Recuperar Senha
Fechar
Entrar

PROVOCAÇÃO

No Alvorada, comemoração de Dilma teve cantoria com 'Oh, Minas Gerais'

Estado onde Aécio esperava reverter vantagem de Dilma no primeiro turno registrou vitória petista com diferença de quase 5% dos votos válidos

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
AP576067651637_1.jpg
Apoiadores e militantes cantaram música de Minas, onde Dilma venceu.
PUBLICADO EM 27/10/14 - 13h52

Após o resultado das urnas, Dilma Rousseff, Lula, ministros e assessores comemoraram aliviados neste domingo (26) no Palácio do Alvorada e ironizaram a derrota de Aécio Neves em Minas Gerais.

Alguns auxiliares puxaram um coro com a música "Oh, Minas Gerais", Estado que é base eleitoral do tucano. Ela derrotou Aécio por 52,4% a 47,6% dos votos válidos na região.

Durante a disputa eleitoral, a campanha do PT veiculou uma paródia do hino para atacar Aécio.

A peça de marketing, que foi alvo de corte do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), substituía trecho da música por : "Quem conhece Aécio não vota jamais".

Quando Aécio telefonou para dar os parabéns, Dilma deixou a sala que reunia a equipe e um ministro brincou: "Bota no viva voz, quero ouvir isso".

No Alvorada, Dilma também brincou com um grupo mais próximo de assessores, perguntando qual seria a agenda de campanha da semana.

Lula e Dilma brincaram com o cardiologista Roberto Kalil, que cuida da saúde de ambos.

Corintiano roxo, o ex-presidente brincou com o médico antes de saber o resultado: "O Corinthians já me fez sofrer demais no sábado, não me deixa sofrer hoje".

Lula, que faz aniversário nesta segunda (27), foi presenteado com um bolo.

Folhapress
Rádio Super

O que achou deste artigo?
Fechar

PROVOCAÇÃO

No Alvorada, comemoração de Dilma teve cantoria com 'Oh, Minas Gerais'
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Log View