Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Fora de estrada

Habilidade no volante

Piloto de campo de provas dá dicas de como encarar trilhas off-road; prática exige muito mais do que só um carro com tração 4x4

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
lama carro
Lamaçais exigem atenção redobrada com paus e pedras ocultas no terreno
PUBLICADO EM 26/09/18 - 03h00

Cada tipo de piso requer um pneu diferente, e no caso dos percursos off-road isso é ainda mais importante. Para quem curte percursos fora de estrada, é fundamental que o veículo tenha capacidade para encarar o caminho com bons ângulos de ataque e de saída, tração 4x4, mas também pneus especialmente desenvolvidos para encarar pisos mais acidentados.

O piloto do campo de provas da fabricante Goodyear, Felipe Zacarias, explica a importância do pneu certo em pisos adversos. “Em meio a um lamaçal, por exemplo, é recomendado usar pneus com os sulcos mais profundos, pois eles têm maior facilidade para remover a lama durante o percurso. Eles cavam a lama e ganham maior tração. Os modelos de pneus mais estreitos e altos são os mais adequados para esse tipo de piso”, orienta o especialista. “Em terrenos com muita areia, a tração é muito mais precária, pois a estrutura é mais fina e faz os pneus escorregarem com maior facilidade. Neste caso, os pneus indicados são aqueles mais largos e lisos, pois apresentam uma boa flutuação e geram maior contato com o solo, evitando que cavem buracos durante o percurso, sem atolar o veículo”, explica Zacarias.

Zacarias dá dicas sobre algumas ciladas comuns em trilhas como, por exemplo, as passagens em pontes de madeira. “Se desconfiar das condições do local, desça do carro e analise a ponte, buscando mapear os lugares em que a madeira esteja em melhores condições. Se houver dúvida sobre a segurança do local, procure um desvio. Caso não seja possível, passe devagar e em velocidade constante pelos lugares que estiverem mais firmes”, orienta.

Em terrenos com areia, segundo ele, o ideal é evitar areia fofa. “Se o veículo afundar, tome cuidado para não apoiar os eixos, acelere pouco, mantenha velocidade constante”, explica. Já em locais com barro ou lama, é bom fazer um reconhecimento a pé para antever problemas como a existência de paus ou pedras que possam furar o pneu ou bater embaixo do veículo.

“Observe a existência de valas profundas em que haja a possibilidade de atolar. Utilize um pedaço de pau ou bambu para medir a profundidade. Ao passar, use velocidade baixa e constante e não acelere demais, pois isso pode fazer com que os pneus percam a aderência e patinem”, alerta o especialista.

Matas fechadas. Em veículo aberto, o cuidado com passageiros deve ser redobrado, evitando possíveis escoriações com galhos e espinhos. Não tente cortar caminho, mesmo com GPS e mapas de boa qualidade em mãos. Tomar essa decisão pode ser desastroso para a natureza e para o veículo.

O que achou deste artigo?
Fechar

Fora de estrada

Habilidade no volante
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter