Recordes

Os 10 maiores públicos do Mineirão

O Cruzeiro lidera o top 10 ao lado do Atlético, mas equipe da Toca da Raposa conseguiu o primeiro posto com a final do Campeonato Mineiro de 1997

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 17/08/15 - 13h28
O Mineirão já foi um dos maiores estádios de futebol do mundo. Em diversas oportunidades, conseguiu ultrapassar a marca de 100 mil espectadores.
 
Vamos ao top 10:
 
22 de junho de 1997 - 132.834 - Cruzeiro 1-0 Villa Nova - Campeonato Mineiro
 
O Mineirão viveu uma tarde mágica. Cruzeirenses de todos os cantos resolveram invadir o Gigante da Pampulha para dar uma mostra definitiva de sua força no cenário nacional. Aquela demonstração de paixão só poderia ser premiada com um título. E saiu dos pés de Marcelo Ramos o gol único que fez o Mineirão explodir em felicidade. 

ARQUIVO
recorde-1.jpg
Cruzeiro e Villa Nova protagonizaram o maior publico do estádio
 
4 de Maio de 1969 - 123.351 - Cruzeiro 1-0 Atlético - Campeonato Mineiro
 
Com um time brilhante, o Cruzeiro dava mostras de sua hegemonia estadual ao bater o Atlético diante de um Mineirão tomado. Triunfo mais do que celebrado na caminhada que culminou com a conquista do pentacampeonato mineiro. A Raposa nadava de braçadas em Minas Gerais. 
 
9 de Outubro de 1977 - 122.534 - Cruzeiro 3-1 Atlético - Campeonato Mineiro
 
Cruzeiro e Atlético se enfrentavam pelo terceiro e decisivo jogo da final do Mineiro. Após Reinaldo abrir o marcador, o Atlético estava com uma mão na taça. Mas uma reação iniciada por Revétria deu ao Cruzeiro a oportunidade de levar o jogo para a prorrogação. No tempo extra, Joãozinho e Lívio fizeram o Mineirão 'vir ao chão'. O Cruzeiro se sagrava mais uma vez campeão mineiro. 
 
13 de Fevereiro de 1980 - 115.142 - Atlético 2-1 Flamengo - Amistoso
 
Donos de uma das maiores rivalidades do futebol nacional à época, Atlético e Flamengo se enfrentaram no Mineirão em um jogo festivo. O cara da partida foi o atacante Fernando Roberto, que substituiu Reinaldo lesionado, e marcou dois gols sobre o goleirão Raul. Adílio diminuiu para o Flamengo. 

 
 
21 de Dezembro de 1976 - 113.715 - Cruzeiro 0-0 Bayern de Munique - Mundial Interclubes
 
Esta foi a decisão mais importante que o Mineirão recebeu em toda a sua história. O Cruzeiro de Raul, Tostão, Dirceu, Palhinha, Piaza e cia. tentava fazer história frente ao Bayern de Beckenbauer, Sepp Maier, Gerd Müller, Rummenigge e Schwarzenbeck. Na época, o Mundial era disputado em partidas de ida e volta. No primeiro duelo, na Alemanha, o clube celeste perdeu por 2 a 0 para o Bayern, com o campo coberto de neve. Na volta, o empate dava o título aos bávaros e foi o que aconteceu. 
 
15 de Maio de 1983 - 113.479 - Atlético 0-0 Santos - Campeonato Brasileiro
 
Após perder o jogo de ida por 2 a 1, o Atlético precisava vencer o Santos no Mineirão para avançar à final do Campeonato Brasileiro. O Gigante da Pampulha ficou pequeno para empurrar Tita, Reinaldo e Éder rumo aos tão preciosos gols. Mas eles não saíram. Um fim inesperado para uma equipe tão promissora. 
 
8 de Novembro de 1981 - 112.919 - Atlético 1-1 Cruzeiro - Campeonato Mineiro
 
Após empatar e perder para o Cruzeiro, o Atlético e seu verdadeiro esquadrão tricampeão mineiro viu uma ótima oportunidade de triunfar sobre seu maior rival. O Mineirão ficou pequeno para acompanhar um empolgante clássico. Eder, de pênalti, abriu o placar para os alvinegros, mas o Cruzeiro correu atrás do empate com Edmar. Apesar de não ter conquistado a vitória, o Atlético se sagrou tetracampeão mineiro naquele ano e, de quebra, e venceu a Raposa no último jogo por 2 a 0. 
 
2 de Junho de 1968 - 110.432 - Atlético 1-2 Cruzeiro - Campeonato Mineiro
 
O Cruzeiro era uma máquina e comprovou sua força diante do tradicional rival Atlético ao arrancar uma imponente vitória por 2 a 1. Aquele time formado por Raul; Pedro Paulo, Willian (Fontana), Procópio e Neco; Wilson Piazza (Zé Carlos) e Dirceu Lopes; Natal, Tostão, Evaldo e Hilton Oliveira, parecia não ter limites e caminhou triunfante para o tetracampeonato mineiro. Um ano depois, chegaria ao penta. 
 
15 de Dezembro de 1974 - 109.363 - Atlético 1-2 Cruzeiro - Campeonato Mineiro
 
O duelo acabou se transformando na confirmação do tricampeonato mineiro celeste. Joãozinho e Vanderlei marcaram para a Raposa, em uma partida que contou com a expulsão do alvinegro Flávio, aos 20 min do 2º T. 
 
5 de Dezembro de 1982 - 108.935 - Atlético-MG 2-1 Cruzeiro - Campeonato Mineiro
 
Na última rodada da fase final o Atlético estava com um ponto de diferença na classificação. A equipe venceu o clássico e garantiu o pentacampeonato estadual.

Os 10 maiores públicos do Mineirão pós-reforma 
 
Brasil 1 x 7 Alemanha – Semifinal Copa do Mundo – 58.141
Costa Rica 0 x 0 Inglaterra – Primeira fase Copa do Mundo – 57.823
Brasil x Chile – Oitavas de final Copa do Mundo – 57.714
Argentina 1 x 0 Irã – Primeira fase Copa do Mundo – 57.698
Brasil 2 x 1 Uruguai – Semifinal Copa das Confederações - 57.483
Colômbia 3 x 0 Grécia – Primeira fase Copa do Mundo – 57.174
Cruzeiro 3 x 0 Grêmio – Campeonato Brasileiro 2013 - 56.864

cruzeiro_2013.jpg
Raposa praticamente garantia o título nacional em 2013 
 
Bélgica 2 x 1 Argélia – Primeira fase Copa do Mundo – 56.800
Cruzeiro 2 x 1 Goiás – Campeonato Brasileiro 2014 – 56.769
Atlético 2 x 0 Olimpia-PAR – Final da Libertadores 2013 - 56.557
 

 

O que achou deste artigo?
Fechar

Recordes

Os 10 maiores públicos do Mineirão
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório