O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Evento

Festival gastronômico de Tiradentes reforça papel da mulher como chefs

Iniciativa, que vai até dia 1º de setembro, equipara participação feminina ao menos nas estruturas montadas nas praças da cidade

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Chef
Janaína Barrozo
PUBLICADO EM 24/08/19 - 20h14

Tiradentes, MG. Elas comandam quase sempre as cozinhas familiares, mas ainda são raramente as chefs dos espaços gastronômicos profissionais. Por isso, chama atenção, neste ano, na 22ª edição do Festival Cultura e Gastronomia Tiradentes, a quantidade de mulheres à frente dos estandes onde são ofertadas as comidas ao público - nas duas principais estruturas montadas para o evento. Ao todo, são 13 espaços: seis sob responsabilidade delas.

A chef Mariana Gontijo, de O Roça Grande (BH), comemora o fato."É um reconhecimento e talvez o princípio de uma reparação histórica, de uma dívida (da sociedade) com as mulheres na cozinha. Sempre houve essa ideia de que mulher serve para cozinhar em casa, mas não para chefiar uma cozinha, e nós estamos aqui para mostrar que não é assim", comenta ela.

No comando do estande do Biroska Santo Reis (Tiradentes), Luiza Lacerda acredita que outras mulheres possam se inspirar ao ver tantas chefs e cozinheiras. "Nada contra homem, mas eu mesma prefiro uma mulher junto de mim para trabalhar: conseguimos fazer mais coisas ao mesmo tempo, e é uma forma de nos valorizar. Felizmente, a participação das mulheres nas cozinhas profissionais está crescendo", observa.

Para a chef Janaína Barrozo, do Cabernet Butiquim (BH), as mulheres também, no geral, atendem melhor, com mais simpatia. Ela também comemora a mudança gradativa no cenário. "Fico feliz de estar crescendo (a participação feminina em espaços gastronômicos profissionais), mas, infelizmente, ainda há cozinhas que só aceitam homens. Eu tenho uma cozinha só de mulheres, acho as mulheres mais fortes, ajudam em tudo. Os homens, às vezes, têm muitas resistências", comenta.

Onde ir

Os estandes com os pratos e petiscos preparados por Mariana e Janaína ficam na estrutura montada na praça da Rodoviária na cidade - lá, também fica o espaço da chef Naiara Faria (La Palma, BH). Já o de Luiza fica na Praça Sesc Campo das Vertentes, onde também cozinham Mariana Cavalcanti (Plano B, Tiradentes) e Fabiana Porto (Taberna dos Inconfidentes). O Festival Cultura e Gastronomia Tiradentes vai até 1º de setembro na cidade histórica, e tem programação concentrada, sobretudo, nos fins de semana (sexta, sábado e domingo). 

O que achou deste artigo?
Fechar

Evento

Festival gastronômico de Tiradentes reforça papel da mulher como chefs
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

Comentários (1)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter