 obras que representam corpos femininos, sendo duas em tamanho superior ao natural e as outras de médio e pequeno porte, todas feitas em bronze e cerâmica.

Além das esculturas, a mostra reúne uma série de dez desenhos que são, segundo Kislansky, o embrião das obras. Ele conta que intensificou seu trabalho de representação do corpo feminino ao longo dos últimos seis anos.

"É uma espécie de passeio pelas possibilidades que o corpo oferece em termos formais e é, também, o depoimento da minha intimidade com as modelos", diz. Sobre as motivações que o levaram à atual fase de sua carreira, ele explica que apenas atendeu a um impulso subjetivo.

"Eu venho da pintura, fui pintor durante muitos anos e entrei na escultura através do corpo feminino. Quando comecei, tive como modelo minha mulher. Fazer esculturas, para mim, sempre foi sinônimo de representação do corpo humano", diz.

Tensão
Sobre as características que são marcantes em sua obra, ele destaca a tensão entre a feição de suas esculturas, que apresentam semblantes sempre plácidos e serenos, e os corpos, que surgem atormentados, em posições antinaturais.

Baiano radicado em São Paulo há cerca de 20 anos, ele vem regularmente a Belo Horizonte, a cada dois meses, para ministrar, no ateliê ArteMinas, a oficina "Modelagem do Corpo Humano".

"Já faz quatro anos que cumpro essa rotina e conto com a ajuda da Léa Diegues. Tenho um grupo regular de escultores em Belo Horizonte para os quais ministro essa oficina. Quando o aluno já está num certo nível, ele passa a fazer parte desse grupo, o ArteMinas", diz.

AGENDA " Abertura da mostra de Israel Kislansky, amanhã, às 20h, no Ponteio Lar Shopping (BR-356, nº 2.500, Santa Lúcia, 3286-4166). Em cartaz até 6 de agosto.

O que achou deste artigo?
Fechar

As mulheres de Israel Kislansky
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter