Recuperar Senha
Fechar
Entrar

MAIS DE 60% DOS VOTOS

Vittorio Medioli é eleito prefeito de Betim no primeiro turno

Empresário superou os dez concorrentes e venceu no 1º turno com maioria dos votos válidos

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Vittorio Medioli
Vittorio Medioli comemora a vitória no primeiro turno em Betim
PUBLICADO EM 02/10/16 - 19h40

Na eleição em que Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, teve o maior número de candidatos da história desde a redemocratização do país, o empresário Vittorio Medioli (PHS) superou seus dez concorrentes ainda no primeiro turno e foi eleito pelos betinenses o novo prefeito da cidade. O candidato teve 61,64% dos votos válidos. Os demais, juntos, alcançaram 38,36%.

Vittorio, que também já foi deputado federal por quatro mandatos (1991-2006), contou, nesta eleição, com o apoio de uma ampla frente partidária, formada pelas legendas PP, DEM, PTN, PR, PMN, PV, PMB, PTC, PSDB, PCdoB, PTdoB, PRB, SD, PSD, além do PHS.

Um dos grandes desafios do novo prefeito será enfrentar a grave crise financeira e administrativa pela qual passa o município. Em março deste ano, a prefeitura decretou calamidade financeira e cortou investimentos em diversas áreas, o que levou ao fechamento de cinco restaurantes populares e de farmácias em Unidades de Pronto-Atendimento, à não concessão de reajuste para o funcionalismo municipal nos últimos dois anos, além da ameaça de extinção de algumas unidades de saúde, incluindo a Maternidade Municipal.

Segundo Vittorio, as prioridades de seu governo serão a educação infantil – cerca de 20 mil crianças de 0 a 5 anos estão sem creche na cidade – e a retomada do desenvolvimento de Betim, com a geração de empregos. “Minha prioridade serão crianças e creches. Quero colocar os jovens dentro de um sistema de educação integral e trazer de volta o progresso para Betim, atraindo empresas e empregos para aliviar esse peso imenso de milhares de desempregados”, afirmou.

O candidato votou pela manhã na Escola Estadual Antônio Augusto Ribeiro, no bairro Paulo Camilo, acompanhado da filha Daniela e da esposa, Laura Medioli, além de seu vice, Vinicius Resende. 

Perfil

Nascido em Parma, na Itália, Vittorio é formado em direito e em filosofia. Mudou-se para o Brasil em 1976, onde se naturalizou, em 1981. Vittorio preside o Grupo Sada, que emprega diretamente cerca de 8.000 funcionários em mais de 30 empresas.

'Resultado para ser respeitado'

Segundo colocado nas eleições, com 15,44% dos votos válidos, o deputado estadual Ivair Nogueira (PMDB) disse que o resultado das urnas tem que ser respeitado. “Quero parabenizar o Vittorio e desejar que ele faça uma grande administração em Betim. O resultado das urnas é para ser respeitado”.

Nogueira ainda afirmou que esperava mais dos outros concorrentes. “Esperava um crescimento maior dos demais candidatos para levar a eleição para o segundo turno, mas prevaleceu a vontade do povo”.

O terceiro colocado, com 8,44% dos votos, o vereador Welinton Sapão (PPS), também parabenizou o candidato eleito. “Espero que ele faça uma boa escolha de seu secretariado e faça um bom governo, principalmente para a periferia da cidade”.

Leia entrevista com Vittorio Medioli

Betim teve 11 candidatos a prefeito, o maior número desde a redemocratização do país. A tendência inicial era a de haver segundo turno, mas o senhor venceu logo no primeiro. Qual a avaliação que o senhor faz disso?

Nós recebemos cerca de dois terços dos votos. Fizemos uma campanha com propostas, pé no chão, explicando para as pessoas, em mais de 600 reuniões, quais eram nossos planos. Eu me coloquei à disposição. Temos a visão dos problemas e das soluções. E a população entendeu nossas propostas, abraçou nossas ideias, nossa vontade de fazer. É uma vitória histórica, mas que nos coloca a grande responsabilidade de não decepcionar todos esses votos que recebemos.

Qual será a prioridade em seu governo?

A prioridade é o ser humano, são as pessoas mais carentes. É levar creches para as crianças que não as têm. É oferecer oportunidades aos jovens, com uma atenção integral, que engloba esporte, cultura, qualificação e geração de empregos. A missão de um prefeito é com o ser humano. Nós iremos fazer isto: dar esperança de volta às pessoas.

O senhor pensa em começar logo a transição de governo ou vai esperar janeiro?

Betim não tem tempo a perder. Vamos procurar conhecer melhor os dados para podermos implantar nossas ideias logo em janeiro. Claro, com todas as vias que a legislação permite. Mas precisamos começar a planejar.

Qual mensagem o senhor deixa para a população de Betim?

Eu quero agradecer imensamente pela grande confiança e pela responsabilidade que os betinenses depositaram em mim. Podem ter a certeza de que faremos o possível para mudar a história de Betim e trazer de volta a geração de empregos, as creches, os projetos sociais e uma saúde melhor. 

O que achou deste artigo?
Fechar

MAIS DE 60% DOS VOTOS

Vittorio Medioli é eleito prefeito de Betim no primeiro turno
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

Comentários (5)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter