O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Últimos dias

Pensando em ir no Restaurante Week? Siga o manual para não passar raiva

Já te olharam torto ao pedir o menu promocional? Ou o prato servido não era nada do que você sonhou? A organização do evento respondeu as principais dúvidas dos comensais; confira

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Santinos Risoteria_Risoto de brócolis com terrinha de azeitona e tilápia_Créd Juliana Correia.jpg
Até dia 24 de novembro, chefs de 40 restaurantes vão apresentar cardápios completos e exclusivos a preços fixos em BH
PUBLICADO EM 21/11/19 - 14h58

A 19ª edição do Restaurant Week termina no próximo dia 24 em Belo Horizonte e traz menus completos, da entrada à sobremesa, por R$ 43,90 no almoço e R$ 54,90 no jantar. O preço, convidativo, permite com que o comensal aproveite a oportunidade para almoçar ou jantar em vários estabelecimentos participantes – nesta edição são 40, ao todo – e, possivelmente, se torne um cliente fiel em dias de funcionamentos regulares daquele restaurante, fisgado pelo paladar após a chance de conhecer a cozinha pela proposta gastronômica do evento. Por outro lado, os estreantes - são dois nesse ano - também encontram no evento uma forma de não só alavancar as vendas no início da caminhada, bem como conquistar novos comensais.

Mas é claro que nem tudo são flores. Durante os dias de Restaurant Week, que reúne os estabelecimentos participantes (geralmente, por livre e espontânea vontade, diga-se de passagem), relatos surgem a todo tempo de experiências nem tão agradáveis assim: o próprio lugar participante omite o menu do evento quando o cliente chega;  garçons que olham torto quando o cliente opta pelo “menu week” que, é claro, geralmente possui um preço mais em conta do que o cardápio normal; pratos servidos que não condizem com a proposta gastronômica do estabelecimento ou simplesmente o gerente que diz que, naquele dia, por alguma razão, o restaurante optou por não aderir ao menu promocional – no site oficial não há nenhuma informação sobre isso.

Se alguma situação assim já aconteceu com você, não se sinta constrangido. A organização do evento se autointitula  “o maior festival gastronômico do país” garante que  o estabelecimento participante não pode, em nenhuma hipótese, classificar os seus clientes e diferenciar o tratamento  uma vez que a iniciativa visa criar oportunidades e acesso à boa gastronomia.  

“O festival é uma oportunidade para o público conhecer estabelecimentos que tinha vontade de ir degustando um menu completo por um preço atrativo, e para que os estabelecimentos fidelizem novos clientes, impactando positivamente em suas vendas com o fluxo maior de consumidores nesse período”, disse a organização do evento ao O Tempo.

Resta seguir o guia com as dúvidas mais comuns respondidas pela organização do evento e não deixar que o seu sonho de conhecer um restaurante se torne em um irreparável pesadelo. Afinal, “torta de climão” não cai bem nem de sobremesa.

O cliente chega ao estabelecimento e pede o menu do Restaurant Week. Qual é a função do  participante a partir desse momento?

Apresentar o menu week e explicá-lo.

Se o cliente passar algum tipo de constrangimento pelo garçom ao pedir o menu week. Qual a orientação?

No local, é aconselhável que chame o gerente responsável para relatar o caso e ele apresentar uma solução ao cliente, um dever de todo estabelecimento participante ou não do festival. Se a situação não for solucionada no momento, o cliente pode relatar depois o caso por e-mail ou mensagem direta disponibilizados nas redes sociais da Brasil Restaurant Week.

É dever o restaurante informar a qualquer cliente sobre a participação do Restaurant Week ou só se for um pedido do cliente que, previamente, já sabe da participação?

Os restaurantes participantes são orientados, previamente, a oferecer o cardápio da Restaurant Week para todos e explicá-lo para que o cliente decida se deseja experimentar o menu do evento ou o cardápio convencional do estabelecimento. 

Como que o restaurante deve sinalizar a participação no evento? É aconselhável ter banner ou algum material de divulgação à vista do cliente?

Além dos cardápios dispostos na mesa, ou entregues pela brigada no atendimento, o festival disponibiliza para os estabelecimentos participantes o banner e orienta a afixá-lo de forma visível para que todos que entrarem ao local visualizem. 

Sobre o menu week, o que geralmente é orientado para o restaurante? É preciso que esse cardápio case com a proposta da cozinha do restaurante ou que aproveitem pratos já existentes no cardápio fixo?

Cada edição propõe um tema, portanto os restaurantes participantes podem elaborar um menu exclusivo de acordo com o tema, ou podem montar o menu a partir de pratos existentes no cardápio convencional, com criatividade e estratégia para deixar os menus atrativos para o público.

Sobre os dias do Restaurant Week, são validados de acordo com o funcionamento do restaurante (almoço e/ou jantar) ou é optativo? 

A indicação da organização para o restaurante é que ele atenda com o menu da Restaurant Week de acordo com o seu funcionamento. Os períodos são optativos, respeitando a operação de cada local e indicados em toda a comunicação para o público. Se por alguma razão, em casos de exceção, o restaurante não vá oferecer o menu do evento em algum dia normal do seu funcionamento, deve avisar previamente ao festival, que sinalizará no site do evento essa observação. Para mais comodidade, o festival disponibiliza uma plataforma própria de reservas gratuitas para o público, que garantem o atendimento no dia e horário disponíveis.  

O que achou deste artigo?
Fechar

Últimos dias

Pensando em ir no Restaurante Week? Siga o manual para não passar raiva
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter