Grão-Mogol

Preso padrasto suspeito de estuprar enteada que denunciou abuso em carta

Se condenado, home, que foi encontrado em Francisco Sá, pode responder por estupro de vulnerável

Ter, 18/06/19 - 18h56
57% dos casos de violência contra crianças ocorrem dentro de casa

Um homem, de 26 anos, foi preso na noite dessa segunda-feira (17), como principal suspeito de ter estuprado a enteada, uma menina de 10 anos, em Grão-Mogol, na região Norte de Minas Gerais. Para conseguir denunciar o abuso, a garota escreveu uma carta direcionada à mãe dela.

De acordo com a Polícia Civil, o homem foi encontrado na zona rural de Francisco Sá, localidade conhecida como Catunizinho, também no Norte do estado. Ele foi preso uma semana depois que a corporação deve conhecimento do crime.

O laudo médico apontou que não houve “conjunção carnal” entre o homem e a menina, mas foram verificadas lesões e vermelhidão na vítima. O homem foi preso preventivamente sob a suspeita de estupro contra vulnerável.

Juntos há dois anos

Ainda de acordo com a Polícia Civil,  mãe da vítima e o suspeito estavam juntos há dois anos. Delegado à frente do caso, Alberto Tenório disse que os abusos começaram quando o homem observava a criança a tomar banho.

"Depois, passou a colocar a mão nas partes íntimas dela, sob as vestes. Por último, o suspeito estava tocando a vítima com os dedos", falou.

Ele foi encaminhado à delegacia e, posteriormente, ao Sistema Prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

 

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
Guerreiro do Universo 7:49 AM Jun 19, 2019
Home?! Revisão gráfica!
1
Denunciar

Leia mais
LEIA MAIS
Violência
Conselheiro Lafaiete
Veja o vídeo
Alerta
Nesta madrugada
Multa de R$ 9 mi
Ribeirão das Neves
Estelionato
Varginha
Previsão do tempo