Melhoria

Avenida das Américas vai ganhar novo asfalto e rede de esgoto

Intervenção será feita em mais de 1.600 m de via e deve durar cerca de 12 meses; prefeitura fará ações para reduzir transtornos

PUBLICADO EM 12/09/19 - 20h55

A avenida das Américas, uma das mais importantes vias de Betim, será revitalizada. As obras, previstas para começarem nos próximos dias, incluem a reconstrução de toda a rede de esgoto, instalada há mais de 40 anos, além do recapeamento da via, que terá ainda a iluminação de vapor de sódio substituída por lâmpadas de LED, que são mais econômicas e duram mais.

“A avenida das Américas terá que sofrer intervenções porque a rede de drenagem na via é tomada pelo esgoto. A obra, feita há mais de 40 anos pela Andrade Gutierrez e, depois, repassada à Copasa, é muito malfeita. Por isso, precisa passar por intervenções constantes. Logo quando assumi, tivemos que investir R$ 500 mil em intervenções na via, porque uma parte dela, próxima ao viaduto do Jacintão, iria desmoronar. Sabemos que a obra vai gerar incômodo, mas pedimos às pessoas paciência, porque é uma intervenção que se faz necessária”, afirmou o prefeito de Betim, Vittorio Medioli, em suas redes sociais. 

Intervenções em etapas

Para tentar reduzir os transtornos aos comerciantes e moradores, as intervenções na avenida, feitas pela Copasa em parceria com a prefeitura, serão divididas em três etapas e devem durar 12 meses. Serão mais de 1.600 metros de via revitalizados. “Daremos início aos trabalhos na extensão da via entre os cruzamentos das ruas Inconfidência e São Judas Tadeu. A previsão é que, em cerca de 15 dias, os trabalhos nesta parte da via sejam concluídos e, então, seguiremos para o trecho seguinte”, disse a presidente da Empresa de Construções, Obras, Serviços, Projetos, Transportes e Trânsito de Betim (Ecos) Marinésia Makatsuru.

O empresário Flávio Gomes, que tem uma empresa na avenida há 39 anos, falou sobre as expectativas dos comerciantes. “Essa é uma obra esperada há muito tempo e que vai trazer uma nova fase para a avenida. Mas estamos preocupados com a queda do momento de clientes no período das obras. Por isso, estamos dialogando com os responsáveis pelas intervenções, para que ela gere o menor impacto possível aos comerciantes”, salientou.

Avenida Cordiline

Já neste sábado (14), às 10h, a prefeitura lançará a primeira etapa de canalização do córrego Estiva e a construção da avenida sanitária Cordiline, no bairro Nossa Senhora de Fátima.

Aguardada há 40 anos pelos moradores, a obra sanará problemas de drenagem e mobilidade urbana na região. Os trabalhos devem durar oito meses, e os recursos serão custeados pela iniciativa privada, por meio de contrapartida.

“Esta fase envolverá ações de drenagem, pavimentação asfáltica com canal aberto e interceptores de esgotos. O projeto contempla duas vias de tráfego de veículos de cada lado e passeio”, disse a presidente da Ecos, Marinésia Makatsuru.

A avenida sanitária também ganhará três pontes, situadas próximas às ruas Ervilha Cheirosa, Pitonia e Tocantins, bem como quatro passagens de pedestres.

LEIA MAIS
Em cana
Fim de semana
Recreação
Combate
Crise
Saúde
Rombo
Social
Velocidade
Cinema