Avanço

Construção de creches em Betim vai revolucionar o ensino infantil

Das 11 unidades, três já estão prontas e aguardam só a aquisição de mobiliário para começar a funcionar

PUBLICADO EM 17/04/19 - 19h16

A educação infantil de Betim nunca recebeu tantos investimentos como agora. Prova disso é a construção de 11 novas creches na cidade, que atenderão mais de 4.400 crianças em idade pré-escolar.

Cinco unidades são fruto de contrapartida da iniciativa privada, sendo que três estão prontas nos bairros Betim Industrial, Vila Cristina e Citrolândia. “Nossa previsão é que elas comecem a funcionar ainda neste primeiro semestre. A prefeitura está agora realizando processo para a aquisição do mobiliário”, afirmou o secretário municipal de Educação, Pedro Pinto. Há ainda outras duas unidades que estão sendo construídas nos bairros Angola e Alterosas.

As outras seis creches são provenientes de recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que estavam parados desde 2011. Elas contemplarão os bairros Capelinha, Cidade Verde, Paquetá, Celso Alves Pedrosa, Petrovale e Vila Verde. Em 2017, após o prefeito Vittorio Medioli assumir a prefeitura, esse convênio passou a ser prioridade para o governo, que refez o projeto e realizou a mediação junto ao governo federal para aprovação. Para isso, o município apresentou ao FNDE um novo modelo de centro infantil, que alia uma estrutura moderna a um projeto pedagógico inovador. 

Assim, as creches que atenderiam a apenas 90 crianças cada agora terão capacidade para contemplar 400. Cada unidade é orçada em R$ 1,9 milhão. Segundo a superintendente de educação infantil, Marilene Pimenta, a previsão é que essas obras levem de 10 a 12 meses para serem concluídas. O investimento só nessas seis creches é de R$ 11,9 milhões.

“A creche do bairro Cidade Verde vai ajudar bastante os moradores também dos bairros do entorno. Tem muita gente que leva as crianças para creches em locais distantes, sem contar que há vários pais que não têm condições de pagar uma creche para seus filhos. Por isso, vai ser muito boa a construção dessa unidade na região", disse a dona de casa Taís Cristina.  

Estrutura
O projeto padrão dos novos centros infantis conta com 15 salas, sendo dez para atender em tempo integral e cinco em meio período. A estrutura conta ainda com cozinha, área de higienização de alimentos, depósito de lixo, despensas, secretaria, salas de professores e diretoria, almoxarifado, refeitório para alunos, dois berçários, fraldário, espaço para amamentação, banheiros para alunos com inclusão de área para cadeirantes, jardim e área para recreação. 

Modelo
O modelo moderno e diferenciado de creches criado pela Prefeitura de Betim e aprovado recentemente pelo Ministério da Educação (MEC) foi cedido pelo município para ser adotado em Contagem, e na cidade de Votorantin, em São Paulo. A proposta elaborada pelo município atende quatro vezes mais crianças a um custo bem menor de construção e de manutenção.

“O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) também usou o nosso modelo, mas acrescentou alguns aspectos. Aqui em Betim, já temos três creches prontas neste modelo, que vão dar um saldo imenso na qualidade da educação pré-escolar”, disse o prefeito Vittorio Medioli. (com Lisley Alvarenga)

LEIA MAIS
Festa
Promovido
Sustentável
Opinião
Social
Balanço
Inverno