Barão de Cocais

Movimentação de talude nas últimas horas é 'preocupante', diz Defesa Civil

Em 12 horas, estrutura próxima da barragem de Gongo Soco movimentou cerca de 5 milímetros

Qua, 15/05/19 - 16h59
Mina do Congo Soco, em Barão de Cocais

A Defesa Civil Estadual continua monitorando a movimentação de um talude distante 1,5 km da barragem Sul Superior da mina Gongo Soco, da Vale, em Barão de Cocais, na região Central do Estado. A situação, segundo tenente-coronel Flávio Godinho é "preocupante". Nesta quarta-feira (15), ele informou que a terra se movimentou, em 12 horas, de 4 para 5 milímetros no local, mas não é possível precisar se a movimentação irá permanecer. 

"Esse talude movimentando não é indicativo que a barragem vai romper. Ele é uma possibilidade. Ele pode gerar uma movimentação do terreno que pode ser um indicativo para a barragem se romper", explicou Godinho.  Ele ainda disse que a Defesa Civil está monitorando a situação na região. 

 

Na noite dessa terça-feira, a Vale já havia confirmado a movimentação do talude.

No último dia 8 de fevereiro, 443 moradores deixaram seus lares após sirene tocar indicando possibilidade de rompimento da barragem Gongo Soco. Essas pessoas têm ficado em hotéis, casas de parentes ou residências alugadas pela Vale. 

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
CARLOS ALBERTO 5:36 PM May 17, 2019
PIOR GOVERNADOR QUE MINAS JA VIU VEIO NINGUEM SABE DE ONDE NAO FAZ NADA VEIO DE UM PARTIDO QUE NINGUEM SABE UMA MISTURA DE P.T ,PSOL E TRISTE PARA MINAS , TANCREDO E ITAMAR ONDE ESTIVEREM DEVEM ESTAR TRISTE COM A HISTORIA DE MINAS JOGADA NA LAMA
0
Denunciar

LEIA MAIS
Sagrada Família
Assista ao vídeo
Medida
Nacional
Norte de Minas
Feminicídio
Em Contagem
MPMG
Barão de Cocais
Em Junho
Leia mais