Tensão

Alerta de tsunami após forte terremoto no noroeste do Japão

O terremoto foi de 6,4 graus de magnitude

Ter, 18/06/19 - 11h56
Em 2011, tsunami atingiu o país e deixou mais de 18 mil mortos e 123 mil desalojados

Um terremoto de 6,8 graus de magnitude, segundo a Agência de Meteorologia japonesa, foi registrado nesta terça-feira (18) à noite (no horário local) nas proximidades de Yamagata, noroeste do Japão, e as autoridades emitiram um alerta de tsunami.

Segundo o instituto americano USGS, o terremoto foi de 6,4 graus de magnitude.

Espera-se uma onda de um metro em parte da costa noroeste da ilha de Honshu (a principal do arquipélago), ao longo das prefeituras de Yamagata, Niigata e Ishikawa, de acordo com a agência.

"Tremores realmente fortes foram sentidos", afirmou um comentarista da emissora pública NHK, que imediatamente interrompeu sua programação para transmitir informações sobre o terremoto sentido em uma grande parte de Honshu, incluindo Tóquio.

Os tremores atingiram uma intensidade de 6+ na escala japonesa em várias localidades.

Os centros de atendimento de emergência estão saturados, cortes de energia foram relatados, vazamentos de gás foram reportados e os trens estão parados, segundo a NHK.

Ainda não há informações sobre danos ou vítimas.

"É bem possível que novos tremores fortes ocorram, permaneçam vigilantes", repetiam os apresentadores dos canais de TV, insistindo no perigo perto da costa.

As companhias de energia não relataram anomalias nas instalações dentro do perímetro afetado.

Uma coletiva de imprensa do porta-voz do governo está programada para as próximas horas.

O Japão está localizado na junção de quatro placas tectônicas e sofre anualmente cerca de 20% dos terremotos mais violentos registrados no planeta. 

Em 11 de março de 2011, um terremoto seguido de tsunami matou 18.500 pessoas e causou o acidente nuclear de Fukushima.

Comentários

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
Leia mais
LEIA MAIS
Mercado
Reacendido
Culpado
Eleições na UE
Sombra
Chongqing
Brincadeira?
Ministério Público
Inundação
Relatório