Foro de São Paulo

Risco do Foro volta ao debate

Palestra expõe, na capital, objetivos de organização de esquerda latino-americana

PUBLICADO EM 14/08/13 - 03h00

A 19ª edição do Foro de São Paulo terminou, na semana passada, mas continua a gerar repercussões. O encontro, que reuniu os partidos ligados à esquerda da América Latina e do Caribe, teve como principal foco o debate sobre a atual conjuntura internacional e a aprovação de um plano de trabalho. Mas o encontro é alvo de críticas de grupos ligados ao pensamento de direita, que alertam para o caráter “golpista” do grupo.


Na opinião da psicóloga e pesquisadora Graça Salgueiro, “o objetivo do Foro é muito claro”. “O Fidel Castro disse na fundação do Foro de São Paulo que pretendia reconquistar e reconstruir na América Latina o que se perdeu no leste Europeu”, relatou ontem, durante palestra no Círculo Militar de Belo Horizonte.

De acordo com ela, que pesquisa o tema há 14 anos, é preciso haver prestação de contas da organização. “Eles existem há 23 anos, congregam países e organizações de várias partes do mundo, mas nunca prestaram contas de um centavo que rola nessa organização. Então você não sabe quem financia, de onde vem o dinheiro”, pontuou.

A pesquisadora alertou ainda para a participação, no Foro, de integrantes do grupo basco ETA e das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

Essa não foi a primeira palestra sobre o tema na capital mineira. Desde o início de junho, integrantes das Forças Armadas estão se reunindo para discutir o assunto. A primeira palestra foi ministrada do general Marco Antônio Felício da Silva. “Todo o movimento comunista do qual faz parte o Foro de São Paulo, o PT e outros, tem como finalidade a obtenção do governo comunista”, afirmou na ocasião.

O Foro de São Paulo foi criado em 1990 pelo PT e por outros partidos latino-americanos. Ao todo, participam legendas de 23 países, dentre eles Brasil, Argentina, Uruguai, Venezuela, Equador, Cuba e Colômbia.

Do Brasil, sete siglas integram a organização: PT, PCdoB, PCB, PPL, PPS, PSB e PDT. O PT ocupa a Secretaria Executiva atualmente. Na época da criação do Foro, o objetivo oficial era debater as consequências da implantação de políticas consideradas neoliberais após a derrocada do bloco comunista e da queda do Muro de Berlim (1989).

As teorias sobre um suposto golpe comunista associadas à entidade foram disseminadas nas redes sociais no início deste ano. Grupos de oposição ao PT, que atuam na internet, organizaram a campanha “Contra o Golpe Comunista de 2014”, em referência à tentativa de reeleição da presidente Dilma Rousseff.

Outra lado. O secretário-executivo do Foro de São Paulo, o petista Valter Pomar, nega qualquer intenção “golpista” da organização.

“O Foro mantém uma forte interlocução com os representantes de movimentos e organizações sociais do continente, que tem, por objetivos, a construção de agendas e ações comuns”, explica o dirigente em seu blog, dedicado a expor os resultados e as próximas iniciativas. Pomar também já negou, na imprensa, a participação das Farc na organização. 

comentários (10)

Diogo Boscoli
Paulo Angelo se vc ama tanto assim o comunismo vai morar em cuba ou na coréia do norte. Não use o nome de Jesus Cristo em vão. Ele não aprova um sistema que para ser implantado morrem milhões de pessoas. E outra coisa, é IMPOSSÍVEL criar o paraíso na terra.
3 1 Denunciar
1:42 PM Aug 15, 2013

Andre Chilano
Paulo Angelo do Vale, não sei se enho raiva de voce ou pena. Não sei se és ingenuo demias ou um picareta nmentiroso.
2 1 Denunciar
9:09 AM Aug 15, 2013

Marcelo Ribeiro
Quais seriam esses grupos a que a Jornalista se refere, no trecho destacado abaixo? Participo de diversos grupos de direita e não sei de algum que se oponha às palestras que abordem o famigerado e golpista (esse sim) "Foro de SP". " Mas o encontro é alvo de críticas de grupos ligados ao pensamento de direita, que alertam para o caráter “golpista” do grupo. "
1 0 Denunciar
3:10 PM Aug 14, 2013

Virgilio Caio
E a saber o senhor Paulo Angelo do Vale, você esta automaticamente excomungado da igreja católica, pois esta condena o comunismo e todas as suas nefastas vertentes.
3 1 Denunciar
2:23 PM Aug 14, 2013

Virgilio Caio
Paulo Angelo Do Vale ; Você vive numa confusão mental das bravas meu caro... Sugiro que leia o texto abaixo... Jesus não era Comunista Inquisitor » 27 Mar 2013, 09:09 -> retirado de http://www.neoconservatism.us/forum/viewtopic.php?t=63&p=577 "Fiz um esquemão para destruir de uma vez por todas, qualquer um que vier falar que Jesus era comunista. Dezoito argumentos para deixar qualquer esquerdista de cabelo em pé. Aí está: Cristianismo – Baseado na Bíblia 1 A favor da autoridade, mas autoridade legitima e não totalitária. Ver Romanos 13. 2 Pró-liderança e hierarquia. Jesus deixa a função de líder da Igreja para Pedro. Ver Mateus 16. Existencia de Bispos e diáconos na Igreja Primitiva (Ler cartas de Paulo). Não há pregação para acabar com os ricos e os pobres, e sim para se viver bem com todos em amor, justiça e buscar riqueza espiritual. 3 Pró-transcendentalismo. Não materialista (desapego material, valor humano acima de qualquer coisa ver Marcos 10 ou Matheus19 – e amor ao próximo). 4 Não propoe ganho material e sim ganho espiritual. Pobreza como voto de amor a Jesus: ganho e riqueza espiritual. Ver Marcos 10, 2 Coríntios 8 5 Doações de bens para a Igreja era voluntária e não compulsiva. Vivencia de comunhão e não comunista. Ver Atos dos Apóstolos 2 6 Não prega o fim da desigualdade social (exemplo: Êxodo 30:15) e sim o amor aos pobres (e a todos), pois todos fazem parte da família de Cristo Ver I Coríntios 7 e 9. Pregada igualdade em Cristo e não a igualdade social. 7 Para o cristianismo sempre haverá pobreza (ver João 12). Pobreza como condição natural do ser humano e deve ser amenizada através da caridade, partilha e trabalho. Não pretende acabar com a desigualdade social. 8 O paraíso cristão é espiritual. 9 Não é contra o dinheiro, nem contra a propriedade privada. Ver Deuteronômio 5 10 “Dai a Cezár o que é Cezár e a Deus o que é de Deus”. Matheus 22, Marcos 12 e Lucas 18. Separação entre Igreja e Estado. Laicidade e não-revolucionário (nessa passagem Jesus é a favor dos impostos). 11 Fundado no amor ao próximo e amor a Deus, e nos mandamentos divinos (não matarás entre eles). Ver Mateus 22 e Êxodo 20 12 A favor da família tradicional (pai, mãe, filhos e parentes) e a família espiritual (Jesus, Deus e Igreja) 13 Conservadorismo: pró-vida, pró-familia tradicional, anti-promiscuidade, divorcio como pecado, homossexualismo como pecado, pró-religião. Ver Evangelhos e Cartas de Paulo. 14 Acredita em verdades absolutas e imutáveis (mandamentos, pecados, Deus…). 15 Lógica do perdão e da caridade. 16 Baseado no viver bem com todas as “classes”, seja pobre ou rico. Todos são filhos de Deus. 17 Mandamentos: - Não matar - Não adulterar - Não roubar - Honrar pai e mãe - Amar o próximo - Amor a Deus - Não dizer falso testemunho 18 Vamos comparar o ícone máximo do Cristianismo com o ícone máximo do Comunismo: Che Guevara – assassino, matava crianças, odiava gays, negros e índios. Jesus – nunca matou ninguém, amava as crianças pois delas é o reino dos céus, pregava o amor, condenava o pecado, mas não julgava ninguém pela aparência. Socialismo e Comunismo – Baseado em Marx, Georg Lukacs, Antonio Gramsci, Escola de Frankfurt, a realidade histórica (URSS, China, Cuba, etc), e a realidade marxista atual (Brasil, Venezuela, Foro de São Paulo, ONU etc) 1 Contra a autoridade legitma (democracia), a favor da ditadura do proletariado (totalitarismo) e da revolução armada (Ver Marx). Resultado em Cuba, URSS e qualquer outro país socialista. 2 Anti-hierarquia (as decisões seriam tomadas por todos). Todos viveriam num paraíso onde todos são iguais e não existe classe. 3 Materialista, anti-transcendental. Ver: materialismo dialético e histórico 4 Propoe ganho material igual para todos, sem ganho espiritual. Apego material, pois querem o paraíso na terra. Valor humano menos importante que a revolução. 5 Prega o fim da desigualdade mas só consegue a ultra concentração de renda na mão do Partido, sendo o resto do povo miserável. 6 Quer acabar com a pobreza através do paraiso comunista. A pobreza é culpa do capital. Trabalho é alienação. Pretende destruir a pobreza e a desigualdade social e isso quer dizer destruir o capitalismo. 7 Fundado na inveja e na desordem e não no amor a Deus. Pobreza não como vontade livre, mas como imposição do Estado. 8 O paraíso comunista é aqui na terra. 9 Contra o capital e contra a propriedade privada. 10 Comunismo é anti-religioso e não laico. Deus no comunismo é o Estado ou o próprio comunismo. 11 Fundado na inveja e no amor a si mesmo. O Comunismo matou mais que qualquer sistema. 12 Contra a família pois é uma aberração burguesa (Ver Manifesto Comunista de Marx, Gramsci e Lukacs), a favor do gayzificação da sociedade e feminismo. Família não espiritual, família comum e material, o Pai de todos é o Estado. 13 Progressismo: aborto, casamento gay, feminismo, promiscuidade (revolução sexual), drogas. (Ideias anti-familia, anti-religião). 14 Não acredita numa verdade. A verdade é o comunismo, o resto é bobagem. Relativista. Influencia de Kant. 15 Lógica da inveja e da vingança. 16 Baseado na luta de classes. 17 Anti-mandamentos – Não importa a verdade, valores morais. Ditadura do Relativimo, a verdade é a revolução/comunismo, tudo é válido em nome do comunismo. - Matar se isso for necessário para a revolução - Adulterio/Promiscuidade pois não existe família. A família é o Estado. - Corrupção se isso for necessário para a revolução. - Pai e mãe não importam. A Família é o Estado. Honre o Estado. - Amor o próximo não é possível, até mesmo os amigos revolucionários são assassinados se isso beneficiar a revolução. Existencia de campos de trabalho forçado/concentração. Pregação do ódio contra Deus e contra a cultura ocidental cristã. Famosa frase de Lukacs: “Quem irá nos salvar da cultura ocidental?” - Ateismo materialista. Perseguição de Igrejas. Religião como uma super-estrutura alienante e burguesa (ópio do povo). (Ver Marx e estados: URSS, China etc) - Manipulação direta da população se isso for necessário para a revolução. Ver propagandas de qualquer governo de esquerda"
7 1 Denunciar
1:33 PM Aug 14, 2013

Paulo Angelo DO Vale
Eu asseguro a todos que o Virgílio Caio pouco ou nada sabe de comunismo. Chama o sistema de totalitártio quando é o mais democrático de todos. Numa comuna todos decidem . A maioria prevalece. E são as comunas que governam uma região . Pela ideologia comunista as fronteiras acabarão, todos falarão uma mesma língua e o que for produzido será dividdo entre todos de acordo com a necessidade de cada um. Todos trabalham de acordo com suas possibilidades. Estude mais o"O Capital" e o "Manifesto Comunista". Verá que nunca existiu tamanha liberdade. Acho que o Virgílio confunde a "Ditadura do Proletariado" com o Comunismo. Lenin, ao pegar uma Rússia totalmente destruida por uma Guerra Mundial e uma Revolução, instaurou um plano rigoroso econômico ao que chamou de NEP e que teria uma prazo fixo para durar: no máximo até 1925 quando então ele instauraria o Comunismo na URSS. Mas, o Exército Branco de remasnecentes do czarismo, com armas que recebeu das monarquias e sistemas capitalistas que também começavam,desenvolveram, com a ajuda de Forças Expediconárias Estrangeiras, na URSS ,uma campanha de destrução e sabotagem das plantações e das indústrias. A implantação do NEP ficou impossível. Em 1924, Lenin morria. Pouco tempo antes lançou um manifesto à nação bradando: "todo o poder aos sovietes! " Nome que os russo deram às comunas. Stalin queria a continuação da Ditadura do Proletariado sem data marcada para acabar, Tros tsky queria o contrário. Queria o comunismo o mais breve possível. Brigaram no Partido e o Trostsky perdeu e teve que fugir da URSS. Stalin o caçou até encontrá-lo na cidade do México onde um agente seu o matou.Na China se faz a experiência do comunismo de estado e a economia capitalista associados. Parece que está dando certo. Mas, no fundo, os ideólogos chineses sonham com o comunismo marxista. E o Evangelho de Jesus fala da união, fraternidade, distribuição da riqueza, libertação dos escravos, e combate tenaz aos privilégios das minorias. Eu diria que Marx tirou muito coisa do evangelho. Mas, era um ateu. Existem muitos ateus hipócritas que comungam sempre ou agitam bíblias por ai. O que querem é grana.Jesus os abominava.Leiam Matheus 24 e 25.
3:03 PM Aug 14, 2013
AlexMacielCS
O comunismo dura até acabar com os recursos de quem produz. Em nenhum lugar do mundo essa idiotice deu certo. É triste que só na América Latina o tema no foi superado. O muro de Berlim caiu faz tempo, exatamente pelo fracasso completo do comunismo. Também pudera, onde não há meritocracia, não há prosperidade. Tanto que não se vê ninguém querendo ir morar na Coréia do Norte, ou como no caso de Cuba, fazendo o caminho inverso, pulando em padaço podre de madeira em meio aos tubarões para chegar a ilha presídio dos irmãos Castros. Aliás, Cuba é o único país do mundo em que não existe pescaria por decreto, senão os pescadores fugiriam da ilha. As pessoas deveriam deixar de lado o romantismo infantil e pensar um pouco mais com a razão ao seu lado. Deveriam ler "A Revolta de Atlas", da filósofa russa Ayn Rand. Deveriam conhecer mais a obra dos pensadores que já refutaram de vez o comunismo, tais como Voltaire, Adam Smith, Alexis de Tocqueville, John Locke, Frédéric Bastiat, Milton Friedman, Ayn Rand, Friedrich von Hayek, Ludwig von Mises, Martin Luther King, Murray Rothbard, Roberto Campos, Donald Stewart Jr., Og Leme, Mario Vargas Llosa, dentre tantos outros. O comunismo é um retrocesso.
4 1 Denunciar
1:09 PM Aug 14, 2013

Paulo Angelo DO Vale
Eu também sonho com o comunismo. Não só o PT ou partidos que dizem ser socialistas. Mas é uma quimera. O comunismo, o general deveria saber disto, nunca foi realmente aplicado como diz o seu ideólogo maior, Karl Marx. É uma utopia. " A cada um de acordo com a sua necessidade, de cada um de acordo com a sua possibilidade". E o comunismo não tem governos, fronteiras, distinção de classes, todos são iguais. Seria o paraíso na terra. Eu sou comunista não ateu. Creio que Jesus também era. Foi o motivo maior de sua execução. Pilatos o considerou subversivo por pregar a igualdade, a fraternidade, o fim da fome e da escravidão.São postulados do comunismo marxista. Por isto, hoje os progressistas de todas as igrejas, estudam a fundo o marxismo e se identificam com muitos dos seus ensinamentos.
1 8 Denunciar
11:53 AM Aug 14, 2013

Marcio Goulart
Sr. Paulo Angelo, antes de falar tanta bobagem junta, veja no youtube os videos "The Soviet Story - Socialismo - Porque matar é essencial". É um bom resumo do que foi a realidade que seus idolos implantaram. Eu poderia pedir para você ler alguns autores que demoliram esse regime assassino, mas no seu caso isso seria muita crueldade minha.
6:24 PM Aug 15, 2013
Gustavo Pokotii
Estudar bíblia que é bom o senhor não quer né ? Conheça sobre o que fala, antes de falar...
6:13 PM Aug 15, 2013
Leia mais
LEIA MAIS
em Davos
Decisão
Fórum Econômico Mundial
Fórum econômico
Expressão militar
Política
Previdência
Angra os Reis
Em Davos
Política em Análise