Emocionante

Maraisa escreve carta aberta a Marília Mendonça: 'Juntas até o infinito'

"Seu legado, no que depender de mim, será sempre lembrado e levado pra cada canto desse Brasil e até do mundo", escreveu a cantora

Sáb, 27/11/21 - 20h50
Carta aberta foi publicada pela cantora, que faz dupla com a irmã gêmea, Maiara

Maraisa, 33, abriu o coração em uma longa carta aberta direcionada à cantora Marília Mendonça (1995-2021), que morreu vítima de um acidente aéreo. Na mensagem, a sertaneja que faz dupla com a irmã gêmea Maiara falou do sucesso das músicas que gravaram juntas para o projeto "Patroas" e da grande saudade que sente da amiga.

"Mas eu focava apenas na sua vontade, no seu desejo de que desse tudo certo e, logo concluí: 'Não acabou... Juntas até o infinito!'. E o infinito é Deus, nos braços de quem você está agora! E o seu legado, no que depender de mim, será sempre lembrado e levado pra cada canto desse Brasil e até do mundo", prometeu Maraisa, falando que ainda não se confroma com a perda de Marília.

"Não tem um dia sequer que eu não questione ao Senhor o porquê de estar vivendo isso!", afirmou ela. "Existe uma força maior que é Deus, e Ele sabe de todas as coisas! Eu ainda estou me recompondo, buscando forças do Alto, e espero que você também esteja vendo, e muito feliz com o que está acontecendo aqui", disse ela, que encerra o texto postado no Instagram nesta sexta-feira (26) de forma carinhosa.

"Tudo que eu faço, penso: "A Marília gostava desse jeito!" ou "Isso aqui é a cara da Marília!". Sinto muito, muito a sua falta! Mas, o fim é apenas o início! Ainda temos muito o que fazer aqui né, amiga?! Te amo pra sempre", concluiu Maraisa, postando também um vídeo com alguns momentos da dupla na companhia da Rainha da Sofrência.

Tragédia

Uma das maiores vozes da música brasileira contemporânea, Marília morreu aos 26 anos na tarde desta do dia 5 de novembro. A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais em nota enviada à imprensa.

A cantora foi uma das cinco vítimas de um acidente de avião que caiu numa serra em Piedade de Caratinga, a 309 quilômetros de Belo Horizonte. A artista tinha um show marcado para a data em Caratinga, a cerca de dez quilômetros do local do acidente.

A queda ocorreu por volta das 15h. A princípio, não se sabia se era a cantora quem estava a bordo da aeronave. Foi a semelhança do bimotor visto num vídeo que ela tinha compartilhado no Instagram duas horas antes que despertou a dúvida. Em tom cômico, a publicação mostrava a artista embarcando e se alimentando.

Além de Marília também morreram no acidente aéreo: Abicieli Dias, tio e assessor da cantora, o produtor musical, Henrique Ribeiro, o piloto Geraldo Martins de Medeiros e o copiloto Tarcísio Pessoa Viana.

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
José Brasil 10:34 AM Nov 28, 2021
FALSIDADE...IR NA CIDADEZINHA ONDE A CANTORA MORREU FAZER O SHOW NEM PENSAR ...SÓ GANHANDO DINHEIRO COM OS "15 MINUTOS" EM CIMA DA MORTE DA OUTRA...FALSIDADE E CINISMO.
0
Denunciar

LEIA MAIS
Pesar
Campeã
Coronavírus
Pandemia
Surpreendeu
Lamento
Ano Novo
Música
SEPULTAMENTO
LUTO