Acidente

Pai deixa bebê de 25 dias cair no chão, criança morre e ele é indiciado

Delegado classificou caso como fatalidade e explicou acreditar na versão do pai. Ele estava ninando a criança, quando cochilou e a deixou cair ao chão

Ter, 18/06/19 - 14h43
Casal foi ouvido pela Polícia Civil ainda na segunda-feira (17) e o pai deve ser indiciado por homicídio culposo

Após ouvir a família da recém-nascida com 25 dias de vida que morreu depois de sofrer uma queda, em Ribeirão Preto, a Polícia Civil informou que o pai da menina deve ser indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. As informações são do "G1".

Luciana Renesto Ruivo, delegada responsável pelo caso, classificou a situação como uma fatalidade e afirmou acreditar na versão contada pelo pai da criança, um pintor de 30 anos. Durante depoimento, ele contou que havia ingerido bebida alcoólica e, ao perceber que sua esposa estava cansado, decidiu ninar a criança até que ela dormisse.

No entanto, ele acabou cochilando sentado em uma cadeira e, quando acordou, a filha estava no chão. O caso aconteceu no dia 15 e a criança morreu no Hospital das Clínicas nessa segunda-feira (17).

“Cheguei à conclusão de que foi culposo, foi um acidente, pelo que me pareceu a princípio. Uma fatalidade. Vou indiciá-lo por homicídio culposo porque, de qualquer forma, houve uma negligência de dormir com uma criança, ele me disse que estava alcoolizado”, afirmou a delegada ao "G1". 

A decisão de Ruivo é resultado do laudo prévio composto pela perícia. O médico legista apontou lesões compatíveis com queda e descartou a suspeita de maus-tratos, levantada pelo hospital que prestou o primeiro atendimento à vítima. 

As supostas marcas de mordida que estavam na bochecha da recém-nascida indicariam agressão, mas pode ser um hematoma provocado pela queda. 

Depoimentos

A mãe da criança, uma mulher de 26 anos, apareceu visivelmente abalada pela morte da filha e ainda se recupera da cesárea, conforme explicou a delegada. 

Para Ruivo, parece que a família tinha bastante cuidado com a menina e a esperava com muito carinho, uma vez que a mãe ainda mostrou fotos do "quartinho" preparado para receber a criança. 

 

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
Verdade 11:32 PM Jun 18, 2019
Triste.
0
Denunciar

Leia mais
LEIA MAIS
'Terroristas'
Pernambuco
Medida
Saúde
São Paulo
São Paulo
Ceará
Rio de Janeiro
Instituição financeira
Mato Grosso