Protesto

Manifestação contra cortes na educação termina em confronto no Rio

Ônibus foi incendiado após dispersão de passeata, que reuniu 150 mil pessoas, segundo sindicato

Qua, 15/05/19 - 21h03
Após passeata de estudantes e professores, ônibus são incendiados no Rio de Janeiro

Após o fim da manifestação contra o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) no centro do Rio de Janeiro, um grupo de pessoas mascaradas entrou em confronto com a Polícia Militar. Os policiais reagiram com bombas de gás e houve correria ao redor da Praça da República e ao longo da avenida Presidente Vargas. Os confrontos continuavam às 19h50.

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
antonio sabata 1:55 AM May 16, 2019
Heder Stefano está em EMEF Madre Joana Angélica de Jesus. 18 h · São Paulo Sou professor, não faço greve, não paraliso e não sirvo de massa de manobra de grupos sindicais. Eles não falam por mim!!! A reforma da previdência se faz necessária e agora é hora de pensar no país e não no próprio umbigo, já que esses mesmos que fazem greve votaram e apoiaram quem destruiu os cofres públicos previdenciários nestes últimos anos. Engraçado que quando o PT fez um corte de mais de 9 bilhões no MEC nada foi feito por esses grupos. Enquanto eles param eu sigo em frente com milhares de trabalhadores pelo Brasil. Bom dia e bom trabalho a todos!!!??????
11
Denunciar

LEIA MAIS
Protesto
Manifestações
Contingenciamento
São Paulo
São Paulo
Câmara
Educação
EUA
Greve nacional
Foz do Iguaçu
Leia mais