Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Estudo

Mosquito da leishmaniose prefere maconha

Predileção por planta foi unânime em populações do inseto analisadas

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Capturar.JPG
Mosquito-palha é o transmissor da leishmaniose
PUBLICADO EM 08/11/18 - 04h00

São Paulo. Mosquitos transmissores da leishmaniose preferem maconha a qualquer outra planta na hora de se alimentar, revela estudo publicado pela Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos. Conduzida no Brasil, Israel, Palestina, Etiópia e Casaquistão, a pesquisa mostra que a predileção foi unânime entre todas as populações do inseto analisadas.

O trabalho mostrou ainda que, uma vez encontrada planta, o consumo é em grandes proporções. Mais do que uma curiosidade sobre hábitos desses mosquitos, a constatação representa um trunfo para se traçar estratégias de combate a essa população. “A partir desse dado, podemos pensar em criar armadilhas. Outra medida possível seria colocar atrativos em áreas longes da residências, justamente para evitar a presença do mosquito nas casas”, afirmou o pesquisador do Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde (Cidacs), da Fundação Oswaldo Cruz da Bahia, Artur Queiroz, responsável pelo estudo no país.

O que achou deste artigo?
Fechar

Estudo

Mosquito da leishmaniose prefere maconha
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

Comentários (3)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter