Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Comemoração

Há 20 anos, nascia o Comida di Buteco; veja a evolução

Evento ganhou espaço e se tornou o mais importante do Brasil no segmento

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Capturar.JPG
Grande público marca presença a cada edição da disputa entre ‘butecos’
PUBLICADO EM 10/02/19 - 03h00

Uma noite de festa, três amigos reunidos em um bar e muita conversa. Essa cena, comum para os belo-horizontinos, poderia ser apenas mais uma entre tantas que acontecem diariamente em muitos estabelecimentos da capital mineira. No entanto, há exatos 20 anos, em uma ocasião como essa, nascia a ideia de um dos maiores eventos gastronômicos do país: o Comida di Buteco.

“Era a solenidade de final de ano da extinta Rádio Gerais. O João Guimarães, que era o proprietário da emissora, o Eduardo Maya, produtor do programa Momento Gourmet, e eu, que até então trabalhava como gerente de marketing e comercial do veículo, desenhamos todo o formato do concurso, com o intuito de resgatar as comidas de raiz dos ‘butecos’ mais tradicionais de BH”, lembra uma das sócias do Comida di Buteco, Maria Eulália Araújo.

Na primeira edição, no ano de 2000, dez participantes apostaram na novidade. “Foi um grande desafio realizar esse feito, pois tivemos que convencer esses empreendedores que estávamos fazendo algo sério, uma vez que, naquela época, no Brasil, não existiam tantos eventos de gastronomia”, destaca Maria Eulália.

No entanto, para a surpresa dela, a receptividade do público foi grande, uma vez que cerca de 5.000 votos foram contabilizados e mais de 30 mil pessoas visitaram os ‘butecos’. “Depois, esses números só crescendo. No ano passado, por exemplo, registramos mais de 600 mil votos válidos, com a participação de cinco milhões de pessoas em todo o Brasil, nos 640 estabelecimentos participantes. Hoje, somente em Belo Horizonte, são 52 estabelecimentos competindo”, frisa.

Fatos marcantes

Ao longo da história do Comida di Buteco, muitos acontecimentos também fizeram com que o concurso deixasse um legado para a cidade, como a descentralização da gastronomia de valor. “Conseguimos fazer com que as pessoas deixassem de frequentar a Zona Sul da capital para circular em outras regiões, redescobrindo um novo roteiro e opções de comidas de raiz”, aponta.

Já para a coordenadora do concurso Flávia Rocha, outro destaque é em relação ao aumento no número de mulheres que frequentam a festividade. “Só para se ter uma ideia, 59% do público do nosso evento é feminino. Quando falamos delas estarem à frente ou junto com o marido nos negócios, o número passa a ser de 60%”, completa.

Conforme ela explica, um dos anos mais importantes para o evento foi 2008. “Nesse período vimos que o Comida di Buteco tinha capacidade de crescer. Então, acabamos ampliando a competição para outras cidades, como Rio de Janeiro, Goiânia e Salvador”, conta.

Com o passar do tempo, a expansão continuou de forma acelerada, até que, em 2016, a competição chegou em todas as cinco regiões brasileiras. “A partir desse ano começamos a realizar a eleição do melhor ‘buteco’ do Brasil, em que todos os 21 campeões de suas respectivas cidades competem para saber qual é o melhor deles”, lembra Flávia.

Para a edição deste ano em Belo Horizonte, o organizador do evento, Filipe Tosta, destaca que o público pode esperar por muitas surpresas. “Faremos uma baita comemoração de 20 anos. Estamos muito entusiasmados. Os visitantes presenciarão uma edição muito criativa, com comida boa e cerveja gelada”, garante.

 

Comida di Buteco

2000

Primeira edição do Comida di Buteco, com dez butecos participantes.

2005

A disputa já era considerada a maior do gênero no Brasil.

2007

O evento é citado pela primeira vez no The New York Times.

2008

Cidades como Rio de Janeiro, Goiânia e Salvador entram no concurso.

2010

Os municípios de Ipatinga, Montes Claros, Poços de Caldas, Uberlândia, além de Campinas, Ribeirão Preto e Rio Preto entram no circuito.

2011

É a vez de Belém, Fortaleza, Juiz de Fora e Manaus marcarem presença na competição.

2012

O Comida di Buteco chega a São Paulo, maior cidade do Brasil, com 50 ‘butecos’ participantes.

2013

Presente em 16 cidades brasileiras, o evento traz pela primeira vez um tema comum a todos: linguiça e/ou mandioca.

2014

O concurso completa 15 anos.

2015

O Comida di Buteco chega às cinco regiões brasileiras! São quatro novas cidades: Brasília, Curitiba, Porto Alegre e Recife, totalizando 20.

2016

Pela primeira vez foi realizada a etapa nacional, em que 20 campeões locais disputaram entre si o título de Melhor Buteco.

2018

Completando sua 19ª edição, o concurso chega a mais uma cidade da região Sul do país: Florianópolis.

O que achou deste artigo?
Fechar

Comemoração

Há 20 anos, nascia o Comida di Buteco; veja a evolução
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

Comentários (1)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter