Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Recorde

Vendas de carros elétricos registram aumento expressivo em 2017

Vendas mundiais alcançaram 1,1 milhão de veículos, mais da metade (580.000 unidades) na China

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
O carro elétrico escolhido para o Autolib é o Bluecar, da empresa francesa Bolloré
Este é o carro elétrico da Bolloré
PUBLICADO EM 30/05/18 - 06h40

As vendas de carros eletrificados (elétricos ou híbridos) superaram a barreira de um milhão de unidades em 2017, um novo recorde, graças ao crescimento de 57% liderado pela China, segundo o relatório da Agência Internacional de Energia (AIE).

As vendas mundiais alcançaram 1,1 milhão de veículos, mais da metade (580.000 unidades) na China. 

No país asiático, os carros eletrificados, com alta de 72% nas vendas em relação a 2016, representam 2,2% do mercado automobilístico. 

A China, que fez da eletrificação dos transportes uma prioridade estratégica para lutar contra a poluição, colocou no trânsito em 2017 o dobro de veículos elétricos ou híbridos que os Estados Unidos, o segundo maior mercado mundial. 

O parque de veículos eletrificados era de 3,1 milhões de unidades no mundo no fim de 2017, dois terços deles elétricos. A China representava 40% do total. 

Em termos de cota de mercado, o país mais avançado na questão é a Noruega, onde 39% dos novos carros vendidos em 2017 tinham este tipo de motor, segundo a AIE. 

Em seguida aparecem Islândia e Suécia, onde os veículos eletrificados representaram 11,7% e 6,3% das vendas, respectivamente. 

Além dos carros, a eletrificação das motos e dos ônibus também avança, indica a AIE. 

As vendas mundiais de ônibus elétricos alcançaram 100.000 unidades no ano passado, a grande maioria na China. 

A AIE é uma organização internacional que presta assessoria à política energética dos países desenvolvidos que integram a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE). 

O que achou deste artigo?
Fechar

Recorde

Vendas de carros elétricos registram aumento expressivo em 2017
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter