Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Serviço

Criança na garupa: poder pode, mas...

Legislação brasileira permite que crianças de 7 anos ou mais andem na garupa de motos; aprenda os cuidados para evitar acidentes

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Capturar.JPG
Para não ser ilegal, transporte da criança não pode ser feito de qualquer jeito
PUBLICADO EM 08/08/18 - 03h00

Por mais que pareça arriscado ou proibido, o Código de Trânsito Brasileiro permite que crianças com 7 anos ou mais sejam transportadas em veículos de duas rodas. É uma situação muito comum para pais motociclistas, mas que exige cuidados importantes para evitar acidentes graves. 

O transporte da criança é permitido somente desde que ela esteja posicionada sempre no banco traseiro da moto, a popular garupa, e nunca sobre o tanque ou entre duas pessoas. Essa prática, além de ilegal, é perigosa! Tal como os adultos, a criança transportada em moto deve usar sempre capacete apropriado para o tamanho de sua cabeça, com a viseira abaixada e sempre afivelado. Capacetes de adultos ficam folgados e, em caso de acidentes, podem se soltar da cabeça com facilidade.

É importante também observar a estatura da criança. Mesmo que ela tenha 7 anos ou mais, antes de começar o passeio, é bom testar se a criança alcança fácil as pedaleiras com os pés. Além disso, é preciso checar se ela também possui condições físicas para se segurar no motociclista.

Pés soltos podem causar acidentes pelo contato com rodas, correntes e escapamento, que pode provocar queimaduras graves. Tal como o motociclista, o ideal é que a criança também vista roupas e calçados adequados para rodar de moto. Usar jaquetas, luvas, calças e botas nunca é demais.

Treino antes do passeio

Mesmo que a criança já tenha andado de moto antes, é sempre bom lembrá-la sobre quanto ao ponto correto para se segurar, que é na cintura do piloto e nunca nas alças de segurança laterais da moto. 

Para crianças que nunca tiveram essa experiência, também é interessante ensiná-la, fora da moto, como acompanhar os movimentos do corpo de quem pilota a motocicleta. Também é bacana alertá-la sobre a necessidade de ela se segurar com mais força na cintura do piloto em caso de freadas bruscas e acelerações mais fortes. 

Se, mesmo assim, a criança parecer tensa ou com muito medo, melhor respeitá-la e evitar o passeio naquela hora, pois ela pode se assustar e tomar decisões imprevisíveis no caminho.

O que diz a lei

CTB. O artigo 244 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) proíbe conduzir moto transportando criança menor de 7 anos ou que não tenha, nas circunstâncias, condições de cuidar de sua própria segurança. A infração é considerada gravíssima com sete pontos na carteira e multa de R$ 293,47 e sujeita à suspensão do direito de dirigir.

O que achou deste artigo?
Fechar

Serviço

Criança na garupa: poder pode, mas...
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter