Tragédia

Ex-presidente do Peru morre após atirar na própria cabeça

Alan García disparou contra o próprio corpo após a polícia chegar em sua casa para prendê-lo por caso envolvendo a Odebrecht

Qua, 17/04/19 - 12h46
Presidente do Peru, Alan García, é investigado em processo que envolve a Odebrecht

O ex-presidente do Peru, Alan García, de 69 anos, morreu nesta quarta-feira (17) em consequência de um ferimento a bala na cabeça depois que ele tentou se matar em sua casa, pouco antes de ser detido pela polícia em um caso vinculado ao escândalo Odebrecht.

A infomação foi confirmada por Omar Quesada, secretário-geral do partido de García. O ex-presidente havia sido levado para o hospital em caráter de urgência com um ferimento a bala na cabeça, depois da tentativa de se matar.

"Esta manhã aconteceu este acidente lamentável: o presidente tomou a decisão de atirar", afirmou o advogado de defesa Erasmo Reyna na entrada do Hospital de Emergências Casimiro Ulloa, em Lima. 

A ministra da Saúde peruana, Zulema Tomás, informou posteriormente que o estado de saúde do ex-presidente era delicado e de prognóstico reservado. García sofreu três paradas cardíacas, acrescentou.

Ex-presidente do Peru entre 1985-90 e 2006-2011, Alan García foi detido em sua casa no distrito residencial de Lima, em Miraflores, no por volta das seis horas da manhã, no horário local.

Repercussão 

O atual presidente do Peru, Martín Vizcarra, manifestou-se pelo Twitter e enviou condolências a familiares de Alan García.

Entenda o caso

Antes da emissão do mandado de prisão, García havia declarado na terça-feira que não ficaria isolado ou escondido, em alusão tácita ao asilo frustrado que pedira ao Uruguai em dezembro. 

Na ocasião, a Justiça determinou que ele estaria impedido de sair do país por 18 meses.

A ordem de prisão contra García emitida nesta quarta-feira é de dez dias e buscava, segundo o Ministério Público, coletar novos elementos na investigação diante de um eventual risco de fuga. 

O ex-presidente permaneceu durante 16 dias na embaixada uruguaia, onde pediu asilo "ante a iminência de um mandado de prisão". 

O pedido foi rejeitado pelo governo do Uruguai depois de analisar a documentação apresentada por Lima e pelo requerente.

Nas últimas semanas, García reiterou que "não há declaração, prova ou depósito que me ligue a qualquer ato criminoso, muito menos à empresa Odebrecht ou à realização de qualquer de suas obras".

García também estava sob a lupa por supostas propinas pagas pela Odebrecht para obter um contrato de construção para o metrô de Lima durante seu segundo mandato.

No ano passado, ele afirmou ser "perseguido politicamente", mas sua versão foi rejeitada pela Justiça e pelo governo peruano. 

O ex-presidente peruano era alvo de uma investigação preliminar da acusação, mas ainda não era réu.

Segundo a promotoria, o então presidente García e 21 outras autoridades conspiraram para ajudar a empresa holandesa Terminal Multibancom, que venceu a licitação em 2011 para a concessão do Terminal Norte do porto de Callao, vizinho a Lima.

Ainda no escândalo da Odebrecht no Peru, os ex-presidentes Alejandro Toledo (2001-2006), Ollanta Humala (2011-2016) e Pedro Pablo Kuczynski (2016-2018) também estão sendo investigados, e este último se encontra sob prisão preventiva até o dia 20 de abril, bem como a líder da oposição Keiko Fujimori, igualmente em prisão preventiva.

Podcasts Relacionados

(13) comentários

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
Willer 6:41 AM Apr 18, 2019
Já notaram que essa Odebresch está envolvida em todo esquema de corrupção milionária pelo mundo afora? No meu entender tinham que fechar essa porra, confiscar todos o seu patrimônio e meter na cadeia a cambada que está por detrás dessa podriqueira, porque certamente através de seus diretores é que a corrupção é incentivada a convencer corruptos. O pior de tudo isso é ver os envolvidos, orientados por advogados pagos a preços de ouro com dinheiro oriundo da corrupção, alegar inocência na maior cara de pau e o processo é engavetado. Essa gente tinha que ser colocada no paredão para assim moralizar essa droga. Vejam vocês que a justiça no Peru é rigorosa já que o envolvido preferiu tirar a vida sabendo das sanções rigorosas que o esperavam, agora aqui, bandido tem boa vida na cadeia e ainda tem a cara de pau de candidatar a presidência, e tem idiotas otários que apoiam um safado desses.
2
Denunciar

Renato Paulino 3:52 PM Apr 17, 2019
Com certeza é ex-aluno da Escolinha do Professor Luiz.
3
Denunciar

Ricardo Soares Braga 4:21 PM Apr 17, 2019
Estes retardados ainda acham que toda esta estoria de Odebrecht tem outra conotação, que não seja favorecer as construtoras dos eua a pegarem todo o mercado, como de fato está acontecendo, enquanto estamos com milhões de desempregados. Tancredo os chamou de Canalhas!canalhas! Eu os chamo de palhaços!palhaços!palhac2!
3
Denunciar

Geraldo Pablo 3:10 PM Apr 17, 2019
No Peru o ex-Presidente corrupto se mata, no Brasil o ex-Presidente corrupto se recandidata a presidência.
6
Denunciar

Ricardo Soares Braga 4:07 PM Apr 17, 2019
Nos EUA os presidentes corruptos compram juizes brasileiros pra acabarem com nossas empresas construtoras, pra eles pegarem as obras e ganharaem muito dinheiro. Ainda compram um Boçalnaro pra levar pequenas propinas medíocres do tamanho deles exatamente.
6
Denunciar

Eduardo Tavares 2:35 PM Apr 17, 2019
Como a impunidade no nosso Brasil é certa, provavelmente ele sabia que seria preso e mofaria na cadeia, preferiu tirar a própria vida, aqui no Brasil, qualquer acuado nega tudo, faz escândalo, processa todo mundo que o acusou, candidata, consegue votos suficiente para ser eleito e continua com os esquemas milionários, se bobear, os que o acusaram são condenados e presos. Quando acontece qualquer acusação, rapidinho está livre pelos amigos dos amigos. Este país não tem salvação.
1
Denunciar

Ricardo Soares Braga 3:09 PM Apr 17, 2019
Onde está o Queiróz? Quem mandou matar Mariele? O desemprego aumentou? Presidente abriu as pernas pros Eua? Quem pagou o hospital do Queiróz? Os 40 mil mil da Michele Bolsonaro, se justificam? Chega de blá blá blá
1
Denunciar

Sem Misericórdia 1:48 PM Apr 17, 2019
Acho uma pena os políticos brasileiros não seguirem a mesma conduta. Que sirva de exemplo para os próximos corruptos.
5
Denunciar

Ricardo Soares Braga 3:38 PM Apr 17, 2019
Concordo com o suicidio coletivo dos Bolsonaro, os queiroz, os lorenzoni, os moros e os morões.
5
Denunciar

Wilton Grego 1:22 PM Apr 17, 2019
Adivinhem quem foi o intermediário das negociações entre Alan Garcia e a empreiteira Odebrecht?
3
Denunciar

Ricardo Soares Braga 4:29 PM Apr 17, 2019
Estes palhaços brasileiros, não percebem e nunca vão perceber nada, exatamente por isto são tão bem utilizados, são piores que Porto Riquenhos. Pobres diabos!
3
Denunciar

Sandra Souza 3:22 PM Apr 17, 2019
Será que foi um ex presidente que é condenado em segunda instância é está preso?
3
Denunciar

AlfredoTamur 2:36 PM Apr 17, 2019
Sua progenitora?
3
Denunciar

LEIA MAIS
Final feliz
Na Itália
EUA
Venezuela
China
"Fome por justiça"
Indenização
Vaticano
Vulnerabilidade
Manifestação
Leia mais