Bairro São Jorge

Menor morre após levar tiro em Betim

Segundo com a PM, adolescente atirou contra os militares durante uma operação, e um policial revidou, atingido o rapaz; familiares dele, porém, contestam a versão da polícia

Ocorrência foi nas ruas Voluntários da Pátria e Benevides Caetano
PUBLICADO EM 10/05/19 - 16h54

Um menor de 17 anos morreu na noite dessa quinta-feira (9), em Betim, na região metropolitana, durante uma operação policial no bairro São Jorge. De acordo com a Polícia Militar (PM), o rapaz teria disparado contra os militares, e um policial revidou. O adolescente acabou atingido por um tiro e não resistiu.

Conforme o boletim de ocorrência, a polícia recebeu uma denúncia de que estaria acontecendo tráfico de drogas e ocultação de armas perto de um condomínio de prédios na região. No local, que é conhecido como um ponto de tráfico de drogas, uma pistola já havia sido apreendida na segunda (6).

Ao chegarem ao local nessa quinta (9), os militares começaram uma aproximação a pé por meio de uma área verde. Os policiais também escutaram algumas mensagens de supostos traficantes por meio de frequência de rádio.

Ainda segundo o boletim da PM, quando os militares se aproximaram de um local onde estão sendo construídas lojas comerciais, um indivíduo, ao avistar os PMs, saiu dos fundos da construção e teria atirado contra os policiais. Um dos agentes revidou e acertou o adolescente. Ele foi levado para um hospital, mas não resistiu.

Conforme informou a PM, debaixo do corpo do rapaz foi encontrado um revólver calibre 38 com numeração raspada. Também foram localizados próximo às construções um rádio comunicador, 84 porções de maconha, duas de cocaína, 20 predras de crack e uma folha com anotações sobre a movimentação de vendas de drogas. Também foi apreendido um cartucho deflagrado calibre 38 e outros cinco intactos.

A perícia e equipe da Delegacia de Homicídios estiveram no local. O policial que atirou contra o menor foi detido em flagrante e está à disposição da Corregedoria da Polícia Militar para investigação do caso. A arma dele também foi recolhida. A ocorrência foi encerrada na Delagacia de Plantão de Betim.

Contestação

Familiares do rapaz que morreu entraram em contato com a reportagem na tarde de terça-feira (14) para contestar a versão apresentada pela polícia.

Segundo parentes do menor, não teria havido troca de tiros, pois o adolescente não estaria portando arma. “A família pediu um teste de balística, que foi feito no IML, e o resultado deve sair em cerca de 20 dias. Ele não tinha envolvimento com venda de drogas nem com traficantes, ele era apenas usuário. Ele não estava armado. Uma testemunha contou para a gente que ele também estava na rua e que teria sido levado para o local da construção, onde foi atingido pelo tiro. Quando ele foi socorrido e levado pela viatura para o hospital, ele já estava morto”, contou uma tia do rapaz.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

(matéria foi atualizada às 16h35 de 14/5/19)

 

comentários (1)

Antônio Ramos
Parabéns POLÍCIA MILITAR DE MG ! O "de cujus" pode ser menor na idade, mas é maior na patifaria, portanto, chumbo nele. Belo Horizonte não é Rio de Janeiro, aqui tem policiais capazes e honestos, sem esquecer dos componentes da Civil e da Federal e os GCMs. Vão dizer, "ah, mais, tem policial corrupto", tem sim, mas no meio de uns 70.000 (Minas Gerais) é impossível a perfeição. Os fora da caixa estão em TODOS OS PODERES e em seus respectivos órgãos, mas são a minoria absoluta e esmagadora.
8 3 Denunciar
5:07 PM May 10, 2019

LEIA MAIS
Festa
Promovido
Sustentável
Opinião
Social
Balanço
Inverno