Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Versão flex

Preço do Prius pode cair em breve

Modelo híbrido 'queridinho' dos taxistas vai se beneficiar da redução da alíquota do IPI para carros 'verdes' anunciada pelo governo federal com o programa Rota 2030

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
prius.jpg
PUBLICADO EM 08/08/18 - 13h30

Um dos modelos híbridos mais vendidos no Brasil, o Toyota Prius pode cair de preço em breve, quando entra em vigor a Medida Provisória que implementou o Rota 2030.

O novo programa do governo federal de incentivos à indústria automobílistica nacional determina, entre vários pontos, a redução da alíquota do IPI para carros eletrificados à venda no país. 

A partir de novembro, o IPI para modelos híbridos ou elétricos passa a variar de 7% a 20%, dependendo do peso e da eficiência energética do carro. 

Em entrevista ao site Automotive Business, o diretor de relações institucionais da Toyota, Ricardo Bastos, garantiu que a redução do imposto será repassada ao consumidor.

Paga 13% de IPI

Hoje, o Toyota Prius parte de R$ 126,6 mil. Segundo o executivo, a redução no valor do carro não foi mensurada pela marca e ainda depende de um estudo interno. Atualmente, 13% do preço do Prius é referente ao IPI.

Segundo medições do Inmetro, o Prius faz média de 18,9 km/L na cidade e 17 km/L na estrada. Consumo nada mal para um modelo com motor 1.8 a gasolina, de 98 cv, que trabalha aliado a um propulsor elétrico, de 72 cv. A potência combinada é de 123 cv. 

Prius Flex

Uma forma de viabilizar o Pirus com custo um pouco mais camarada será a versão inédita com motor flex e elétrico. O modelo já roda em testes desde março. Neste caso, com o peso menor do carro, a expectativa é que o valor do IPI do modelo caia para 11%.

O que achou deste artigo?
Fechar

Versão flex

Preço do Prius pode cair em breve
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter