• RESGATE DO CAFE DA MANHA DOS MINEIROS
    Copa Cozinha: as sócias Maíra Sette, Julia Queiroz e Cristina Gontijo, que resgatam o prazer de tomar um café da manhã sem pressa
  • RESGATE DO CAFE DA MANHA DOS MINEIROS
    No Copa Cozinha, o serviço é oferecido com mesa compartilhada (R$ 40), para comer à vontade, ou em versões reduzidas, com iguarias caseiras, por um valor fixo entre R$ 20 e R$ 30
  • RESGATE DO CAFE DA MANHA DOS MINEIROS
    Roça Grande. O “tirijum” da chef Mariana Gontijo, do Roça Grande, é oferecido em menu à la carte e inclui receitas caseiras, como o pão de queijo e a broa de fubá. Tudo é pensado para acompanhar o café quente coado na hora ou chá, cappuccino tradicional ou o caipira, feito com doce de leite e paçoca
  • cafe4.jpg
    Doce Que Seja Doce. Na Savassi, a confeiteira Luana Drumond serve, aos finais de semana, o “Cafezão”, das 9h às 15h. Cada mês é um tema diferente, mas sempre com iguarias que resgatam memórias afetivas. O valor para se esbaldar é R$ 39.
  • cafe3.jpg
    Brunch com alma de desjejum. No Café Bellíssima, o café da manhã vai até mais tarde, como manda um brunch, mas as quitandas são preservadas