Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Museu da Música de Mariana de casa nova

Depois de 19 anos funcionando em prédio emprestado, instituição que cuida de acervos sacros ganha sede própria

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Museu da Música de Mariana de casa nova
Depois de 19 anos funcionando em prédio emprestado, instituição que cuida de acervos sacros ganha sede própria
PUBLICADO EM 15/07/07 - 23h48

O Museu da Música de Mariana inaugura hoje sua sede própria, depois de funcionar por 19 anos no Palácio Arquiepiscopal. No dia em que a cidade de Mariana comemora 311 anos, o museu ganha novo endereço e novo nome: funciona, a partir desta segunda-feira, no antigo Palácio dos Bispos com o nome de Centro Cultural Dom Frei Manoel da Cruz, em homenagem ao primeiro bispo de Mariana. Fundado pelo arcebispo Dom Oscar de Oliveira, o Museu da Música se propôs a reunir antigos manuscritos e impressos musicais.

Hoje, possui um dos mais importantes acervos latino-americanos de músicas sacras manuscritas. De acordo com Roque Camêllo, presidente da Fundação Cultural e Educacional da Arquidiocese de Mariana, mais de 2.000 partituras já foram catalogadas e recuperadas. "Mais de dois séculos de música sacra manuscrita, dez livros de partituras históricas e nove CDs já foram gravados por especialistas como musicólogos, historiadores e restauradores", explica.

As partituras do acervo são provenientes de doações de arquivos de corporações musicais e de famílias de músicos de cidades da Arquidiocese. A nova sede foi integralmente restaurada pela Petrobras, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com participação da Vale do Rio Doce e Ministério do Turismo. Segundo Camêllo, o prédio possui 2.400 metros quadrados. "Com a sede ampliada, é possível disponibilizar o acervo para consultas e espaço aberto à visitação pública", destaca Camêllo.

Projeto
Além do patrocínio para a restauração do prédio, a Petrobras patrocinou também o Projeto Acervo da Música Brasileira - Restauração e Difusão de Partituras, idealizado pela Fundação Cultural e Educacional da Arquidiocese de Mariana. Iniciado em 2001, o projeto reorganiza, cataloga e edita obras preciosas da música religiosa brasileira dos séculos XVII a XX, antes restritas ao espaço do Museu da Música de Mariana.

As obras são oferecidas ao grande público na forma de concertos, oficinas, exposições, CDs e livros de partituras, também acessíveis pela Internet. Em apenas três anos foram gravadas 49 músicas sacras. "O acervo não conta apenas com músicas sacras, as músicas profanas de época também estão presentes no museu", explica Camêllo.

O projeto alcança proporções inéditas no país e é reconhecido também como uma das mais completas e arrojadas iniciativas de acervos do país. "O Museu de Mariana é um dos mais importantes acervos latino- americanos de música religiosa manuscrita, muitas delas receberam restauração através de sua estrutura original tal como concebidas por seus autores", ressalta A inauguração da nova sede do Museu da Música de Mariana é aberta ao público e conta com uma programação musical extensa e presença do Governador Aécio Neves.

O que achou deste artigo?
Fechar

Museu da Música de Mariana de casa nova
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter