José Reis Chaves

Fraudes bíblicas com a troca de 'um' por 'o'
Publicado em: Seg, 13/05/19 - 03h00

Esta matéria é importante para os estudiosos da Bíblia, em profundidade, pois ela tem muito a ver com os seus textos traduzidos do grego, às vezes erradamente, para ficarem iguais às doutrinas dos seus tradutores.

A verdade não pode ser baseada no fato de um erro ser muito antigo. E o maior inimigo nosso, na busca da verdade, é o nosso ego que nos torna cegos para as verdades que ainda não são nossas. Por isso, a virtude da humildade é indispensável, quando queremos, realmente, chegar à verdade. Essa virtude nos ajuda a nos livrarmos da terrível ditadura de nosso ego. E será que os teólogos do cristianismo antigo não foram vítimas do seu ego quando insistiram em criar e defender a ferro e fogo certas doutrinas polêmicas, para as quais a única defesa para elas era e ainda é a falsa afirmação de que são mistérios de Deus quando, na verdade, são mistérios dos teólogos, pois foram criados por eles, e não por Deus? Ousamos dizer que, infelizmente, os maiores problemas do cristianismo são justamente essas doutrinas polêmicas, ou seja, alguns dos dogmas cristãos, os quais o que mais têm feito é dividir os cristãos, levando, inclusive, multidões de espiritualistas ao materialismo.

As traduções erradas dos artigos “indefinidos” por “definidos” dos primeiros textos gregos bíblicos são os principais responsáveis pelo entendimento errado de passagens bíblicas. E, geralmente, esses erros dos tradutores foram propositais, a fim de igualarem os textos bíblicos às doutrinas criadas pelos teólogos.

Já tratamos à saciedade do assunto que vamos abordar. Isso em atenção aos novos leitores de O TEMPO que surgem constantemente e que ainda não leram matérias dessa coluna referentes às traduções para o português dos artigos definidos dos textos bíblicos gregos. Em grego não existe o artigo indefinido equivalente ao do português “um”, o qual, porém, em muitos casos, deve aparecer nas traduções para o português, pois, na nossa língua, ele existe. Mas os tradutores, abusivamente, colocam no lugar dele o artigo definido “o”, que muda o sentido do substantivo. Um exemplo: quando se deve dizer na Bíblia em português “um” espírito santo, os tradutores dizem “o” Espírito Santo, e com as iniciais maiúsculas, para darem a entender que se trata do Espírito Santo dogmático da Terceira Pessoa. Ainda bem que alguns o colocam entre parênteses. Um exemplo: “...mediante (o) Espírito Santo dado a nós” (Romanos 5: 5), conforme o “Novo Testamento Interlinear Grego-Português”, Sociedade Bíblica do Brasil, página 579. E assim com a simples mudança do artigo indefinido “um” pelo definido “o”, criou-se, realmente, uma das maiores fraudes das traduções da Bíblia!

PS: Seminário anual espírita no Museu do Chico Xavier da UFMG, em Pedro Leopoldo (MG), no dia 19.5.2019, com início às 10h, com palestras do vereador de Belo Horizonte Flávio dos Santos e deste colunista, com almoço e ônibus da capital grátis. Contato: (31) 3555-1188.

(111) comentários

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
Rosário Américo de Resende 5:37 PM May 20, 2019
Carlos Michalski. Paz plena.
Você escreveu em 23:02 - 19/05/2019:
“"Eu só divulgo o que já sei porque recebi da Espiritualidade, durante a celebração de uma missa dominical em agosto de 1982, a revelação de uma vida passada minha de dois milênios atrás".......... Paz plena. Rosário..................Heresia,Mentira e Sandice....!!! Carlos Michalski . . .19-5-2019 . . . .23:01h......”

Você citou o último parágrafo da minha postagem de 21:38 - 19/05/2019 e depois continuou dizendo:
“Hereis, Mentira e Sandice”.
Carlos, quando comecei a receber revelações da Espiritualidade no dia 07/01/1980 eu realmente não conhecia nada sobre mediunidade e como só conhecia a Doutrina Católica então tinha uma certeza absoluta de que era sim o Deus Espirito Santo, que era para mim uma só Espírito e a terceira pessoa do mistério da Santíssima Trindade. Quando vivi a experiência dentro da Igreja de Santa Teresa em agosto de 1982, eu ainda não tive recebido a revelação explicativa sobre o dogma do mistério da Santíssima Trindade, pois essa revelação eu só a recebi em agosto de 1983.
No segundo semestre de 1983 eu comecei a receber as identificações dos Espíritos desencarnados e vários Espíritos desencarnados vieram sintonizar comigo.
Sei que para você tudo isso é mentira, heresia e blasfêmia, mas digo que a responsabilidade da divulgação é sim toda minha e a aceitação dos outros já depende de cada um.
Minha primeira sintonia com o Espírito de Jesus aconteceu nos dias 25 e 26/11/1983 e o início foi sim dentro da Capela da Santa Casa de Belo Horizonte e só fiquei sabendo que era Jesus no final da presença dele ao meu lado.
O minha primeira sintonia consciente com o Espírito de Deus Pai foi sim no dia 12/04/1984 e fiquei sabendo que era Deus Pai no início da sintonização.
Finalizando digo que divulgo aquilo que sei e dou testemunho daquilo que vi e vivi e ninguém é obrigado a aceitar o que digo e dou testemunho (Jo 3,11).
Paz plena. Rosário.
0
Denunciar

Rosário Américo de Resende 5:20 PM May 20, 2019
Carlos Michalski. Paz plena.
Você escreveu em 22:21 - 19/05/2019:
“Rosario Americo de Resende.Qualquer participante desta coluna pode discordar de mim,..e precisa discordar,mas nenhum tem capacidade espiritual ou moral para me repreender.Você afirma:....”Antes de ficar chamando os outros de blasfemadores e mentirosos você deveria estudar um pouco mais sobre tudo aquilo que você já teve conhecimento, mas nada realmente entendeu, pois até muitos textos bíblicos foram escritos por causa de fenômenos mediúnicos” . . .

Carlos, eu simplesmente falei para você estudar um pouco mais e não ficar só chamando os outros de mentirosos e blasfemadores.
Se eu o tivesse chamado de mentiroso e blasfemador aí sim você teria rodo o direito de falar o mesmo sobre a minha pessoa, mas nunca lhe chamei desse jeito e você já fez isso para comigo por muitas e muitas vezes.
A maior blasfêmia contra Deus está em vários textos bíblicos, quando foi ensinado que Deus no passado aceitava sangue para resgate de pecados e se satisfez plenamente com sangue de Jesus derramado na cruz e por perdoou o gênero humano do pecado da desobediência de Adão e Eva.

Você escreveu:
“Depois de uma afirmativa tola e grotesca dessa envergadura,quem tem de estudar As Escrituras e abandonar a Heresia de Lyon é você....”

Carlos, eu passei a estudar muito mais a Bíblia, depois de janeiro de 1980, pois entendi que tinha aprendido muitos princípios doutrinários como verdades absolutas e intocáveis, mas que tinha de aceitar tudo baseado numa fé, que cega sim a todo crente e não permite que ele possa conhecer e entender a Verdade, que liberta (Jo 8,32).
Sempre você volta a falar e condenar o brilhante trabalho do Allan Kardec, que desvendou o enigma da Espiritualidade.

Você escreveu:
“Quando pretenderes ter cacifo para conversarmos,como espírita,abandone antes A Necromancia,Abandone A Idolatria,Abandone as Heresias de Roma e Lyon e tente novamente.Não custa tentar,mas posso garantir que teus testemunhos e outras afirmativas são Blasfemas e Mentirosas e jamais terás sucesso nas tuas investidas....Conversa vai e conversa vem,não te esqueças que és cativo de espíritos mentirosos e de um francês recalcado,herege e rebelde....Por favor,menos lordose e pragmatismo quando tentar defender práticas e conceitos espiritistas frente a um Cristão . .!! Não pretendes atacar As Bases Cristológicas,..então pague o preço pelas afrontas . . .Carlos Michalski . . . .19-5-2019 . . . .22:19h . . . .”

Carlos, quem ficou cativo de um falso Cristo (Mt 24,24), quando viveu uma experiência mediúnica dentro do seu apartamento e julgou que foi o próprio Deus a quem você deveria servir. Quem fez aquilo com você foi um Espirito desencarnado de algum pastor, mas você julgou que foi o próprio Deus.
Paz plena. Rosário.
0
Denunciar

Carlos Michalski 11:02 PM May 19, 2019
"Eu só divulgo o que já sei porque recebi da Espiritualidade, durante a celebração de uma missa dominical em agosto de 1982, a revelação de uma vida passada minha de dois milênios atrás".......... Paz plena. Rosário..................Heresia,Mentira e Sandice....!!! Carlos Michalski . . .19-5-2019 . . . .23:01h......
8
Denunciar

Carlos Michalski 10:21 PM May 19, 2019
Rosario Americo de Resende.Qualquer participante desta coluna pode discordar de mim,..e precisa discordar,mas nenhum tem capacidade espiritual ou moral para me repreender.Você afirma:....”Antes de ficar chamando os outros de blasfemadores e mentirosos você deveria estudar um pouco mais sobre tudo aquilo que você já teve conhecimento, mas nada realmente entendeu, pois até muitos textos bíblicos foram escritos por causa de fenômenos mediúnicos” . . .Depois de uma afirmativa tola e grotesca dessa envergadura,quem tem de estudar As Escrituras e abandonar a Heresia de Lyon é você....Quando pretenderes ter cacifo para conversarmos,como espírita,abandone antes A Necromancia,Abandone A Idolatria,Abandone as Heresias de Roma e Lyon e tente novamente.Não custa tentar,mas posso garantir que teus testemunhos e outras afirmativas são Blasfemas e Mentirosas e jamais terás sucesso nas tuas investidas....Conversa vai e conversa vem,não te esqueças que és cativo de espíritos mentirosos e de um francês recalcado,herege e rebelde....Por favor,menos lordose e pragmatismo quando tentar defender práticas e conceitos espiritistas frente a um Cristão . .!! Não pretendes atacar As Bases Cristológicas,..então pague o preço pelas afrontas . . .Carlos Michalski . . . .19-5-2019 . . . .22:19h . . . .
11
Denunciar

Rosário Américo de Resende 9:38 PM May 19, 2019
Carlos Michalski. Paz plena
Você escreveu:
“Rosario Americo,não me considere um idiota e deixe de mentir e blasfemar com essa coisa chamada mediunidade.Se você tivesse algum restício de discernimento não faria parte do clube dos antiredentores e não falaria mais dessa bobagem de espiritualidade.Você é um servo de espíritos escarnecedores e não um cristão e não adianta se debater.Estás enganado e és um mentiroso....Carlos Michalski . . . .19-5-2019. . . . .10:50h .”

Carlos, nunca o considerei como idiota, nem como mentiroso e blasfemador, como você julga que eu sou.
Eu falo sobre aquilo que sei e dou testemunho sobre aquilo que vi e vivi e eu não posso obriga-lo a acolher o meu testemunho (Jo 3,11).
Quando você chama de blasfemador e se servo de espíritos escarnecedores, isso não me preocupa em nada pois fizeram isso com Jesus.
Quem está muito bem enganado aqui não sou eu, mas quem acredita que Deus já se satisfez com sangue.
A mediunidade é sim uma grande verdade, só que muitos, inclusive vários escritores bíblicos, foram enganados por Espíritos, que usurparam o lugar de Deus...
Antes de ficar chamando os outros de blasfemadores e mentirosos você deveria estudar um pouco mais sobre tudo aquilo que você já teve conhecimento, mas nada realmente entendeu, pois até muitos textos bíblicos foram escritos por causa de fenômenos mediúnicos.
Eu só divulgo o que já sei porque recebi da Espiritualidade, durante a celebração de uma missa dominical em agosto de 1982, a revelação de uma vida passada minha de dois milênios atrás.
Paz plena. Rosário.
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 8:01 PM May 19, 2019
Pai espanca bebê de cinco meses até a morte por ela ser menina Mãe da criança ainda contou à polícia que sempre apanhou do homem com quem manteve relacionamento por nove anos..
Mãe da criança ainda contou à polícia que sempre apanhou do homem com quem manteve relacionamento por nove anos

Para os nossos irmãos evangélicos se este homem que espanca a filha até ao desencarne(e que deve ter a mesericordia de Deus)se aceitar Jesus e o sangue derramado, vai para o paraíso.. Um Espirita mesmo que faça a caridade como o Chico Xavier vai para o inferno. É esta a cultura evangélica trazendo um "deus" deformado e mesmo um ser satânico sem precedentes..

fonte:
//www.otempo.com.br/brasil/pai-espanca-beb%C3%AA-de-cinco-meses-at%C3%A9-a-morte-por-ela-ser-menina-1.2183209
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 7:37 PM May 19, 2019
(Mt 26:54)
Como, se cumpririam as Escrituras, segundo as quais isto tem de acontecer?

Carlos M que Escrituras serão estas onde a Paixão e Ressurreição de Jesus já estão previstas?
A mesma dúvida aplica-se ao v.56

(Mt 26:56)
Mas tudo isto acontece para que se cumpram as Escrituras dos profetas. Então, todos os discípulos, deixando-o, fugiram.
0
Denunciar

João Frazão 7:31 PM May 19, 2019
Preparemo-nos para respostas estapafúrdia a partir da hora do fantástico...
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 7:38 PM May 19, 2019
Não acredito, porque contra fatos não há argumentos.. só se for para ofender.
0
Denunciar

João Frazão 4:49 PM May 19, 2019
Caro A.Paulo Almeida.
Como tentei postar como resposta por várias vezes e não consegui, estou fazendo por comentário normal.
Pitomba ê  uma pequena fruta de casca dura, que dá em cachos, de poupa fina e lisa, aderida firme ao caroço, e difícil de ser retirada mesmo por quem tem bons dentes.
Qualquer dúvida, procure no Google que você vai ter melhor noção visualmente.
Abracos. Frazão
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 6:00 PM May 19, 2019
Ok... risos.. Muito obrigado.
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 4:08 PM May 19, 2019
«Rosário Américo de Resende.... Nestor, concordo que hoje existem muito mais divórcios, mas só existem os divórcios porque ainda faltam a vivência do AMOR entre os cônjuges. »

Meus queridos amigos, é normal que hoje haja mais divórcios, porque existe muito mais pessoas que há 2000 mil anos atrás. Quanto a esta afirmação do Rosário (faltam a vivência do AMOR entre os cônjuges), não concordo e é exatamente o contrario.. Por haver Amor é que as pessoas não são obrigadas a estar mais com quem não amam ou mesmo nem se respeitem.
Dantes isso era diferente, as mulheres tinham de sujeitarem-se a tudo.. Uma das responsáveis por tanta dor e sofrimento causado á mulher foi exatamente a religião.

Hoje muitos casais se juntam e se não der certo, separam-se.. É melhor que se agredirem.
Hoje o casal tem de se respeitar para que se mantenha esse equilíbrio.
Eu com a minha esposa primeiro de tudo quero a amizade, sermos verdadeiramente amigos, porque esse amor é mais elevado. É o Amor que Jesus ensina.. amarmos-nos a todos de igual modo. o resto sao paixões, e derivados do amor que nada tem a ver com o verdadeiro Amor.
O Amor liberta, não aprisiona.
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 3:57 PM May 19, 2019
Carlos Michalski 8 horas atrás
...”Porque se nós, sendo inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, tendo sido já reconciliados, seremos salvos pela sua vida”.(Romanos 5:10) (TRADUÇÃO FRAUDULENTA)

(Rm 5:10 Frederico Lourenço)
Pois se enquanto inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte do Seu Filho, muito mais ainda, estando reconciliados, seremos salvos na vida dele.

Tem diferença entre ser salvo PELA SUA VIDA, e NA VIDA DELE?!! Ser salvo "na vida de Jesus" é elevarnos espiritualmente seguindo e praticando o carater de Jesus.

A maneira como o Carlos M quer sempre interpretar é como se fosse a morte de Jesus o mais importante para a "salvação" quando sabemos que a morte não existe e que serão as "obras" que nos vai ser avaliado.
1
Denunciar

Rosário Américo de Resende 3:54 PM May 19, 2019
Nestor Martins Amaral Júnior. Paz plena.
Você escreveu em 20:23 - 18/05/2019:
“Rosário, entendi. Mas, hoje há bem mais divórcios que antes assim como a prole foi muito reduzida. As conquistas da mulher caminham na busca de direitos iguais aos dos homens e esse é um erro. Papéis respectivos são distintos. Não demora a mulher poderá recusar a missão da maternidade, já que a deixa menos competitiva com o homem no mercado de trabalho. Não se trata de escravagismo e sim do aceite dos respectivos papéis que são complementares e não concorrentes.”

Nestor, concordo que hoje existem muito mais divórcios, mas só existem os divórcios porque ainda faltam a vivência do AMOR entre os cônjuges.
Os nascimentos também estão diminuindo e isso é até muito bom, pois a população não cresce tanto como há poucos séculos. Em alguns países até já existem incentivos para que as famílias geram mais filhos.
Eu já defendo sim que os direitos entre homens e mulheres devem ser iguais, mesmo que os papéis entre os sexos sejam distintos.
Sei também que existem muitos homens que exigem a fidelidade da parte da mulher, mas eles mesmo não querem a responsabilidade da fidelidade e digo que a infidelidade é muito prejudicial ao processo da evolução de cada um.
Paz plena. Rosário.
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 3:35 PM May 19, 2019
Carlos Michalski 7 horas atrás
Porque também Cristo padeceu Uma Vez pelos pecados, o Justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na Carne, mas vivificado pelo Espírito; . . .1 Pedro 3:18 (TRADUÇÃO FRAUDELENTA)

(1Pe 3:18 Frederico Lourenço)
Porque também Cristo sofreu uma vez pelos erros -
Ele, que era justo, pelos injustos -
De modo a levar-nos para Deus.
Tendo morrido em carne,
Foi vivificado em espírito;

Vejam de novo as traduções.
É abismal a diferença.
Simples palavras podem reverter interpretaçoes abusivas.

Algumas traduçoes trazem mesmo a palavras MORREU PELOS PELOS PECADOS.

Quando as "boas traduçoes" estiverem ao alcance mais pessoas, muito será desmascarado.
1
Denunciar

A. Paulo Almeida 3:42 PM May 19, 2019
FRAUDULENTA
1
Denunciar

A. Paulo Almeida 3:17 PM May 19, 2019
(Ef 1:3 Frederico Lourenço)
Bendito seja o Deus e Pai de Nosso Senhor, que nos abençoou em toda a bênção espiritual nos "lugares" celestes em Cristo;

Reparem nesta tradução que AFIRMA que Jesus tem também UM DEUS E PAI, como todos nós temos. Não existe trindade para Paulo
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 3:14 PM May 19, 2019
(Ef 1:7 Frederico Lourenço)
ele em quem temos a redenção através do seu sangue «e» a libertação das transgressões segundo a riqueza da sua graça,

Reparemos que o Sr Carlos M. tem o mesmo erro que a maioria dos tradutores pois mete LETRA GRANDE, em tudo que é palavra. Assim a palavra "espírito santo" ficou bem defraudada.

«Carlos M. ...Em quem temos a Redenção pelo Seu Sangue, a Remissão das ofensas, segundo as riquezas da Sua Graça,...Efésios 1:7 »

«redenção = apolútrôsis = resgate»

Vejam as duas traduçoes e façam a vossa interpretação.
Temos de ter em conta que os escritos que lemos têm mais de 2000 anos, e certamente fazer interpretações abusivas como faz o Sr Carlos, trazendo para o nosso tempo e levando á letra o que está escrito, além de tirar a beleza da Bíblia, torna os ensinos perigosos e traz um deus bárbaro e fanático sem conexão.
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 2:34 PM May 19, 2019
(Mt 16:27 Frederico Lourenço)
O Filho da Humanidade está prestes a vir na glória de seu Pai, com os anjos dele; e então dará a cada um de acordo com a sua ação.

Nem a graça nem a salvação pela própria vida de Jesus tem a ver com a salvação, mas sim com as ações, com o que denominamos de "obras" como ex: Parábola do Bom Samaritano
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 1:58 PM May 19, 2019
(Mt 10:38)
E aquele que não toma a sua cruz e não me segue, também não é digno de mim.

«aquele que não toma a sua cruz».. Por muito que se queira argumentar que o Jesus histórico poderia ter dito esta frase e que "o texto não indica especificamente que Jesus deve ser entendido como carregando uma cruz" é quase impossível não aceitar que se trata aqui de uma retroprojeção daquilo que era sabido na altura em que foi escrito o Evangelho de Marcos (Mc 8:34) seguido por Lucas (Lc 9:23; 14:27)e Mateus (Mt 16:24)
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 1:41 PM May 19, 2019
(Mt 10:22 [BÍBLIA DE JERUSALÉM])
E sereis odiados por todos por causa do meu nome. Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo.

Porque Jesus não disse assim:
E sereis odiados por todos por causa do meu nome mas não se preocupem pois sois salvos pela graça?
Não, porque preservar até ao fim é não desistir de "praticar" o evangelho porque este ajuda outros irmãos a serem "salvos". Somos as "mãos de Deus" se formos FIEIS A DEUS.
0
Denunciar

João Frazão 1:38 PM May 19, 2019
Caro kurov.
Teu comentário indicado como de 19-5-2019 . . .11:45h.
Lá vem você, novamente, repetindo Marcos 10:45...
E depois sou eu o repetitivo...
Como você está sendo repetitivo, vou repetir o que diz Jesus em Mateus 16:27:
"Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras. /> Abraços. Frazão
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 1:37 PM May 19, 2019
(Mt 9:22 [BÍBLIA DE JERUSALÉM])
Jesus, voltando se e vendo a, disse lhe: "Ânimo, minha filha, a tua fé te salvou". Desde aquele momento, a mulher foi salva.

Jesus diz que foi a Fé que salvou, nao disse que foi a graça nem Deus. Nem Jesus quis saber se a mulher tinha ou não religião.
0
Denunciar

João Frazão 1:24 PM May 19, 2019
Caro kurov, inventor e deturpador de palavras.
Teu comentário indicado como de 19-5-2019 . . .07:07h.
Nele você diz:
"O Frazão vai verificar no Dicionario Aurelio o que significam Redenção,Sangue,Remissão e Graça...!! Desista Frazão....(onde Paulo fala em "ensinos"!?)"
Daí,  eu pergunto:
Onde eu, em algum comentário meu, na coluna desta semana, eu me referi a ensinos de Paulo, para você vir com essa?!
Desculpe-me, mas não fica bem para um senhor, que diz ser Cristão, Evangelista e Teólogo, praticar esse tipo de atitude, apenas para defender um ponto de vista, ainda que alegue ser em defesa da palavra de Deus, pois esta determina não mentir...
Abraços. Frazão
0
Denunciar

João Frazão 1:23 PM May 19, 2019
Caro kurov.
Teu comentário indicado como de 19-5-2019 . . .06:59h.
Nele você diz:
"O Frazão não discerne tais coisas e ainda se acha aguerrido defensor de Jesus...!!"
Com essa tua afirmação você incorre em um erro doutrinário, uma vez que Jesus, por ser quem é, nao precisa de ajuda de ninguém.
Se você tivesse dito que eu não cumpro suas palavras, até  que seria aceitável tal insinuação; mas não é  o caso, pois o espírita procura praticar o que Ele sugere, ou seja seguir Seu exemplo, e não deturpar suas palavras para impor o ponto de vista do seu segmento religioso.
Portanto, meu caro, essa tua assertiva não se aplica a mim, pois, por princípio, não o defendo, por Ele, até por se encontrar no plano espiritual (céu), não poder ser atingido; muito menos atacado, para poder precisar de que alguém o defenda.
Abracos. Frazão
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 1:16 PM May 19, 2019
«A salvação pela graça é a forma como Deus nos livra da condenação do pecado, sem merecermos nem termos de pagar. Não podemos alcançar a salvação pelo mérito nem o podemos comprar. Deus nos oferece a salvação de graça.»

Vejam o perigo da salvação pela graça. Além de desprestigiar a mensagem de Jesus leva as pessoas á inércia de gerar valores éticos e morais. Este "deus" arma-se em bonzinho e de graça salva quem quer e lhe apetece, mas não tem capacidade de destruir satanas e o inferno.
0
Denunciar

Carlos Michalski 11:45 AM May 19, 2019
Frazão.O codificador foi Rebelde e Medroso e Acovardou-se perante A Soberana Vontade e a Soberana Intervenção "Do Alto" para A Reddenção de muitos (marcos 10:45).José do Egito é uma tipologia simde Cristo pela retidão moral e espiritual,Fidelidade e Amor. Essa do "espirito" arbitrar pela "salvação" é invenção Iluminista.Em Hermeneutica o "typos" tem amplo significado,mas vc é espírita e não te interessam essas coisas . . .C.Michalski . . .19-5-2019 . . .11:45h . ..
5
Denunciar

João Frazão 11:14 AM May 19, 2019
Caro kurov.
Teus comentários indicados como de 19-5-2017 . . . .06:24h e 19-5-2019 . . . .06:38h.
Essa tua hipótese de José do Egito e Moisés serem prefiguras de Jesus nos leva a supor que há um determinismo, o que joga por terra o livre arbítrio, a capacidade que foi dada ao espírito de responder pelos seus atos dentro do princípio da recompensa, ou seja, como disse Jesus que "a cada um será dado de acordo com suas obras". Logo, meu caro, sem essa de prefiguracao, pois contraria a palavra de Deus.
Já quanto à alegada covardia de Kardec, é bom lembrar que, se ele fosse covarde, ele não teria enfrentado a opinião da intelectualidade da sua época, como preferem determinados individuos, para não ficarem mal perante pessoas de suas relações, ou defendendo determinado ponto de vista, apenas visando angariar prestígio perante seu "grupo" social; não é?!
Já quanto ao que você diz que Jesus "desmente e desmantela a codificação do francês rebelde ao afirmar que a Sua Morte é o cumprimento das Escrituras", transcrevendo: "Então Jesus disse-lhe: Embainha a tua espada; porque todos os que lançarem mão da espada, à espada morrerão. . . .Ou pensas tu que eu não poderia agora orar a meu Pai, e que ele não me daria mais de doze legiões de anjos? (Mt 26:52-53), tenho a informar que, mais uma vez, você repete o mesmo argumento, ao citar essa passagem, "se" "esquecendo-se" de que em João 10:11-18 fica claro que Jesus não se ofereceu para morrer por nós, conforme se vê da descrição do fato, que começa pelo verso 11, onde está escrito:
"Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas." e termina nos 17-18, onde Jesus fala:
"17. Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la.
18. Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar, e poder para tornar a tomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai. /> Como se vê, meu caro, não se pode falar que Jesus se ofereceu para morrer por nós, pois Ele mesmo disse que RECEBEU um MANDAMENTO (ORDEM) para encarnar aqui na terra, como seu enviado, para, conforme Suas palavras contidas em Lucas 4:43-44, onde está escrito:
"Ele, porém, lhes disse: Também é necessário que eu anuncie a outras cidades o evangelho do reino de Deus; porque para isso fui enviado. 44. E pregava nas sinagogas da Galileia. /> Não sei se você notou, para confirmar que Ele foi enviado para pregar o evangelho do reino de Deus aos judeus que no verso 44 está escrito que Ele o pregava nas sinagogas. Quer mais claro do que isso?!...
Abracos. Frazão
0
Denunciar

Carlos Michalski 10:51 AM May 19, 2019
Rosario Americo,não me considere um idiota e deixe de mentir e blasfemar com essa coisa chamada mediunidade.Se você tivesse algum restício de discernimento não faria parte do clube dos antiredentores e não falaria mais dessa bobagem de espiritualidade.Você é um servo de espíritos escarnecedores e não um cristão e não adianta se debater.Estás enganado e és um mentiroso....Carlos Michalski . . . .19-5-2019. . . . .10:50h . . . .
7
Denunciar

Rosário Américo de Resende 9:50 AM May 19, 2019
Carlos Michalski. Paz plena.
Você escreveu:
“O Apóstolo Paulo,o terror dos kardecistas afirma:...”Porque se nós, sendo inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, tendo sido já reconciliados, seremos salvos pela sua vida”.(Romanos 5:10) . . . .Paulo afirma que na Sua Morte e Ressurreição, não nos Seus Ensinos, fomos Reconciliados (katallagai) com Deus....(2 Corintios 5:18,19) . . . .Agora o Frazão vai dizer que Jesus não capacitou devidamente o Apóstolo do Cristianismo...!! Assim sobrevive o Frazão com suas evasivas e retórica mas sempre tropeça “na Pedra”...!!! . . .Carlos Michalski . . . .19-5-2019 . . . .06:52h . . . .”

Carlos, o seu problema é que você aprendeu tudo errado em torno da mediunidade e foi sim engando facilmente pelo Espírito desencarnado de algum pastor, e, você julgou que foi o próprio Espirito de Deus.
Agora fica julgando que o erro foi do Allan Kardec.
Quando eu conheci a Doutrina Espírita na prática e na teoria no início de 1981, entendi que só por meio de um profundo estudo dela eu ficaria em condições de compreender a Verdade, que liberta (Jo 8,32) e por meio de revelações compreendi também que estamos vivendo a Era da Verdade, como está profetizada em João 16,13.
Paz plena. Rosário.
1
Denunciar

Rosário Américo de Resende 9:38 AM May 19, 2019
Carlos Michalski. Paz plena.
Você continua defendendo tudo o que foi ensinado no passado de que Deus se satisfez plenamente com o sangue de Jesus derramado na cruz.
É bem compreensível que os autores do Novo Testamento passaram a ensinar a “Redenção pelo seu Sangue”, sangue de Jesus derramado na cruz, pois todos eles foram sim educados na lei dos sacrifícios de sangue de animais para resgate de pecados (Lv 1-7).
O autor de Hebreus ainda escreveu sobre a ineficácia dos sacrifícios antigos:
“Mas, ao contrário, é por meio destes sacrifícios que, anualmente, se renova a lembrança dos pecados. Além dos mais, é impossível que o sangue de touros e bodes elimine os pecados” (Hb 10,3-4).
E o mesmo defende a eficácia do sacrifício de Cristo (Hb 10,11-14).
Agora aceitar esses ensinamentos hoje, quando já estamos vivendo o tempo da profecia que está em João 16,13, é sim algo inadmissível para mim. Desde o tempo em que vivi como seminarista (1957 a 1966) eu já julgava um absurdo os ensinamentos de que Deus só tinha perdoado o gênero humano porque Jesus foi pregado numa cruz.
Carlos, Deus nunca se satisfez com sangue. No dia em que você entender isso irá sim ficar muito decepcionado, mas quando esse dia chegar você não estará mais aqui, pois você acredita piamente num falso Cristo (Mt 24,24), que o enganou com facilidade porque você aprendeu a mediunidade de uma forma não correta.
Carlos, Deus possui um AMOR infinito para com todos e nunca iria exigir que Jesus morresse na cruz para perdoar o gênero humano.
Na Semana Santa de 1987, no final de uma confissão individual, eu ouvi esse conselho do confessor:
“Continue nessas suas buscas e pesquisas para você ter ideias claras, pois a Igreja não sabe o que ensina para a gente”.
Paz plena. Rosário.
0
Denunciar

Carlos Michalski 7:08 AM May 19, 2019
Em quem temos a Redenção pelo Seu Sangue, a Remissão das ofensas, segundo as riquezas da Sua Graça,...Efésios 1:7 . . .O Frazão vai verificar no Dicionario Aurelio o que significam Redenção,Sangue,Remissão e Graça...!! Desista Frazão....(onde Paulo fala em "ensinos"!?) . . .Carlos Michalski . . . .19-5-2019 . . .07:07h.....
8
Denunciar

Carlos Michalski 7:00 AM May 19, 2019
Porque também Cristo padeceu Uma Vez pelos pecados, o Justo pelos injustos, para levar-nos a Deus; mortificado, na verdade, na Carne, mas vivificado pelo Espírito; . . .1 Pedro 3:18 . . .O Frazão não discerne tais coisas e ainda se acha aguerrido defensor de Jesus...!! . . . .Carlos Michalski . . . .19-5-2019 . . .06:59h . . .
9
Denunciar

Carlos Michalski 6:54 AM May 19, 2019
O Apóstolo Paulo,o terror dos kardecistas afirma:...”Porque se nós, sendo inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, tendo sido já reconciliados, seremos salvos pela sua vida”.(Romanos 5:10) . . . .Paulo afirma que na Sua Morte e Ressurreição, não nos Seus Ensinos, fomos Reconciliados (katallagai) com Deus....(2 Corintios 5:18,19) . . . .Agora o Frazão vai dizer que Jesus não capacitou devidamente o Apóstolo do Cristianismo...!! Assim sobrevive o Frazão com suas evasivas e retórica mas sempre tropeça “na Pedra”...!!! . . .Carlos Michalski . . . .19-5-2019 . . . .06:52h . . . .
7
Denunciar

Carlos Michalski 6:39 AM May 19, 2019
Frazão...Jesus Cristo te desmente e desmantela a codificação do francês rebelde ao afirmar que a Sua Morte é o cumprimento das Escrituras..! disse Jesus quando foram prende-lo para crucificar:...”Então Jesus disse-lhe: Embainha a tua espada; porque todos os que lançarem mão da espada, à espada morrerão. . . .Ou pensas tu que eu não poderia agora orar a meu Pai, e que ele não me daria mais de doze legiões de anjos? . . . . . Como, pois, se cumpririam as Escrituras, que dizem que assim convém que aconteça? . . . . . . .(acontecer o que João Frazão)....!?? Assim desaba o castelinho de areia kardecista pois Jesus afirma o Cumprimento das Promessas feitas a Abraão no Sua Prisão,Martírio e Morte . . .Tente mais uma semana forjar mentiras e conte com os espiritecos enganadores que te assistem...!! Mateus 26:52-54 . . . .Carlos Michalski . . . .19-5-2019 . . . .06:38h . . . .
7
Denunciar

Carlos Michalski 6:24 AM May 19, 2019
Frazão...Você como espirita precisa mentir pois os Ensinos de Jesus já eram conhecidos antes de Seu Nascimento..Porventura José do Egito e Moisés não foram pré figuras de Jesus..!? Deixa de conversa fiada e reconheça a covardia do codificador ao se defrontar com A Morte Vicaria e demais Atos Soberanos de Jesus Cristo.Você mente porque gosta de enganar os incautos mas precisa deglutir A Verdade da Salvação na Cruz de Redenção . . .Carlos Michalski . . .19-5-2017 . . . .06:24h . . . .
6
Denunciar

João Frazão 8:38 PM May 18, 2019
Repetindo por ter saído com incorreção.
Caro kurov.
Complementando meu comentario anterior, referindo-me ao teu de 18 de maio de 2019 . . .16:13h.
Deixei para outro comentário, apenas como forma de destaque; em relação ao mestre a obra mais importante por ele realizada foi:
1) a transmissão dos seus ensinamentos livrando da ignorância os discípulos e quem o ouvia; ou
2) a sua morte?

A mesma pergunta vale para Jesus - o que nos salvou foi a Sua morte ou os Seus ensinamentos?
Convém lembrar que a morte de Jesus foi um fato do qual só temos notícia, enquanto Seus ensinamentos permanecem até hoje, a ponto estar sendo objeto da nossa discussão...
Abraços. Frazão
1
Denunciar

Nestor Martins Amaral Júnior 8:23 PM May 18, 2019
Rosário, entendi. Mas, hoje há bem mais divórcios que antes assim como a prole foi muito reduzida. As conquistas da mulher caminham na busca de direitos iguais aos dos homens e esse é um erro. Papéis respectivos são distintos. Não demora a mulher poderá recusar a missão da maternidade, já que a deixa menos competitiva com o homem no mercado de trabalho. Não se trata de escravagismo e sim do aceite dos respectivos papéis que são complementares e não concorrentes.
0
Denunciar

João Frazão 8:00 PM May 18, 2019
Caro kurov.
Complementando meu comentario anterior, referindo-me ao teu de 18 de maio de 2019 . . .16:13h.
Deixei para outro comentário, apenas como forma de destaque; em relação ao mestre a obra mais importante por ele realizada foi:
1) a transmissão dos seus ensinamentos livrando os discípulos e quem o ouvia; ou
2) a sua morte?

A mesma pergunta vale para Jesus - o que nos salvou foi a Sua morte ou os Seus ensinamentos?
Convém lembrar que a morte de Jesus foi um fato do qual só temos notícia, enquanto Seus ensinamentos permanecem até hoje, a ponto estar sendo objeto da nossa discussão...
Abraços. Frazão
0
Denunciar

João Frazão 7:18 PM May 18, 2019
Caro kurov.
Teu comentário indicado como de 18 de maio de 2019 . . .16:13h,
Raciocine comigo; suponha que um mestre, tenha transmitido seus conhecimentos aos seus discípulos, e a todos que o procuravam, e que algumas pessoas influentes, fossem às autoridades pressioná-las, alegando que esse mestre estava subvertendo a ordem e que, por isso, deveria ser aplicada uma pena a esse mestre.
suponha, ainda, que ele tenha sido condenado à morte, de acordo com a lei;
suponha, agora, que, por essa mesma lei, a autoridade possa conceder o perdão a um dos condenados, ouvida a opinião do povo e que a autoridade pergunte ao povo qual deles deve ser perdoado e o povo, insuflado pelos interessados na sua morte, opte por outro condenado e a autoridade mande cumprir a pena e o mestre seja morto.
Nesse caso, é de se perguntar:
Ele foi morto por salvar da ignorância seus discípulos e quem mais o ouviu, ou foi por ter transmitido seus conhecimentos, salvando da ignorância todos os que seguissem seus ensinamentos?!...
Dai, faço a seguinte indagação:
Qual a diferença entre o exemplo, aqui exposto e o que fez o cidadão judeu, de nome Jesus, ao apresentar a sua doutrina, que estava levando o povo a duvidar da sua religião, que era o elemento de união do povo judeu.
Esse, para mim, foi o motivo que levou as lideranças judaicas a tomar essa atitude, com medo (e dos grandes), da perda de poder dos lideres religiosos, pois a religião era, e ainda é, o elemento de ligação que mantém o judeu como povo, mesmo dispersos pelo mundo... Abracos. Frazão
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 6:30 PM May 18, 2019
(Jo 9:1-3)
Ao passar, ele viu um homem, cego de nascença.
Seus discípulos lhe perguntaram: "Rabi, quem pecou, ele ou seus pais, para que nascesse cego?"
Jesus respondeu: "Nem ele nem seus pais pecaram, mas é para que nele sejam manifestadas as obras de Deus.

Carlos Michalski como interpreta esta passagem? O que significa um cego de nascença ter pecado?.. Obrigado
0
Denunciar

Carlos Michalski 4:13 PM May 18, 2019
Frazão diz que o Carlos é repetitivo,e é verdade,pois só existe Uma Verdade. . .A teimosia kardecista é tamanha,que nem repetindo vocês entendem..!! Não podem alegar disturbio cognitivo ou "ponto de vista" doutrinario,pois o que existe é Heresia e Aversão contra A Obra Vicaria Redentora do Filho de Deus . .Inventaram um "jesuis"de escrivaninha,um "deus" cúmplice e conivente e agora querem vender essa gororoba iluminista a todo custo . . .Carlos Michalski . . .18 de maio de 2019 . . .16:13h . . .
9
Denunciar

João Frazão 12:15 PM May 18, 2019
Caro kurov.
Teu comentário de 19:59 - 17/05/2019.
Você repete o mesmo blá-blá-blá, e sou eu que sou repetitivo?! Deixa díusso, para com Íusso, como dizia o personagem do saúdo Chico Anysio...
Agora, meu caro, como você está sendo repetitivo, citando marcos 10:45, vou repetir o que disse sobre esse verso em meu comentário de 10:39 - 17/05/2019:
“Caro kurov.
Teu comentario de 8:27 PM May 16, 2019, em que, para justificar que Jesus nos veio redimir dos nossos pecados, você diz cita Marcos 10:45:

"Assim também o Filho do Homem não veio para ser servido mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos. ”
Só que já te informei que o "dar a vida", a que Jesus aí se refere, não tem o sentido de que todos os segmentos religiosos ditos "cristãos" pretendem dar a entender que tenha sido Sua missão, ou seja, morrer por nós, pois, se ele quisesse dar o sentido que esses segmentos defendem, Ele teria dito que veio morrer (oferecer a sua morte), e não dar (oferecer) sua vida, já que Sua verdadeira missão ele mesmo informou em Lc 4:43 que Sua missão foi a de pregar o evangelho do reino de Deus; ou não é isso o que lá está escrito?
Mais; ainda que se queira dar a conotação de que a Sua morte, por analogia, foi igual à do sacrifício do cordeiro dos judeus, mesmo assim, há uma incongruência nessa pretensão, pois, no caso, ainda que se queira atribuir a mesma finalidade a ambos os sacrifícios, o sacrifício de Jesus, em lugar de nos beneficiar, teria beneficiado os que tomaram as providências para que a Sua morte ocorresse, sob pena de ser desvirtuada a finalidade do sacrifício, que é a de beneficiar a quem oferece a vítima em sacrifício; ou não era essa a sua finalidade?...”
Caso isso não baste para você entender, repito o que disse em meu comentário a ti dirigido em “Lá vem você com o mesmo blá-blá-blá, cometendo um versiculite “como você costuma dizer em relação a quem cita um ou dois versos”. ao afirmar que, em João 10:11, Jesus veio dar a Sua por nós; só que você, mais uma vez, repito, esquece que o verso 10:11 começa a descrição de uma situação que vai até o verso 11:18, onde Jesus afirma:
“Ninguém a tira de mim, mas eu a dou de mim mesmo e tenho o poder de a dar, como tenho o poder de a reassumir. Tal é a ordem que recebi de meu Pai”.

Como se vê, meu caro “Cristão, Evangelista e Teólogo”, Dr. Michalski, a tua versiculite foi combatida pelo método homeopático, isto é, usando o princípio “Similia similibus curantur”. Logo, não há que se falar em morte vicária, usando o oferecimento por parte de Jesus, porque Ele mesmo declara que recebeu mandamento (ordem) para vir à Terra para pregar o evangelho do reino de Deus...”
Será que dessa vez você ainda vai ter a cara de pau e insistir que Jesus afirma que se ofereceu para morrer para perdão dos nossos pecados?!
Abraços. Frazão
1
Denunciar

Rosário Américo de Resende 11:58 AM May 18, 2019
Nestor Martins Amaral Júnior. Paz plena.
Corrigindo o texto: “E ele disse: “Todo aquele que repudiar a sua mulher e desposar outra, comete adultério contra a primeira; e se essa repudiar o seu marido e desposar outro, comete adultério”” (Mc 10,11 e 12).
Paz plena. Rosário.
0
Denunciar

Rosário Américo de Resende 11:48 AM May 18, 2019
Nestor Martins Amaral Júnior. Paz plena.
Você escreveu em 21:22 - 17/05/2019:
“Rosário, o que se nota é que os casamentos dos nossos avós eram duráveis porque as mulheres eram submissas. Eles tinham suas esposas como espécie de guardião da família e mãe da prole quase sempre numerosa, mas eles davam suas voltinhas por fora, sem nenhum problema. Na medida em que as mulheres foram conquistando seus espaços deixaram de conviver com isso. Assim, o divórcio foi prosperando, o número de filhos diminuindo, como vemos nos dias atuais. O que era melhor, antes ou a agora?”

Nestor, essas tais “voltinhas por fora” eram sim atos adúlteros, que prejudicaram e prejudicam sim o processo evolutivo de quem o pratica. Os atos adúlteros são sim muito mais sérios do que todos pensam tanto no presente, pois permitem a fuga de muitos Espíritos endividados para com as leis espirituais e no futuro na vida espiritual, pois todos aqueles que cometeram suas culpas terão sim que pagar tudo até ao último ceitil ou centavo (Mt 5,26 e 18,34).
As esposas não são escravas sexuais dos homens para serem apenas mães de seus filhos, elas têm todo o direito de exigir a fidelidade de seus esposos.
Nestor, o divórcio, que foi condenado por Jesus e já é instituído por quase todos os países, que se dizem do primeiro mundo, é sim a legalização do adultério, pois tornou-se legal.
O divórcio só demonstra a falta do AMOR entre os cônjuges, pois quem realmente AMA não separa.
Leia e analise bem esses trechos dos Evangelhos:
“Todo aquele que repudiar sua mulher e desposar outra comete adultério, e quem desposar uma repudiada por seu marido comete adultério” (Lc 16,18).
“Foi dito: Aquele que repudiar a sua mulher, dê-lhe uma carta de divórcio. Eu, porém, vos digo: todo aquele que repudia sua mulher, a não ser por motivo de “fornicação”, faz com que ela adultere; e aquele que se casa com a repudiada comete adultério” (Mt 5,31 e 32).
“E ele disse: “Todo aquele que repudiar a sua mulher Mt 19e desposar outra, comete adultério contra a primeira; e se essa repudiar o seu marido e desposar outro, comete adultério”” (Mc 10,11 e 12).
“De modo que já não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, o homem não deve separar” (Mt 19,6).
Jesus explica a posição tomada por Moisés, mostrando claramente o porquê dela e o negativismo que envolvia tal atitude:
“Ele disse: “Moisés, por causa da dureza dos vossos corações, vos permitiu repudiar vossas mulheres, mas desde o princípio não era assim. E eu vos digo que todo aquele que repudiar a sua mulher, exceto por motivo de fornicação, e desposar uma outra, comete adultério”” (Mt 19,8 e 9).
Veja o espanto dos discípulos, após ouvirem os ensinamentos de Jesus com relação ao divórcio e ao adultério: “Os discípulos disseram-lhe: “Se é assim a condição do homem em relação à mulher, não vale a pena casar-se” (Mt 19,10).
Em muitos outros trechos bíblicos pode-se ver ainda a condenação do adultério e do divórcio, como: Levítico 20,10; Malaquias 2,14 e 15; Mateus 15,19 e 19,18; Marcos 7,21 e 10,19; Lucas 18,11; João 8,5; Atos dos Apóstolos 15,20; 1Coríntios 6,9 e 7,10 e 11; Romanos 13,9 e Hebreus 13,4.
Paz plena. Rosário.
0
Denunciar

João Frazão 11:37 AM May 18, 2019
Caro kurov.
Teu comentário de 19:59 - 17/05/2019.
Você repete o mesmo blá-blá-blá, e sou eu que sou repetitivo?! Deixa díusso, para com Íusso, como dizia o personagem do saúdo Chico Anysio...
Agora, meu caro, como você está sendo repetitivo, citando marcos 10:45, vou repetir o que disse sobre esse verso em meu comentário de 10:39 - 17/05/2019:
“Caro kurov.
Teu comentario de 8:27 PM May 16, 2019, em que, para justificar que Jesus nos veio redimir dos nossos pecados, você diz cita Marcos 10:45:

"Assim também o Filho do Homem não veio para ser servido mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos. ”
Só que já te informei que o "dar a vida", a que Jesus aí se refere, não tem o sentido de que todos os segmentos religiosos ditos "cristãos" pretendem dar a entender que tenha sido Sua missão, ou seja, morrer por nós, pois, se ele quisesse dar o sentido que esses segmentos defendem, Ele teria dito que veio morrer (oferecer a sua morte), e não dar (oferecer) sua vida, já que Sua verdadeira missão ele mesmo informou em Lc 4:43 que Sua missão foi a de pregar o evangelho do reino de Deus; ou não é isso o que lá está escrito?
Mais; ainda que se queira dar a conotação de que a Sua morte, por analogia, foi igual à do sacrifício do cordeiro dos judeus, mesmo assim, há uma incongruência nessa pretensão, pois, no caso, ainda que se queira atribuir a mesma finalidade a ambos os sacrifícios, o sacrifício de Jesus, em lugar de nos beneficiar, teria beneficiado os que tomaram as providências para que a Sua morte ocorresse, sob pena de ser desvirtuada a finalidade do sacrifício, que é a de beneficiar a quem oferece a vítima em sacrifício; ou não era essa a sua finalidade?...”
Caso isso não baste para você entender, repito o que disse em meu comentário a ti dirigido em “Lá vem você com o mesmo blá-blá-blá, cometendo um versiculite “como você costuma dizer em relação a quem cita um ou dois versos”. ao afirmar que, em João 10:11, Jesus veio dar a Sua por nós; só que você, mais uma vez, repito, esquece que o verso 10:11 começa a descrição de uma situação que vai até o verso 11:18, onde Jesus afirma:
“Ninguém a tira de mim, mas eu a dou de mim mesmo e tenho o poder de a dar, como tenho o poder de a reassumir. Tal é a ordem que recebi de meu Pai”.

Como se vê, meu caro “Cristão, Evangelista e Teólogo”, Dr. Michalski, a tua versiculite foi combatida pelo método homeopático, isto é, usando o princípio “Similia similibus curantur”. Logo, não há que se falar em morte vicária, usando o oferecimento por parte de Jesus, porque Ele mesmo declara que recebeu mandamento (ordem) para vir à Terra para pregar o evangelho do reino de Deus...”
Será que dessa vez você ainda vai ter a cara de pau e insistir que Jesus afirma que se ofereceu para morrer para perdão dos nossos pecados?!
Abraços. Frazão
0
Denunciar

Rosário Américo de Resende 11:23 AM May 18, 2019
Amigos. Paz plena.
Estou lendo e estudando o livro “A Chegada da ERA INTERESPIRITUAL – A Revolução Definitiva que Está Preparando o Despertar Espiritual da Humanidade”, dos autores Kurt Johnson e David Robert Ord. Veja o que escrevi na pág. 166: “O AMOR e a SABEDORIA unem os seres humanos, mas o Orgulho, a Vaidade, o Ódio e as Doutrinas Religiosas dividem os seres humano” (18/05/2019).
Escrevi isso após ler o título do capítulo 10:
“O advento da civilização mundial”, que inicia com a seguinte citação de Ari Ariyaratne:
“Nós que nascemos budistas, hinduístas, cristãos, muçulmanos ou de qualquer outra crença podemos nos sentir muito confortáveis nos templos uns dos outros.”

Quem julga que sua Religião é a única verdadeira e a melhor de todas, nunca vai aceitar uma citação como essa.
Na minha forma de compreensão digo que todos aqueles que buscam a um entendimento da Verdade tem sim que ler e estudar esse livro.
Deixo bem claro que esse livro não foi escrito por quem tem conhecimento da Doutrina Espírita e por isso o julgo mais importante ainda, pois por meio da Doutrina Espírita se aprende que a humanidade está encerrando a Era de Provas e Expiações e iniciando a Era da Regeneração, que os autores do livro chamam de Era Interespiritual e que eu já passei a chama-la de Era da Verdade, como está profetizado em João 16,13:
“Quando vier o Espírito da Verdade, ele vos conduzirá à verdade plena, pois não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas futuras.” (Jo 16,13).
Paz plena. Rosário.
1
Denunciar

João Frazão 10:56 AM May 18, 2019
Caro Espíritos Zombeteiros. Teus comentários de 11:06 - 14/05/2019, 11:10 - 14/05/2019 e 11:15 - 14/05/2019, em que você tece algumas considerações a respeito do Espiritismo, a bíblia e termina fazendo referência à existência de “VERSÕES FIÉIS e versões infiéis da bíblia”.
Como, ao que tudo indica, você parece ser um daqueles partidários do “sola escritura” (para não dizer bibliólatra), gostaria de saber qual dessas versões (uma, pelo menos) é a fiel, pois as que eu tenho, ao que parece, são infiéis sob o teu ponto de vista, em relação aos originais do “Textus Receptus grego”, pois encontrei um exemplo de infidelidade a ele, conforme se verifica da comparação do que está escrito em Jo 3:8, onde consta “pneuma” no original, enquanto nas versões em Português, que eu tenho, sem exceção, consta “vento”, quando deveria ser espírito, uma vez que a palavra grega, para poder ter sido traduzida por vento em Português e em outros idiomas modernos, teria que ser “anemos” no original Grego, conforme consta em várias passagens da palavra de Deus.
Apenas como exemplo, destaco que consta “anemos” 9 vezes em Mateus, 6 vezes em Marcos, para ficar só nesses dois livros, traduzidas como “vento”; entretanto, para não deixar dúvidas sobre o que eu digo, no capítulo 6 do Livro de Marcos, em seu verso 7, consta a expressão “akathartos pneuma”, que foi traduzida por espíritos impuros e no verso 48 “anemos” referindo-se a vento. Quer mais claro do que isso, para demonstrar que “anemos” sempre foi traduzido por vento, enquanto “pneuma” teria que ser traduzido por espírito.
Assim, gostaria de saber qual a versão que você considera fiel, pois, até agora, ainda não encontrei nenhuma, já que todas que eu tenho lido incorreram no mesmo erro de traduzirem, no mesmo verso, a mesma palavra grega “pneuma” por “vento”, no início do verso 8, e por “espírito” (seu sentido próprio) no fim.
E para piorar a situação de se encontrar uma versão fiel é que, a exemplo do Grego, o Latim tem uma palavra específica correspondente ao termo grego “anemos”, que é a palavra ventus, que não foi usada na passagem de Jo 3:8, para que justificasse a tradução para os demais idiomas modernos como vento; não é interessante?...
Abraços. Frazão
1
Denunciar

Nestor Martins Amaral Júnior 9:22 PM May 17, 2019
Rosário, o que se nota é que os casamentos dos nossos avós eram duráveis porque as mulheres eram submissas. Eles tinham suas esposas como espécie de guardião da família e mãe da prole quase sempre numerosa, mas eles davam suas voltinhas por fora, sem nenhum problema. Na medida em que as mulheres foram conquistando seus espaços deixaram de conviver com isso. Assim, o divórcio foi prosperando, o número de filhos diminuindo, como vemos nos dias atuais. O que era melhor, antes ou a agora?
0
Denunciar

Nestor Martins Amaral Júnior 9:03 PM May 17, 2019
Rosário, sua explicação faz sentido. Não acho que Deus sendo infinitamente bom colocaria Abrasão a uma prova tão cruel e sendo onisciente sabia que Abraão lhe era fiel.
0
Denunciar

Rosário Américo de Resende 8:58 PM May 17, 2019
Nestor Martins Amaral Júnior. Paz plena.
Veja o que está escrito na Bíblia sobre o adultério e o divórcio:
Na Bíblia também se condena o adultério e o divórcio, duas chagas que sempre andaram de mãos dadas, que prejudicaram e prejudicam em muito a Sagrada, pois até o grande legislador e profeta Moisés permitiu o divórcio como está escrito:
“Quando um homem tiver tomado uma mulher e consumado o matrimônio, mas esta logo depois não encontra mais graça a seus olhos, porque viu nela algo de inconveniente, ele lhe escreverá então uma ata de divórcio e a entregará, deixando-a sair de sua casa em liberdade” (Dt 24,1).
Em Mateus 5,27 e 28 temos a condenação do adultério até pelo pensamento. Em Êxodo 20,14 e Deuteronômio 5,18, temos o mandamento: “Não cometerás adultério”. Também está evolução de cada indivíduo e da sociedade, mas o ser humano sempre procura e encontra justificativas, e, as melhores possíveis, para todos os seus atos, até para aqueles mais negativos e vis.
Isso também pode ser visto na própria Bíblia escrito: “Não cobiçarás a mulher do teu próximo” (Ex 20,17 e Dt 5,21).
Em Mateus 14,3 a 12, Marcos 6,17 a 29 e Lucas 3,19 a 20, vemos a prisão e também a condenação à morte pela decapitação do profeta João Batista porque ele condenou publicamente a atitude de Herodes por ter tomado por sua mulher Herodíades, que era a mulher do seu irmão Felipe.
Em Mateus 5,32 e 19,1 a 9; Marcos 10,1 a 12 e Lucas 16,18 vemos a condenação do divórcio, que quase sempre leva ao adultério, biblicamente falando. Veja os trechos seguintes:
“Todo aquele que repudiar sua mulher e desposar outra comete adultério, e quem desposar uma repudiada por seu marido comete adultério” (Lc 16,18).
“Foi dito: Aquele que repudiar a sua mulher, dê-lhe uma carta de divórcio. Eu, porém, vos digo: todo aquele que repudia sua mulher, a não ser por motivo de “fornicação”, faz com que ela adultere; e aquele que se casa com a repudiada comete adultério” (Mt 5,31 e 32).
“E ele disse: “Todo aquele que repudiar a sua mulher e desposar outra, comete adultério contra a primeira; e se essa repudiar o seu marido e desposar outro, comete adultério”” (Mc 10,11 e 12).
“De modo que já não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, o homem não deve separar” (Mt 19,6).
Jesus explica a posição tomada por Moisés, mostrando claramente o porquê dela e o negativismo que envolvia tal atitude:
“Ele disse: “Moisés, por causa da dureza dos vossos corações, vos permitiu repudiar vossas mulheres, mas desde o princípio não era assim. E eu vos digo que todo aquele que repudiar a sua mulher, exceto por motivo de fornicação, e desposar uma outra, comete adultério”” (Mt 19,8 e 9).
Veja o espanto dos discípulos, após ouvirem os ensinamentos de Jesus com relação ao divórcio e ao adultério: “Os discípulos disseram-lhe: “Se é assim a condição do homem em relação à mulher, não vale a pena casar-se” (Mt 19,10).
Em muitos outros trechos bíblicos pode-se ver ainda a condenação do adultério e do divórcio, como: Levítico 20,10; Malaquias 2,14 e 15; Mateus 15,19 e 19,18; Marcos 7,21 e 10,19; Lucas 18,11; João 8,5; Atos dos Apóstolos 15,20; 1Coríntios 6,9 e 7,10 e 11; Romanos 13,9 e Hebreus 13,4.
Veja que os ensinamentos foram passados e sempre estão sendo revisados. Cada um é o primeiro e principal responsável pela sua própria evolução. Conhece-se a árvore pelos seus frutos e a boca fala daquilo que está cheio o coração. Deus possui amor, compreensão e sabedoria em plenitude, e quer que todos nós conquistamos também tudo aquilo que Ele tem, sendo então o que Ele realmente é.
Para nos aproximarmos da Divindade ou termos condições de recebermos a vibração da presença da Divindade ou de Deus Pai-Mãe é necessário termos puros o coração. O Pai nos ama intensamente, sempre por isso Ele nos dá toda a liberdade de ação e nos compreende sempre com muito amor.
Ele, Deus, sempre enviou e envia os seus mensageiros para ensinar a humanidade, essa por sua vez escolhe o caminho que mais lhe agrada e ainda defende, com unhas e dentes, que os outros ensinamentos são antiquados e atrasados, justificando primeiro para si mesmo e depois para os outros, que é necessário reformar as leis e os costumes.
Veja que hoje, em quase todos os países já existem as leis civis do divórcio e muitos julgam realmente que é melhor divorciar do que continuar no “inferno familiar”, criado por eles mesmos ou por causa de suas próprias irresponsabilidades e ainda dizem que foram atitudes racionais e tomadas com toda a liberdade, por isso julgam que estão se evoluindo já que resolveram o problema. O que fizeram foi sim jogar os próprios erros para baixo do tapete.
Paz plena. Rosário.
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 8:43 PM May 17, 2019
(Jo 9:1-3)
Ao passar, ele viu um homem, cego de nascença.
Seus discípulos lhe perguntaram: "Rabi, quem pecou, ele ou seus pais, para que nascesse cego?"

Jesus respondeu: "Nem ele nem seus pais pecaram, mas é para que nele sejam manifestadas as obras de Deus.

Carlos Michalski como interpreta esta passagem? O que significa um cego de nascença ter pecado?.. Obrigado
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 8:37 PM May 17, 2019
..«Carlos Michalski..... A Morte Redentora de Jesus Cristo em Sacrifício Voluntário e Perfeito»..
Fiz uma pesquisa no Google desta frase tão conhecida do Sr Carlos e apareceu esta resposta.
"...Não foram encontrados resultados para "A Morte Redentora de Jesus Cristo em Sacrifício Voluntário e Perfeito"..."
Ou seja isto não existe.. Onde o Sr Carlos teria inventado esta frase?
Assim fica difícil.. Inventa-se frases sem sentido para atacar os seus oponentes.
0
Denunciar

Carlos Michalski 7:59 PM May 17, 2019
Frazão,de nada valem as tuas evasivas....A Morte Redentorua de Jesus Cristo em Sacrifício Voluntario e Perfeito anula a doutrina pseucristã do Heresiarca de Lyon...(Hebreus 9:27,28) (Marcos 10:45). Você deveria envergonhar-se de ser repetitivo,incidindo na mesma débil e mentirosa interpretação de textos bíblicos...A gambiarra da reencarnação mostra o absurdo de uma doutrina Rebelde e Herege . . .Carlos Michalski . . .17-5-2019 . . . .19:48h . . .
10
Denunciar

Educação-Saúde-Justiça 7:20 PM May 17, 2019
BOLSONARO DIVULGA TEXTO GRAVE EM QUE INSINUA RENÚNCIA OU GOLPE
Jair Bolsonaro distribuiu na manhã desta sexta-feira em grupos de WhatsApp um texto que em tudo lembra a retórica de Jânio Quadros e insinua as hipóteses de um golpe de Estado para implantar um Estado policial ou a renúncia; o texto, que ele diz ser de "autor desconhecido", usa a expressão "corporações" sem nomeá-las, quase num sinônimo das "forças ocultas" a que se referia Jânio Quadros; ao introduzir o texto para os grupos, ele diz que "o Sistema vai me matar"; políticos consideraram a iniciativa de Bolsonaro grave e preocupante
0
Denunciar

Educação-Saúde-Justiça 7:17 PM May 17, 2019
Bolsonaro divulga texto anônimo que sugere renúncia
O texto fala que o presidente está “sofrendo pressões de todas as corporações, em todos os poderes”, que o País “está disfuncional” e que “até agora (o presidente) não fez nada de fato, não aprovou nada, só tentou e fracassou” Queirós vai desmascarar esta família.

fonte:
://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2019/05/17/bolsonaro-divulga-texto-que-fala-em-brasil-ingovernavel-fora-de-conchavos.htm
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 6:37 PM May 17, 2019
(Jo 9:1-3)
Ao passar, ele viu um homem, cego de nascença.
Seus discípulos lhe perguntaram: "Rabi, quem pecou, ele ou seus pais, para que nascesse cego?"
Jesus respondeu: "Nem ele nem seus pais pecaram, mas é para que nele sejam manifestadas as obras de Deus.


Aqui temos uma prova de reencarnação.
Como alguém que nasça cego pode ser pecador?
Não têm como fugir.
Pena que o Carlos M. nunca se dignou a interpretar esta passagem. Porque será?!!!!
1
Denunciar

Rosário Américo de Resende 6:10 PM May 17, 2019
Nestor Martins Amaral Júnior. Paz plena.
Eis o início de uma carta, que escrevi para um judeu, explicando como passei a compreender o Sacrifício de Abraão (Gn 22,1 a 19) e o meu objetivo em ter escrito várias cartas foi sim o de registrar tudo o que passei a compreender após janeiro de 1980:
Belo Horizonte, 01 de Agosto de 1993.
Caro amigo e companheiro, Jacques. Que Deus nos ilumine para juntos colaborarmos com a descoberta e divulgação da VERADE verdadeira.
Que Deus, que é a fonte suprema de sabedoria e vida, nos dê força e coragem para pensarmos no já pensado e decifrarmos as incompletas e inexplicáveis interpretações bíblicas dos sábios do passado.
Jacques, muitos grandes e intocáveis “estudiosos do passado” criaram para nós um “terrível labirinto bíblico”, do qual dificilmente encontramos a saída com a cabeça erguida e com um amor verdadeiro para chegarmos no “Deus-Amor”. O meu intuito é descobrir e revelar a verdadeira Verdade com o auxílio, colaboração e união de todos. Não quero fazer polêmicas ou cismas, mas quero evitar discórdias e acabar com os cismas do passado e do presente. O cristianismo ou o catolicismo foi um grande cisma do judaísmo, que só veio trazer muitos dissabores para os dois lados. Para descobrirmos a VERDADE temos que procurá-la com muito afinco, interesse e amor; para essa conquista temos que manter profundos, francos e sinceros diálogos para reconhecer, entender os nossos próprios erros e ver, sentir e descobrir a Verdade dos outros. Quem julga que é o dono da Verdade, que só ele e o grupo dele sabe tudo e que os outros são ignorantes, hereges ou carismáticos..., não está apto para receber e colaborar com o “Messias” e nem para “ser o Messias”. Essa atitude é vaidosa, orgulhosa, ciumenta e contrária ao amor verdadeiro.
Com relação ao assunto da 1ª pergunta da 1ª carta julgo realmente que trata-se do “sacrifício de Abraão”, pois o Isaac era apenas a vítima a ser imolada ou a oferenda do sacrifício, como se pode ver: “Depois desses acontecimentos, sucedeu que Deus pôs Abraão à prova e lhe disse: “Abraão! Abraão!”. Ele respondeu: “Eis-me aqui!”. Deus disse: “Toma teu filho, teu único, que amas, Isaac, e vai à terra de Moriá, e lá o oferecerás em holocausto sobre uma montanha que eu te indicarei”. Abraão estendeu a mão e apanhou o cutelo para imolar seu filho. O anjo disse: “Não estendas a mão contra o menino! Não lhe faças nenhum mal! Agora sei que temes a Deus: tu não me recusaste teu filho, teu único” (Gn 22,1, 2, 10 e 12).
Nesses versículos fala-se muito claramente em “holocausto e em imolar o filho”, então fica muito claro mesmo que o objetivo era “matar ou sacrificar a Isaac com a morte” ou a tradução de “A Bíblia de Jerusalém” não é correta? Você diz que o versículo não fala em “matar a Isaac”, mas fala em holocausto e imolar, que é um sacrifício feito com a morte da oferenda ou vítima.
No versículo 22,10 fala-se em menino e você afirma que Isaac tinha 37 anos no momento desse sacrifício. Qual é a fonte dessa informação? Outra ideia com a qual não concordo é com relação ao “temor a Deus ou de Deus”, pois na relação entre Aquele que realmente ama, que é a fonte suprema do amor para com o ser amado não pode existir “temor”, mas só amor e só assim haverá uma pura e real convivência.
No meu atual modo de pensar vejo nesse acontecimento: “O Sacrifício de Abraão (ou Isaac)” (Gn 22,1 a 14) uma luta ou disputa entre anjos de guarda e quando existe luta vence o mais forte e mais sábio. Temos aqui uma “fenomenal disputa entre anjos de guarda”, pois cada um é o responsável pelo sucesso ou pela vitória de seu protegido e nessa luta cada um utiliza-se de seus conhecimentos ou de suas armas. O anjo de guarda de Ismael, que foi expulso com a mãe Agar por Abraão por causa do ciúme de Sara (Gn 21,8 a 21), tomou a decisão de eliminar a Isaac pelas próprias mãos de Abraão e, se conseguisse êxito no seu intento, Abraão chamaria Ismael de volta. Para executar o seu plano não hesitou em aproximar de Abraão como se fosse o próprio Deus (fato que muitos ainda acreditam piamente) e fez o pedido do sacrifício, cuja a oferta ou vítima seria o próprio Isaac (Gn 22,1 e 2). Abraão com sua atitude, até infantil, e em sua cega obediência foi enganado e ludibriado. Mas como o Deus verdadeiro deu e dá plena liberdade a todos, por sua vez o anjo de guarda de Isaac também agiu e efetuou a defesa de Isaac, protegendo-o, como também arranjou um cordeiro para ser imolado em lugar do filho de Abraão. Abraão foi ingênuo em obedecer cegamente ao primeiro pedido e os “teólogos e exegetas bíblicos tentam nos explicar tudo defendendo a atitude de Abraão como um ato de obediência e temor a Deus”. (Hoje isso é crime, magia negra e caso de polícia). “Deus-Pai-Mãe-Amor-Criador” nunca exige de nós obediência cega e nunca nos causa temor, já que Ele próprio nos deu plena liberdade e tem Amor e Vida em plenitude.
Paz plena. Rosário.
0
Denunciar

Rosário Américo de Resende 6:05 PM May 17, 2019
Nestor Martins Amaral Júnior. Paz plena.
Você escreveu em 21:45 - 16/05/2019: “Carlos, você tocou num ponto interessante: adultério. Como explicar o relacionamento de Abraão com a escrava e que gerou Ismael? Isso estaria em um dos mandamentos de Deus ou num dos preceitos mosaicos? Seria uma lei divina ou lei de homens? Não poderia ser uma regra ou lei tipo Constituição de um país? Confesso que tenho dúvidas quanto a isso. Qual é a sua opinião?”

Nestor, esse relato bíblico sobre o Abraão, Sara, Agar, Ismael e Isaac sempre mexeu muito comigo.
Despois que aceitei a verdade da reencarnação no dia 05/01/1980 e comecei a receber revelações da Espiritualidade no dia 07/01/1980, entendi que tinha sim aprendido muitos princípios errados sobre a Doutrina Católica e também sobre a Bíblia.
Veja a explicação que recebi sobre o caso do Abraão, quando o Isaac nasceu o Abraão já tinha 100 anos (Gn 17,17 e 21,5) e Sara já tinha 90 anos (Gn 17,17).
O sofrimento de Sara por não dar um filho ao Abraão chegou ao ponto de entregar a escrava para que Abraão pudesse ter um herdeiro.

Veja a minha forma de explicar esse caso hoje:
Os problemas para o Espírito protetor do grupo iniciaram após a saída de Abraão de sua terra natal, pois iniciou uma terrível disputa entre os dois Espíritos, que seriam os primeiros filhos de Abraão. Ambos não queriam abrir mão do poder e de ter o poder. Eles não confiavam um no outro e nem chegaram a um acordo sobre qual seria o filho primogênito do casal Abraão e Sara, pois o primogênito tinha mais direito por causa da própria primogenitura. Então Ismael escolheu ser o primogênito de Abraão e Isaac escolheu ser o filho primogénito de Sara. O Ismael era protegido por um Espírito pelo lado político e Isaac, por sua vez, era protegido por outro Espírito pela lado técnico, este foi o principal responsável pela criação do atual corpo humano na Terra: uma perfeita máquina viva. Cada um utiliza-se de seus próprios conhecimentos ou confia plenamente no seu superior.
Por causa desta disputa entre os Espíritos, que reencarnaram como Ismael e Isaac, Sara ficou estéril até que Ismael nascesse como o primogênito de Abraão, mas teve como mãe a escrava Agar, que foi a primeira mãe de aluguel conhecida entre os seres humanos. No acasalamento entre Abraão e Agar não houve amor, mas apenas um ato de procriação para perpetuar a descendência de Abraão (Gn 16). Ismael foi gerado sem o amor paterno e com a subserviência de Agar, sendo posteriormente alvo do ciúme de Sara.
Só após o nascimento de Ismael é que tornou-se possível o nascimento de Isaac, como o filho mais velho de Sara, mas já sendo o segundo filho de Abraão.
Houve ainda uma tentativa protetor de Ismael para destruir o filho de Abraão com Sara. O protetor de Ismael para eliminar o Isaac assumiu o lugar de Deus enganado ao Abraão e exigiu o Isaac em sacrifício de morte para provar a obediência de Abraão a Deus. Caso o Isaac fosse eliminado pelo Abraão, este iria sim repatriar o Ismael, pois o Abraão iria ter apenas um filho vivo e Sara não poderia mais exigir novamente a expulsão de Agar com o filho dela da presença do Abraão.
Como Abraão caiu na armadilha, preparada para beneficiar ao Ismael, fez com que o protetor de Isaac também agisse, mas só protegeu ao seu protegido Isaac, já que não permitiu que Abraão sacrificasse o próprio filho Isaac e ainda entregou-lhe um cordeiro para ser o objeto do sacrifício, em substituição ao filho Isaac.
Aqui está a razão lógica para explicar a grande inimizade entre os descendentes de Ismael e os descendentes de Isaac. Pois houve uma grande disputa entre os dois grupos para conquistar o poder na própria Terra. Por isso pode-se dizer que houve uma disputa ou mesmo uma guerra entre os “deuses”, que perdura até hoje. Nesta guerra estão incluídos todos aqueles que ainda não apreenderam a conviver bem e a nem perdoar plenamente, transformando o amor como o objetivo maior da vida no Planeta Terra.
Sem aceitar e compreender a reencarnação é sim impossível entender o que acabei de expor.
Paz plena. Rosário.
0
Denunciar

Júlio Maria da Silva 5:42 PM May 17, 2019
BH. 17/05/2019 Senhores, “ONDE É A SUA DOR”? Com a atenção do amigo, Dr.Carlos Michalski, se possível, poderia nos dar a sua opinião naquilo que a medicina concorda. // Antecipadamente agradeço. // Júlio Maria.

– Olha que lindo esse texto colocado na porta do Consultório de um Médico Homeopata. Achei válido compartilhar:
– A *enfermidade* é um conflito entre a personalidade e a alma.
– O *resfriado* escorre quando o corpo não chora.
– A *dor de garganta* entope quando não é possível comunicar as aflições.
– O *estômago* arde quando as raivas não conseguem sair.
– O *diabetes* invade quando a solidão dói.
– O *corpo engorda* quando a insatisfação aperta.
– A *dor de cabeça* deprime quando as dúvidas aumentam.
– O *coração* desiste quando o sentido da vida parece terminar.
– A *alergia* aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.
– As *unhas* quebram quando as defesas ficam ameaçadas.
– O *peito aperta* quando o orgulho escraviza.
– A *pressão* sobe quando o medo aprisiona.
– As *neuroses* paralisam quando a "criança interna" tiraniza.
– A *febre* esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.
– Os *joelhos* doem quando o orgulho não se dobra.
– O *câncer* mata quando não se perdoa e/ou cansa de viver.

– E as *dores caladas*? Como falam em nosso corpo! *
– A enfermidade não é má, ela avisa quando erramos a direção*.
– O *caminho* para a felicidade não é reto, existem curvas chamadas *Equívocos*.
– Existem semáforos chamados *Amigos*.
– Luzes de precaução chamadas *Família*.
– Ajudará muito ter no caminho uma peça de reposição chamada *Decisão*.
– Um potente motor chamando *Amor*.
– Um bom seguro chamado *FÉ*.
– Abundante combustível chamado *Paciência*.
– Mas há um maravilhoso Condutor e solucionador chamado *DEUS*!!!!
– Júlio Maria.
0
Denunciar

João Frazão 3:45 PM May 17, 2019
Caro kurov.
Teu comentário indicado como de 17-5-019 . . .12:56h.
Lá vem você com o mesmo blá-blá-blá de que Jesus, cometendo um versiculite “como você costuma dizer em relação a quem cita um ou dois versos”. ao afirmar que em João 10:11 Jesus veio dar a Sua por nós; só que você, mais uma vez, repito, esquece que o verso 10:11 começa a descrição de uma situação que vai até o verso 11:18, onde Jesus afirma:
“Ninguém a tira de mim, mas eu a dou de mim mesmo e tenho o poder de a dar, como tenho o poder de a reassumir. Tal é a ordem que recebi de meu Pai”.

Como se vê, meu caro “Cristão, Evangelista e Teólogo”, Dr. Michalski, a tua versiculite foi combatida pelo método homeopático, isto é, usando o princípio “Similia similibus curantur”. Logo, não há que se falar em morte vicária, usando o oferecimento por parte de Jesus, porque Ele mesmo declara que recebeu mandamento (ordem) para vir à Terra para pregar o evangelho do reino de Deus...
Abraços. Frazão
1
Denunciar

João Frazão 3:45 PM May 17, 2019
Caro kurov.
Teu comentário indicado como de 17-5-019 . . .12:24h.
Você cada vez está escorregando mais do que pitomba madura em boca de velho, pois você começou se referindo a Jesus ter vindo nos redimir dos nossos pecados, tendo eu demonstrado o contrário e agora você me vem com essa de morte vicária, completamente fora de foco, já que morte não salva ninguém; mesmo porque se a morte dele tivesse a finalidade de perdoar os nossos pecados, não existiria pecadores neste mundo.
Agora se for entendido que, para tentar nos salvar, Ele se sujeitou a vir morrer, até podemos aceitar, pois é lei deste mundo que é preciso morrer. (Eclo 14:12)
Além disso, não esqueça que em Gn 6:3, Deus fixou em 120 anos o prazo de validade do corpo humano, que terá qiue voltar à Terra de onde veio e o espírito a Deus que o deu.
Logo, meu caro, vai encher linguiça em outra bancada, pois aqui não dá mais...
Abraços. Frazão
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 3:43 PM May 17, 2019
«.... já que morte não salva ninguém; mesmo porque se a morte dele tivesse a finalidade de perdoar os nossos pecados, não existiria pecadores neste mundo....»

É isso mesmo Frazão.. Quem assim não enxerga só pode ser cego.

Dar a vida por exemplo a quem se está a afogar, é um risco que passo se não souber nadar.
Mesmo a saber nadar posso morrer. A ideia é não morrer
Jesus não morreu por ninguém, isso seria ter um Pai desajustado que obrigava tal sacrifício.
Todos os que deram a vida por Jesus, muitos foram perseguidos e mortos. Infelizmente os Espiritas a darem a vida por Jesus ainda sentem muita perseguição.
0
Denunciar

Nestor Martins Amaral Júnior 3:21 PM May 17, 2019
Carlos, se bem entendi, eu penso como você sobre o adultério. Parece algo relativo em que cada caso é um caso. Por exemplo, o de Davi foi grave por ter envolvido a morte de Urias. Já o caso de Abraão nada teve de grave. Seria mais ou menos assim? A católica vê o divorciado que se casa de novo como adúltero. Não concordo com isso. Há outros casos também, a meu ver, discutíveis. Como você vê isso?...
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 3:21 PM May 17, 2019
Carlos Michalski, vá ver o Filme sobre Allan Kardec. É uma boa opção e ficaria a saber como o Espiritismo é o futuro das religiões. Abraços
0
Denunciar

João Frazão 2:40 PM May 17, 2019
Caro kurov.
Teu comentário indicado como de 17-5-019 . . .12:24h.
Você cada vez está escorregando mais do que pitomba madura em boca de velho, pois você começou se referindo a Jesus ter vindo nos redimir dos nossos pecados, tendo eu demonstrado o contrário e agora você me vem com essa de morte vicária, completamente fora de foco, já que morte não salva ninguém; mesmo porque se a morte dele tivesse a finalidade de perdoar os nossos pecados, não existiria pecadores neste mundo.
Agora se for entendido que, para tentar nos salvar, Ele se sujeitou a vir morrer, até podemos aceitar, pois é lei deste mundo que é preciso morrer. (Eclo 14:12)
Além disso, não esqueça que em Gn 6:3, Deus fixou em 120 anos o prazo de validade do corpo humano, que terá qiue voltar à Terra de onde veio e o espírito a Deus que o deu.
Logo, meu caro, vai encher linguiça em outra bancada, pois aqui não dá mais...
Abraços. Frazão
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 3:21 PM May 17, 2019
pitomba , isto é o quê Sr Frazão?
0
Denunciar

Carlos Michalski 12:58 PM May 17, 2019
Certamente Jesus Cristo e o Apostolo João conhecem a Verdade,a mesma verdade que Frazão,Kardec e JRC negam.O Apostolo João afirma : . . .....”Conhecemos o Amor nisto: que Ele Deu a Sua Vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos.(1 João 3:16) . . . . . . . . .Jesus também afirma Soberanamente que: . . . .“Eu Sou o Bom Pastor; o bom Pastor dá a Sua Vida pelas ovelhas”......(João 10:11) . . . . .Assim,os sabichões kardecistas querem estar acima de Jesus e de João...!! Tal conduta Soberba só pode ser forjada e sustentada pelos “daimons” servos do Maligno . . . . .Carlos Michalski . . . .17-5-019 . . .12:56h . . . .
10
Denunciar

Carlos Michalski 12:36 PM May 17, 2019
Frazão,a tua versão pervertida não me interessa,pois alegar e difundir que a morte de Jesus não foi Vicária é o Cúmulo dos Absurdos,o Cúmulo da Caducidade da interpretação textual.Você se esquece que não falo do jesuis iluminista forjado pelo Heresiarca de lyon mas ao Jesus Cristo,O Redentor e Soberano que vocês negam e falsificam . . .Carlos Michalski . . .17-5-019 . . .12:24h . . .
8
Denunciar

João Frazão 10:39 AM May 17, 2019
Caro kurov.
Teu comentario de 8:27 PM May 16, 2019, em que, para justificar que Jesus nos veio redimir dos nossos pecados, você diz cita Marcos 10:45:

"Assim também o Filho do Homem não veio para ser servido mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos. ”
Só que já te informei que o "dar a vida", a que Jesus aí se refere, não tem o sentido de que  todos os segmentos religiosos ditos "cristãos" pretendem dar a entender que tenha sido Sua missão, ou seja, morrer por nós, pois, se ele quisesse dar o sentido que esses segmentos defendem, Ele teria dito que veio morrer (oferecer a sua morte), e não dar (oferecer) sua vida, já que Sua verdadeira missão ele mesmo informou em Lc 4:43 que Sua missão foi a de pregar o evangelho do reino de Deus; ou não é  isso o que lá está escrito?
Mais; ainda que se queira dar a conotação de que a Sua morte, por analogia, foi igual à do sacrifício do cordeiro dos judeus, mesmo assim, há uma incongruência nessa pretensão, pois, no caso, ainda que se queira atribuir a mesma finalidade a ambos os sacrifícios, o sacrifício de Jesus, em lugar de nos beneficiar, teria beneficiado os que tomaram as providências para que a Sua morte ocorresse, sob pena de ser desvirtuada a finalidade do sacrifício, que é a de beneficiar a quem oferece a vítima em sacrifício; ou não era essa a sua finalidade?...
Abraços. Frazão
1
Denunciar

Carlos Michalski 10:23 AM May 17, 2019
Espíritas perguntando ao carlos coisas para as quais temos resposta mas não queremos "encher linguiça"...O Carlos é que pergunta por que o "codificador" se achou no direito de Negar Os Atos Soberanos de Jesus..? Por que o Espírito da Verdade (João 15:25) foi e continua a ser descaracterizado pelos "mestres" do kardecismo..?...medo da Verdade ou Inconsequencia e Irresponsabilidade !? . . .Carlos Michalski . . .17-5-2019 . . .10:21h . . .
8
Denunciar

Carlos Michalski 10:17 AM May 17, 2019
Nestor,Deus ou Jesus não tem "regras' para o adultério,ou para a Necromancia ou para a Idolatria.Sarah foi afoita e entregou sua escrava Agar para dar geração a Abrahão e gerou problemas mais tarde.No tempo de Deus,Sarah e Abraão geraram Isaque,o Filho da Promessa.O "deus" pecador e contraditório é criação debochada da retórica espírita kardecista...!! ..continuem tentando,..vamos lá senhores "racionalistas"..!! . . .Carlos Michalski . . .17-5-019 . . .10:15h . . .
8
Denunciar

Nestor Martins Amaral Júnior 9:45 PM May 16, 2019
Carlos, você tocou num ponto interessante: adultério. Como explicar o relacionamento de Abraão com a escrava e que gerou Ismael? Isso estaria em um dos mandamentos de Deus ou num dos preceitos mosaicos? Seria uma lei divina ou lei de homens? Não poderia ser uma regra ou lei tipo Constituição de um país? Confesso que tenho dúvidas quanto a isso. Qual é a sua opinião?
1
Denunciar

A. Paulo Almeida 9:29 PM May 16, 2019
Veja Rosário uma tradução mais correta
(1Jo 3:16)
Nisto conhecemos o amor, porque Aquele que deu a vida por nós; e nós deveríamos dar as «nossas» vidas pelos irmãos.

Dar a vida é dar dedicação. Em todas as reencarnações esse é o nosso dever..
Servir do que ser servido. Paulo aqui estava a falar claro para o grupo dele..
Instruir deveres verdadeiramente Cristão.
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 9:19 PM May 16, 2019
Nunca vou entender porque os religiosos querem tanto limitar Deus. Querem usar a mesma linguagem humana para Deus. Assim, claro, o planeta demora na sua evolução..
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 9:13 PM May 16, 2019
(Mc 10:45)

pois também o Filho da Humanidade não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate por muitos”.

Carlos M, dar a vida não é morrer.. Se não Jesus diria que vinha morrer por muitos.
O Frazão tem razão. A sua interpretação é absurda.
A vida de Jesus foi um exemplo de muitos que ao praticarem o Seu ensino os fez converter, os "salvou".
Dar a vida é dedicar a sua vida em prol daqueles que reconheceram que valeu a pena a sua presença.
Um soldado quando vai para a guerra vai dar a vida pela pátria, não vai dar a morte.
Quando chega a casa diz ás pessoas fui dar a minha vida por muitas vidas.
A morte não existe Carlos M. muito menos para Jesus que veio afirmar que Deus é Deus dos vivos e que ninguém morre.. Um dia TODOS seremos como so anjos..

(Mt 22:29-32)
Jesus respondeu lhes: "Estais enganados, desconhecendo as Escrituras e o poder de Deus.
Com efeito, na ressurreição, nem eles se casam e nem elas se dão em casamento, mas são todos como os anjos no céu.
Quanto à ressurreição dos mortos, não lestes o que Deus vos declarou:
Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaac e o Deus de Jacó? Ora, ele não é Deus de mortos, mas sim de vivos".
0
Denunciar

Carlos Michalski 8:27 PM May 16, 2019
Nós Cristãos sabemos e afirmamos que Jesus é o Redentor,o Libertador,aquele que Redime ou aquele que Liberta . . .Tal afirmativa de Jesus está patente em Marcos 10:45 quando afirma...”Assim também o Filho do Homem não veio para ser servido mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos ” . . . .Aparece então um Frazão afirmando:.....”caro kurov,onde está escrito que Jesus afirma que veio Libertar ou veio Morrer para Redimir alguém”...!!..não te parece racional..?,..sim,..mas não é...! No original grego está escrito . .Lýtron . . .(lootron)...que significa “o que Redime” ou “o que liberta da escravidão” . . . .Assim funcionam a fraude e as evasivas espíritas,tentando desmentir as Verdades Biblicas que os constrange e derrota..!! O pior ainda é que querem que você exemplifique na versão que mais lhes convier...!! Assim, quem está preocupado ou impactado com a pretensa “lógica” ou “racionalidade” espírita não passa de desinformado ou desonesto com sua própria consciência. Resumindo: Fraude,Ardil,Evasivas e Retórica,..é assim que funciona. . . .Carlos Michalski . . . .16-5-2019 . . . .20:25h . . . .
11
Denunciar

A. Paulo Almeida 8:25 PM May 16, 2019
(Hb 13:4)
Que o casamento seja honrado por todos e que leito «conjugal seja» imaculado, pois Deus julgará os fornicadores e os adúlteros.

(imaculado = pureza da agua/pureza da luz)
Não obstante não se aplica aqui a abstinência de sexo, como algumas religiões querem fazer parecer.

Vamos ás falsidades que o Carlos M. quere fazer parecer em relação aos Espiritas. O desespero é tão grande que nota-se não ser feliz com a religião que representa.

«.. "Afirma o Carlos M.... Dizem os espíritas que “onde está escrito” isto ou aquilo para que não possamos praticar..? Onde está escrito...!?" ..»

Aqui temos o Sr Carlos M a generalizar e a descontextualizar estas "possiveis" afirmaçoes de algum Espirita. Se o Carlos M. é assim a deturpar as interpretaçoes da Biblia com o Espiritsmo não seria melhor.

Na Biblia não fala em telemoveis e o Espirita não seria ignorante a perguntar onde esta escrito a palavra telemovel. O mesmo se passa com a reencarnação, etc.

Para não me alongar muito, quem questiona mais a Biblia por falta de conhecimento espiritualista (onde o Espiritismo é a chave para muitas duvidas) são exatamente os evangelicos. Esse sim. estão a perguntar onde esta escrita a palavra "reencarnação".. Entre outras duvidas que não conseguem enxergar.
Como tal o Carlos M. utiliza a falácia ad hominem, para se esconder na sua ignorancia.

Até uma criança de 5 anos saberia interpretar o texto (Hb 13:4)
0
Denunciar

Carlos Michalski 7:57 PM May 16, 2019
O autor fala em fraude e vive na doutrina da fraude.Dizem os espíritas que “onde está escrito” isto ou aquilo para que não possamos praticar..? Onde está escrito...!? É muito cinismo mas vamos dar uma prova de como funciona a fraude espírita . . . . .Em Hebreus 13:4 está escrito....: “Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém, aos que se dão à prostituição, e aos adúlteros, Deus os julgará”. . . .Qualquer pessoa sabe interpretar o texto,mas um espírita logo questiona: . .”Onde está escrito que.. “não te deitarás com a tua secretária”...?? “Onde está escrito que... “não assistirás com teus filhos a filmes pornográficos”...!!..?? Assim ficam entusiasmados os espíritas com o que não está grafado (grapha),ignorando o sentido (logós) da proibição que está estabelecida claramente nas Escrituras.Com essa evasiva de....”onde está escrito” . . .pensam praticar uma doutrina sem constrangimento perante Jesus e perante os homens.Pode parecer bobagem para alguns,mas é assim que funciona. . . .Carlos michalski . . . .16-5-019 . . . .19:54h . . . . .
11
Denunciar

Rosário Américo de Resende 7:39 PM May 16, 2019
Amigos. Paz plena...
Como sempre faço, eis o resumo dos meus comentários, que foram escritos enquanto lia os três livros do papa Bento XVI sobre Jesus: “A Infância de Jesus” (1); “Jesus de Nazaré - Primeira Parte” (2) e “Jesus de Nazaré - Segunda parte” (3) no subtítulo:

NÓS:

Quando o apóstolo João escreveu: “Ele deu a vida por nós” (1Jo 3,16), isso está completamente correto, pois quando Jesus foi preso (Jo 18,8), ele disse: “Eu vos disse que sou eu. Se então, é a mim que procurais, deixai que estes se retirem”, o apóstolo João estava presente. O erro foi substituir o “nós” escrito por João por toda a humanidade! O Paulo foi o primeiro a defender essa tese, que é contrária ao que está escrito na Lei: “Os pais não serão mortos em lugar dos filhos, nem os filhos em lugar dos pais. Cada um será executado por seu próprio crime” (Dt 24,16). Paulo escreveu: “Mas Deus demonstra seu amor para conosco pelo fato de Cristo ter morrido por nós quando éramos ainda pecadores. Quanto mais, então, agora, justificados por seu sangue, seremos por ele salva da ira” (Rm 5,8 e 9); e também: “Se, com efeito, pela falta de um só a morte imperou através deste único homem, muitos mais os que recebem a abundância da graça e do dom da justiça reinarão na vida por meio de um só, Jesus Cristo” (Rm 5,17) e em muitas outras passagens Paulo defende que a morte de Jesus na cruz foi sim um sacrifício exigido por Deus para que toda a humanidade fosse resgatada ou redimida do poder do pecado. A tese que o apóstolo Paulo defendeu impera até hoje na mente de todos os membros da hierarquia da Igreja. Veja o que está escrito na encíclica Lumen Fidei, que teve como autores dois papas, o Bento XVI e o papa Francisco: “Jesus ofereceu a sua vida por todos, mesmo por aqueles que eram inimigos, para transformar o coração” (Item 16 da Encíclica: “Lumen Fidei”, de 29/06/2013, do Papa Francisco, que publicou o que já estava escrito pelo papa Bento XVI).

(“A sua paixão e a sua ressurreição fortalecerem ainda mais este aspecto: como Deus mostrou o seu amor misericordioso para com os pecadores? Por que Ele ‘morreu por nós quando ainda éramos pecadores (Rm 5,8)”. Pág. 184 (2)).
Nós: cuidado, Bento XVI, pois Paulo defendeu a salvação heterorredentora e complicou a compreensão da Verdade.

(“O sujeito do recordar é sempre em S. João o “nós”: ele se recorda em e com a comunidade dos discípulos, em e com a igreja”. Pág. 203 (2)).
“Nós”! Cuidado com o termo “nós”, que foi escrito por João. O João se referia ao grupo de discípulos, que acompanhava a Jesus e não a comunidade como um todo da época dele e do futuro e nem a Igreja. Essa confusão complicou sim o caminho para o encontro e a compreensão da Verdade (João 8,32 e 16,13). Veja 1João 3,16 e compare com João 18,8. O “nós” foi escrito por 6 vezes nessa página para justificar a interpretação errado do passado como representação de toda a humanidade.

(“Ele se baseia na recordação do discípulo, que, porém, é um recordar-se com o “nós” da Igreja”. Pág. 204 (2)).
Discordo, pois o “nós” do João não se referia ao “nós” da Igreja, mas aos discípulos que estavam com Jesus, quando ele foi preso (Jo 18,8).
Cuidado com o termo “nós”! Também está escrito: “falamos do que sabemos e testemunhamos o que vimos”. (João 3,11). O apóstolo João testemunhou o que viu e o apóstolo Paulo não.

(“Isso se torna ainda mais claro no versículo 53 (Jo 6,53), em que o Senhor acrescenta a palavra sobre o Seu sangue que ele dá para “beber”. Aqui, torna-se clara não apenas a referência à eucaristia, mas principalmente aparece o sacrifício de Jesus que lhe está subjacente, que derrama por nós o seu sangue e, por assim dizer, sai de si mesmo, se derrama como uma corrente, se dá para que o façamos nosso”. Pág. 233 (2)).
“Nós”: sangue não pode lavar sangue ou resgatar pecados. Cada um morrerá por seu próprio pecado ou crime (Dt 24,16).

(“Na sua morte “por muitos”, ele ultrapassa os limites de lugar e de tempo, realiza-se a universalidade da sua missão”. Pág. 281 (2)).
A interpretação errada do termo “nós” escrito por João em 1Jo 3,16. A missão de Jesus foi sim de nos ensinar a perdoar sempre e a amar a todos.

(“Está consumado”... (19,30). “Esse fim (telos), essa totalidade da doação, da metamorfose de todo o ser é precisamente o dar-se a si mesmo até a morte”. Pág. 60 (3)).
Jesus ensinou o caminho do perdão e do AMOR pleno para com os outros! Quando Jesus foi preso, ele protegeu aqueles que estavam com ele (Jo 18,8) e quando disse na cruz: “Está consumado...” (Jo 19,30) foi porque estava sim consumada aquela difícil missão de ensinar aos seres humanos a perdoar sempre e a viver e conviver bem com todos. Quando o João escreveu: “Ele deu a sua vida por nós” (1Jo 3,16), estava tudo certo, pois estava se referindo ao que está escrito em João 18,8. A dívida de AMOR só pode ser paga com AMOR e essa é sim a dívida daqueles, que estavam com Jesus no Horto das Oliveiras, quando ele foi preso. E para quitar essa divida todos os apóstolos de Jesus reencarnaram na primeira metade do século XX, mas falar sobre a reencarnação é ainda heresia para quase todos os cristãos.

(“Aqui está expresso precisamente aquilo que a frase “Dei-vos o exemplo” no lava-pés quer dizer: o modo de agir de Jesus torna-se nosso, porque é Ele mesmo que age em nós”. Pág. 67 (3)).
Ensino sofista! Quem age é realmente aquele que faz e executa e não o Espírito de Jesus em nós!

(“O Senhor repete quatro vezes esse pedido: duas vezes, indica-se como finalidade de tal unidade que o mundo acredite, ou melhor, que “reconheça” que Jesus foi mandado pelo Pai: “Pai santo, guarda-os em Teu nome que Me deste, para que sejam um como Nós” (17,11). “Que eles sejam todos um, como Tu, Pai, o és em Mim e Eu em Ti, para que também eles sejam um em Nós e o mundo acredite que Tu Me enviaste” (17,21). “Para que sejam um, como Nós somos um” (...), para que sejam perfeitos na unidade e para que o mundo reconheça que Me enviaste...” (17,22-23). Pág. 93 (3)).
Esse “um como Nós” é sim uma união perfeita, sintonia e harmonia perfeita: um conjunto perfeito com dois ou mais elementos.

(“Cristo morreu por nossos pecados, segunda as Escrituras”. Pág. 226 (3).
Este ensino foi um grande erro! Jesus morreu não por nossos pecados, mas por causa dos líderes religiosos, que temiam em perder o PODER para Jesus e muitos outros também morreram por causa do medo e da ignorância dos líderes religiosos! Jesus foi sim condenado a morte como blasfemo pelos membros do Sinédrio Judeu (Mt 26,57 a 68), que eram os líderes religiosos da época de Jesus.

(“A morte de Jesus não entra na sentença dada à saída do Paraíso, mas encontra-se nos cantos do Servo de Iavé. Portanto, é morte no contexto do serviço de expiação: uma morte que realiza a reconciliação e se torna luz para os povos”. Pág. 227 (3)).
A justiça perfeita não pode aceitar que um pague pelo outro ou por todos os outros, pois cada um é o responsável por todos os seus atos:
“Os pais não serão mortos em lugar dos filhos, nem os filhos em lugar dos pais. Cada um será executado por seu próprio crime (ou pecado)” (Dt 24,16). Ensino semelhante está em Jeremias 31,29 e 30 e Ezequiel 18.
Rosário. Paz plena.
0
Denunciar

Rosário Américo de Resende 6:46 PM May 16, 2019
Amigos. Paz plena.
Ganhei de presente o livro “A Chegada da ERA INTERESPIRITUAL – A Revolução Definitiva que Está Preparando o Despertar Espiritual da Humanidade”, dos autores Kurt Johnson e David Robert Ord.
Até ao ponto em que li, um terço do livro, entendi que os autores apresentam a história da humanidade desde os primórdios da existência da vida aqui na terra, como também estão provando que a humanidade está entrando em uma Nova Era, pois existe a necessidade de que cada um aceite a crença do outro e assim haverá uma união perfeita entre a percepção científica e a percepção religiosa.
Na minha forma de compreensão digo que todos aqueles que buscam a um entendimento da Verdade tem sim que ler e estudar esse livro.
Deixo bem claro que esse livro não foi escrito por quem tem um conhecimento da Doutrina Espírita e por isso o julgo mais importante ainda, pois por meio da Doutrina Espírita se aprende que a humanidade está encerrando a Era de Provas e Expiações e iniciando a Era da Regeneração, que os autores do livro chamam de Era Interespiritual.
Paz plena. Rosário.
0
Denunciar

Educação-Saúde-Justiça 12:36 PM May 16, 2019
A fórmula da água H2O, a fórmula dos burros idiotas B17
Cada des-like vem de um burro idiota da formula B17
4
Denunciar

Júlio Maria da Silva 8:03 AM May 16, 2019
BH. 16/05/2019 – Senhores, aprendi deste criança que não se deve dar atenção a pessoas que não conheço, e tão pouco conversar, no entanto, “espíritos Zombeteiros” se dirigiu a mim assim: – ACORDA, Julio Maria, Cristo morreu por você! // Por um acaso Jesus morreu por mim, não foi por muinha culpa. // Júlio Maria. //////////////////////////////////////
1
Denunciar

Júlio Maria da Silva 11:43 PM May 15, 2019
BH. 16/05/2019 - Senhores, como já sabeis, nenhum ser humano estará livre de uma passagem pelo Umbral, após a sua morte, representado pelo espírito em nós. Vejamos então, as dificuldades que nós humanos teremos que enfrentar num dia de nossa desencarnação, nossa morte física, sendo que, nós, Júlio, Rosário, Armando, Carlos, Irineu, e demais, somos representados pelo nosso atual espírito encarnado em cada um. “UM ESPÍRITA NO UMBRAL”.

– Um homem de 55 anos, espírita, sofreu um acidente e morreu de repente. // Ele se viu saindo do corpo e chegando a um lugar escuro, feio, tétrico, com energias muito negativas.
–Assim que começou a caminhar por aquele vale sombrio, viu três espíritos vestidos com capa preta caminhando em sua direção. Assim que chegaram, o homem perguntou:

– Que lugar é esse?
– Aqui é o que vocês espíritas chamam de umbral – disse um dos espíritos. // O homem ficou chocado com aquela informação. // Mal podia acreditar que estava no umbral. // Considerou que talvez estivesse ali para participar de alguma atividade socorrista aos espíritos sofredores. // O espírito negativo, que lia seus pensamentos, respondeu que não. // Ele estava ali porque o umbral era a zona cósmica que mais guardava sintonia com suas energias.
– Mas isso é impossível!!! – disse o espírita em desespero. – Não posso estar no Umbral. // Deve haver algum erro… // Em primeiro lugar eu sou espírita, faço parte dessa religião maravilhosa que é considerada o consolador prometido por Jesus. // Realizo também projetos sociais de doação de sopa aos pobres. // Ministro o passo magnético duas vezes por semana a uma multidão de pessoas lá no centro. // Também ajudo financeiramente instituições de caridade muito necessitadas, além de dar palestras no centro para os iniciantes no Espiritismo. // Definitivamente há algo errado…
– Não há nenhum erro – disse o espírito das sombras – Em seu atual estágio de evolução, você tem que ficar aqui mesmo. // É verdade que você é espírita e faz parte desta doutrina consoladora, mas intimamente você julgava pessoas de outras religiões inferiores por não serem espíritas. // Sim, você realizava projetos sociais dando sopa aos pobres, mas em seus pensamentos sentia-se o máximo praticando a caridade e julgava que os pobres não eram tão evoluídos por estarem amargando a pobreza, quando na verdade muitos deles eram mais puros que você. // Sim, você ministrava o passe, mas considerava que seu passe era mais “poderoso” e mais curador do que o passe de outros passistas. // Sim, você ajudava financeiramente instituições de caridade, mas dentro de ti sempre dava o dinheiro esperando receber algo em troca e sentindo-se alguém muito “caridoso”. // E finalmente… Sim, você dava palestras aos iniciantes na doutrina, mas acreditava ter mais conhecimento que eles e se colocava numa posição de destaque e vaidade intelectual. // Tudo isso suscitando uma das maiores chagas da humanidade, o “orgulho” e a “vaidade”.
– O homem ficou impressionado com as revelações daquele espírito. // De fato, revendo suas atitudes e sua perspectiva, intimamente havia quase sempre um sentimento de superioridade, de orgulho em relação aos outros, diante de tudo o que foi feito.

– O espírita então olhou para dentro de si e começou a se arrepender de tudo aquilo, reconhecendo seu erro e sentindo-se mais humilde. // Nesse momento, ele sentiu uma luz brilhando dentro dele e começou a se elevar. // Ao perceber que estava se elevando e deixando o umbral, avistou outros espíritos ainda presos à condição umbralina e novamente lhe veio um orgulho e uma sensação de superioridade em relação aos mesmos. Após sentir isso, caiu novamente no umbral, e a queda dessa vez foi ainda mais dolorosa.

– Um dos espíritos trevosos disse: – Você caiu novamente porque, no momento em que se elevava, começou a sentir uma certa superioridade em relação aos espíritos que aqui estavam, suscitando mais uma vez uma condição de orgulho. // Além disso, “A quem muito foi dado, muito será exigido; e a quem muito foi confiado, muito mais será pedido.” (Lucas 12:48).
– O homem ficou muito triste com tudo aquilo. // Entrou dentro de si mesmo e com toda a sinceridade pensou: -Sim, é isso mesmo. // Eu fui uma pessoa arrogante por ser espírita e por tudo o que eu fazia. // Esse orgulho neutralizou todo o mérito de minhas ações. // Mas tudo bem, eu mereço estar aqui no umbral. // Vou ficar por aqui mesmo, quem sabe eu aprendo alguma coisa. // Não me importo mais comigo e entrego minha vida a Deus… Como disse Jesus, “Que seja feita a vontade de Deus e não a minha”.

– O homem caiu no chão e apenas se entregou a Deus com fé. // Nesse momento, não tinha mais nenhum sentimento de autoimportância. // Fechou os olhos e deixou tudo fluir…
– Nesse momento, seu corpo começou a se tornar um corpo de luz e, sem nem perceber, começou a se elevar novamente. // Assim que chegou a uma zona mais elevada, abriu os olhos e, para sua surpresa, havia se libertado do umbral. // Dessa vez, nem percebeu que estava se elevando e se libertando.

– Um dos espíritos trevosos estava esperando por ele nesse plano mais elevado. // Tirou a capa preta e uma luz maravilhosa começou a brilhar. // O espírita percebeu que esse espírito não era negativo, mas um espírito de luz que o estava ajudando desde o início.
– O espírito disse: – Tua renúncia de ti mesmo no último momento te salvou do umbral. // Que tudo isso sirva de lição para você, meu filho. // Toda essa experiência que você passou serve para os membros de qualquer religião. // E não se esqueça jamais do que disse Jesus: “Não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita.” (Mateus 6:3). Colaboração da amiga Jussara Dondoni. // Júlio Maria. //////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
0
Denunciar

CELSO DANIEL SILVA 9:07 PM May 15, 2019
O irmão Carlos M. como é de praxe, não respondeu a pergunta do Flavio Mol. Saiu pela tangente por conta de não saber a resposta. Simples assim
1
Denunciar

Justiça 8:27 PM May 15, 2019
Fórmula da água, H2O. Fórmula da ignorância, Bolsonaro 17
15
Denunciar

A. Paulo Almeida 8:11 PM May 15, 2019
(Mt 1:18)
«do Espírito Santo» Fraude
«um espírito santo» Correto

(Mt 1:20)
«do Espírito Santo» Fraude
«um espírito santo» Correto

(Mt 3:11)
«o Espírito Santo» Fraude
«num espírito santo» Correto

(Mt 12:31)
«mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada» Fraude
«mas a blasfêmia do espírito não será perdoada» Correto

(Mt 12:32)
«contra o Espírito Santo,» Fraude
«contra o espírito, o santo,» Correto

(Mt 28:19)
«batizando as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo» Fraude
«batizando-os no nome do Pai, do filho e do espírito santo» Correto

Não estou a meter outras fraudes.. so meti onde vem a frase "espírito santo". Se for meter a palavra "espírito" é demasiadas fraudes. Entre outras frases erradamente traduzidas.
0
Denunciar

Carlos Michalski 7:54 PM May 15, 2019
Flavio Mol faz perguntas ao Carlos Michalski...!? Ainda mais o que questiona se refere ás "mentiras do Cristianismo"...!! Não,não vou responder porque não vou perder meu tempo precioso com espiritos escarnecedores..Está respondido..!..Carlos Michalski . . .15 de maio de 2019 . . .19:46h . . .
18
Denunciar

Rosário Américo de Resende 3:04 PM May 15, 2019
Espíritos Zombeteiros. Paz plena.
Você escreveu em 11:53 - 14/05/2019:
“Deus oferece a todos a oportunidade de conhecê-lO através da Sua Palavra, a Bíblia. Mas os ímpios atacam a Bíblia, renunciando à sua própria salvação! ACORDA, Julio Maria, Cristo morreu por você! ALERTA, João Frazão, “hoje é o dia da salvação”! ATENÇÃO, Rosário Américo, ainda há tempo de receber a fé genuína!”

Irmão, essa sua postagem é sim digna de um Espírito Zombeteiro.
Irmão, você ainda se esconde atrás de um nome realmente digno de seu caráter.
Paz plena. Rosário.
1
Denunciar

A. Paulo Almeida 2:39 PM May 15, 2019
Amanhã um grande da para o Espiritismo
Tem salas que esgotaram os bilhetes. Divulgue e leve um Amigo
Com previsão de lançamento para 16 de maio de 2019 nos cinemas, o filme Kardec traz a biografia de Hypolite Leon Denizard Rivail, reconhecido como Allan Kardec, o Codificador do Espiritismo.

Kardec - O Filme | Trailer Oficial
://www.youtube.com/watch?v=cE7VLvunlSE&fbclid=IwAR34i3kD6f5BGYPhx-4CPOQjUiBZPrPVyM7bpl3W8lgPN5Dp9LQ0BKusBYw
0
Denunciar

CELSO DANIEL SILVA 7:09 AM May 15, 2019
Prezado Carlos M., o Sr. ainda não respondeu a pergunta do Flávio Mol. Falta de tempo?
1
Denunciar

Júlio Maria da Silva 8:44 PM May 14, 2019
- BH. 15/05/2019 Senhores, nunca é demais ter conhecimentos, vejam um estão psicológico sobre a OBSESSÃO. 1.º ─ Todo médium deve prevenir-se contra a irresistível empolgação que o leva a escrever sem cessar e até em momentos inoportunos; DEVE SER SENHOR DE SI E NÃO ESCREVER SENÃO QUANDO QUEIRA; .

– 2.º ─ Não dominamos os Espíritos superiores, nem mesmo aqueles que, não sendo superiores, são bons e benevolentes, mas podemos dominar e domar os Espíritos inferiores. AQUELE QUE NÃO É SENHOR DE SI NÃO O PODE SER DOS ESPÍRITOS; .

– 3.º ─ Não há outro critério senão o bom-senso para discernir o valor dos Espíritos. Qualquer fórmula dada para esse fim pelos próprios Espíritos é absurda e não pode emanar de Espíritos superiores; .

– 4.º ─ Os Espíritos, como os homens, são julgados por sua linguagem. TODA EXPRESSÃO, TODO PENSAMENTO, TODO CONCEITO, TODA TEORIA MORAL OU CIENTÍFICA QUE CHOQUE O BOM-SENSO OU NÃO CORRESPONDA À IDEIA QUE FAZEMOS DE UM ESPÍRITO PURO E ELEVADO, EMANA DE UM ESPÍRITO MAIS OU MENOS INFERIOR; .

– 5.º ─ Os Espíritos superiores têm sempre a mesma linguagem com a mesma pessoa e jamais se contradizem; .

– 6.º ─ Os Espíritos superiores são sempre bons e benevolentes. EM SUA LINGUAGEM JAMAIS ENCONTRAMOS ACRIMÔNIA, ARROGÂNCIA, ASPEREZA, ORGULHO, GABOLICE OU TOLA PRESUNÇÃO. ELES FALAM COM SIMPLICIDADE, ACONSELHAM E SE RETIRAM QUANDO NÃO SÃO OUVIDOS; .

– 7.º ─ Não devemos julgar os Espíritos por sua forma material nem pela correção da linguagem, MAS SONDAR-LHES O ÍNTIMO, PERSCRUTAR SUAS PALAVRAS, PESÁ-LAS FRIAMENTE, MADURAMENTE E SEM PREVENÇÃO. QUALQUER FUGA AO BOM-SENSO, À RAZÃO E À SABEDORIA NÃO PODE DEIXAR DÚVIDAS QUANTO À SUA ORIGEM, SEJA QUAL FOR O NOME COM QUE SE MASCARE O ESPÍRITO; .

– 8.º ─ OS ESPÍRITOS INFERIORES RECEIAM OS QUE LHES ANALISAM AS PALAVRAS, DESMASCARAM AS TORPEZAS e não se deixam prender por seus sofismas. Às vezes eles tentam resistir, mas acabam sempre fugindo, quando percebem que são os mais fracos; .

– 9.º ─ Aquele que em tudo age tendo em vista o bem, eleva-se acima das vaidades humanas, expele do coração o egoísmo, o orgulho, a inveja, o ciúme e o ódio e perdoa aos seus inimigos, pondo em prática esta máxima do Cristo: “Fazei aos outros o que quereis que se vos faça”; simpatiza com os bons Espíritos, ao passo que os maus o temem e dele se afastam. .

– Seguindo estes preceitos, garantimo-nos contra as más comunicações e contra o domínio dos Espíritos impuros. Aproveitando tudo quanto nos ensinam os Espíritos verdadeiramente superiores contribuiremos, cada um à sua maneira, para o progresso moral da Humanidade. .

– Allan Kardec; Revista Espírita - Jornal de estudos psicológicos - 1858 > Outubro > Obsedados e subjugados.Colaboração da amiga Jussara Dondoni. // Júlio Maria. //////////////////////////////////////////////////////////
1
Denunciar

Júlio Maria da Silva 8:38 PM May 14, 2019
BH. 15/05/2019 Senhores, nunca é demais ter conhecimentos, vejam um estão psicológico sobre a OBSESSÃO. 1.º ─ Todo médium deve prevenir-se contra a irresistível empolgação que o leva a escrever sem cessar e até em momentos inoportunos; DEVE SER SENHOR DE SI E NÃO ESCREVER SENÃO QUANDO QUEIRA; . 2.º ─ Não dominamos os Espíritos superiores, nem mesmo aqueles que, não sendo superiores, são bons e benevolentes, mas podemos dominar e domar os Espíritos inferiores. AQUELE QUE NÃO É SENHOR DE SI NÃO O PODE SER DOS ESPÍRITOS; . 3.º ─ Não há outro critério senão o bom-senso para discernir o valor dos Espíritos. Qualquer fórmula dada para esse fim pelos próprios Espíritos é absurda e não pode emanar de Espíritos superiores; . 4.º ─ Os Espíritos, como os homens, são julgados por sua linguagem. TODA EXPRESSÃO, TODO PENSAMENTO, TODO CONCEITO, TODA TEORIA MORAL OU CIENTÍFICA QUE CHOQUE O BOM-SENSO OU NÃO CORRESPONDA À IDEIA QUE FAZEMOS DE UM ESPÍRITO PURO E ELEVADO, EMANA DE UM ESPÍRITO MAIS OU MENOS INFERIOR; . 5.º ─ Os Espíritos superiores têm sempre a mesma linguagem com a mesma pessoa e jamais se contradizem; . 6.º ─ Os Espíritos superiores são sempre bons e benevolentes. EM SUA LINGUAGEM JAMAIS ENCONTRAMOS ACRIMÔNIA, ARROGÂNCIA, ASPEREZA, ORGULHO, GABOLICE OU TOLA PRESUNÇÃO. ELES FALAM COM SIMPLICIDADE, ACONSELHAM E SE RETIRAM QUANDO NÃO SÃO OUVIDOS; . 7.º ─ Não devemos julgar os Espíritos por sua forma material nem pela correção da linguagem, MAS SONDAR-LHES O ÍNTIMO, PERSCRUTAR SUAS PALAVRAS, PESÁ-LAS FRIAMENTE, MADURAMENTE E SEM PREVENÇÃO. QUALQUER FUGA AO BOM-SENSO, À RAZÃO E À SABEDORIA NÃO PODE DEIXAR DÚVIDAS QUANTO À SUA ORIGEM, SEJA QUAL FOR O NOME COM QUE SE MASCARE O ESPÍRITO; . 8.º ─ OS ESPÍRITOS INFERIORES RECEIAM OS QUE LHES ANALISAM AS PALAVRAS, DESMASCARAM AS TORPEZAS e não se deixam prender por seus sofismas. Às vezes eles tentam resistir, mas acabam sempre fugindo, quando percebem que são os mais fracos; . 9.º ─ Aquele que em tudo age tendo em vista o bem, eleva-se acima das vaidades humanas, expele do coração o egoísmo, o orgulho, a inveja, o ciúme e o ódio e perdoa aos seus inimigos, pondo em prática esta máxima do Cristo: “Fazei aos outros o que quereis que se vos faça”; simpatiza com os bons Espíritos, ao passo que os maus o temem e dele se afastam. . Seguindo estes preceitos, garantimo-nos contra as más comunicações e contra o domínio dos Espíritos impuros. Aproveitando tudo quanto nos ensinam os Espíritos verdadeiramente superiores contribuiremos, cada um à sua maneira, para o progresso moral da Humanidade. . Allan Kardec . Revista Espírita - Jornal de estudos psicológicos - 1858 > Outubro > Obsedados e subjugados.Colaboração da amiga Jussara Dondoni. // Júlio Maria. //////////////////////////////////////////////////////////
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 7:43 PM May 14, 2019
(Jo 12:48)
Quem me rejeita, e não recebe as minhas palavras, tem o seu juiz. Aquela palavra que proferi, julga-lo-á no dia derradeiro.

0
Denunciar

Luciano 12:59 PM May 14, 2019
Segundo o Hubble, há cerca de 10 bilhões de galáxias observáveis no Universo, acredita-se que nossa Via Láctea tenha entre 50 a 250 bilhões de estrelas, fora os planetas. Com tal grandiosidade singular, pode Deus ter vindo à Terra há 3500 anos, escolher meia dúzia de profetas supersticiosos e pouco esclarecidos, para inspirá-los a sacrificar animais e escravizar pessoas? Tão estranho quanto isso, é acreditar que este mesmo Deus criador, enviou um filho à Terra para ser assassinado pelos seus próprios irmãos, em troca de umas “bolsas” de sangue para perdoar a humanidade que não existia(nós). Matar um filho para perdoar outro é algo inverossímil para uma inteligência Suprema. Será que o Criador dessas 10 bilhões de galáxias precisou de sangue humano se dizem que ele nos ama incondicionalmente? Alega-se que Jesus pagou o preço pelos nossos pecados, mas ninguém explica quem recebeu tal pagamento. Deus certamente não foi, pois ele não pode pagar uma dívida para si mesmo e muito menos com sangue.
0
Denunciar

CELSO DANIEL SILVA 12:23 PM May 14, 2019
Coisa curiosa, esse espírito zombeteiro vem aqui acusar os Espíritas. Que moral tem essa criatura que não tem coragem em se identificar? Essa é uma grande MENTIRA.
1
Denunciar

Espíritos Zombeteiros 11:53 AM May 14, 2019
Deus oferece a todos a oportunidade de conhecê-lO através da Sua Palavra, a Bíblia. Mas os ímpios atacam a Bíblia, renunciando à sua própria salvação! ACORDA, Julio Maria, Cristo morreu por você! ALERTA, João Frazão, “hoje é o dia da salvação”! ATENÇÃO, Rosário Américo, ainda há tempo de receber a fé genuína!
14
Denunciar

Espíritos Zombeteiros 11:15 AM May 14, 2019
Existem VERSÕES FIÉIS e versões infiéis da Bíblia. Esta é uma das chaves da questão. As VERSÕES FIÉIS são aquelas traduzidas DIRETAMENTE do Textus Receptus grego e do Texto Massorético hebraico. As outras versões são espúrias. Mas esta página quer discutir o assunto SEM CONHECER NEM SEQUER O MAIS BÁSICO. Mentiras! Fraudes! Aleivosias! Agressões à Bíblia! Calúnias! Blasfêmias!
14
Denunciar

Espíritos Zombeteiros 11:10 AM May 14, 2019
José Reis Chaves não deveria ignorar a seguinte verdade afirmada PELO PRÓPRIO CRISTO: todos seremos julgados pela Bíblia: "Quem me rejeitar a mim, e não receber as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o há de julgar no último dia." - João 12:48
14
Denunciar

Espíritos Zombeteiros 11:06 AM May 14, 2019
MAIS mentiras em série. Esta coluna se especializou no ATAQUE À BÍBLIA utilizando uma coleção de acusações costumeiras: 1) a Bíblia "foi mudada"; 2) a Bíblia "é um instrumento de dominação católica"; 3) a Bíblia deve ser considerada "um documento humano sujeito a erros"; 4) a Bíblia "pode ser interpretada de diversos modos", etc. Trata-se de UMA COLEÇÃO DE MENTIRAS INFAMES E NADA ORIGINAIS, existem desde o início do Cristianismo (ver gnósticos, etc.). MENTIRAS! MENTIRAS! MENTIRAS!
14
Denunciar

Júlio Maria da Silva 10:07 PM May 13, 2019
BH. 14 /05/ 2019 - Senhores, uma coisa eu confirmo, MINHA RELIGIÃO NÃO ME ENSINA A SER MELHOR QUE OS OUTROS. // MINHA RELIGIÃO ME ENSINOU A SER MELHOR PARA OS OUTROS.

– EU SOU ESPÍRITA, ESTA RELIGIÃO ME EXPLICOU quem sou, de onde vim, para onde vou e o que estou fazendo neste Planeta.

– ELA ME ENSINOU QUE preciso olhar para dentro de mim, me compreender para poder compreender o próximo. Pois, se eu tenho meus conflitos, falhas, erros, dificuldades, defeitos, com certeza, todos que convivem comigo neste mundo, também tem. Estamos todos na luta, numa guerra interior, brigando conosco mesmo para corrigir estas falhas.

– ENSINOU QUE LIVRE ARBÍTRIO não é propriedade minha, mas de todos, por isso devo respeitar quando alguém pensa e age diferente de mim. Não tenho o direito de impor nada a ela. E quando uso mau este livre arbítrio haverá uma consequência que terei de reparar nesta ou na outra encarnação. O plantio é livre mas a colheita obrigatória.

– Que tenho direitos, mas tenho também OBRIGAÇÕES e que meu direito acaba quando começa o do próximo.

– QUE TODAS AS RELIGIÕES SÃO BOAS e, consequentemente, devo respeitá-las porque gosto que respeitem a minha.

– QUE A SALVAÇÃO NÃO DEPENDE DA RELIGIÃO, mas da prática da caridade conosco e com o próximo.

– QUE O PRÓXIMO é qualquer pessoa que convive conosco neste Planeta, seja ele de outra religião, de outra raça, heterossexual ou homossexual, rico ou pobre, branco ou negro, etc., Enfim, devemos ajudar e conviver bem, respeitando, sem preconceito.

– Que CARIDADE não é só a esmola, mas também a tolerância, a paciência, o abraço amigo, a mensagem consoladora, a visita ao doente, uma prece, etc etc etc.

– QUE SER CRISTÃO vai além de cultos externos, de rótulo religioso, de declarações de amor vazias sem a prática dos ensinamentos do Cristo, enfim, que a Fé sem obras é morta.

– ENSINOU que O JESUS DO ESPÍRITA não é visto apenas com interesse de pedir, mas de ensinar e que serve de GUIA e MODELO a ser seguido.
– Com esta compreensão de saber que cada um está num grau de evolução...
– Que todos temos um passado reencarnatório.
– Que está presente nesta encarnação...
– Que estamos resgatando e reparando erros...

– Que convivemos na família com afetos e desafetos para aprendermos a AMAR, para nos reconciliarmos e perdoarmos, ME ALIVIA e DÁ FORÇAS para seguir em frente buscando ser hoje melhor do que ontem E TENTAR SER AMANHÃ MELHOR DO QUE FUI HOJE. // Colaboração da amiga Jussara Dondoni, // Júlio Maria. ///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
0
Denunciar

Flávio Mol 7:33 PM May 13, 2019
Qual as maiores mentiras do cristianismo? 1) Ressureição da carne 2) Jesus vai vir julgar vivos e mortos 3) Jesus está sentado a direita de Deus. Por favor Sr C M me responda.
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 7:20 PM May 13, 2019
Sessão Plenária do Senado Federal - Homenagem aos 150 anos do desencarne de Kardec, com a participação dos irmãos Jorge Godinho (presidente da FEB), Haroldo Dias, Jack Darsa, Nazareno Feitosa Neno, Luiz Bassuma e Célia Diniz. Nossa imensa gratidão aos abnegados confrades que, tão bem, defendem a bandeira do Espiritismo e ao senador cearense Eduardo Girão, autor do requerimento desta Sessão Especial.

://www.facebook.com/cristiano.a.paiva/videos/2160091997400164/
0
Denunciar

A. Paulo Almeida 7:13 PM May 13, 2019
Sessão Plenária do Senado Federal - Homenagem aos 150 anos do desencarne de Kardec, com a participação dos irmãos Jorge Godinho (presidente da FEB), Haroldo Dias, Jack Darsa, Nazareno Feitosa Neno, Luiz Bassuma e Célia Diniz.

://www.facebook.com/cristiano.a.paiva/videos/2160362994039731/
0
Denunciar

João Frazão 4:36 PM May 13, 2019
Caro Ludo.
Teu comentário em que você diz:

“No caso de Rm 5.5, por exemplo, o artigo "o" aparece entre ( ) na versão citada exatamente em função da falta de artigo no grego, mas subtendes-se que ali cabe esse artigo porque o texto de Paulo está se referindo ao consolador prometido por Jesus Cristo, que é o Espírito Santo de Deus e não "um espírito santo".”

Pela forma que você escreveu, a impressão que se tem é que você está pretendendo justificar o uso do artigo definido “o”, antes da expressão “espírito santo”, composta pelo substantivo espírito e do adjetivo de santo, como se fora uma pessoa (a da Trindade) com iniciais maiúsculas, coisa que não consta do original grego.

E por que eu digo isso? Simplesmente porque no original grego, no próprio verso por você citado (Rm 5:5), o substantivo “theos” está grafado com inicial minúscula, por não ser nome próprio (de pessoa), da mesma forma que “hagios pneuma”. E para confirmar o que digo, eu cito o verso seguinte da mesma epístola e capítulo (Rm 5:6), onde o nome próprio “Cristo” foi grafado em Grego como “Christos” com inicial maiúscula, diferente do que foi “theos” e “hagios pneuma” no verso 5, repito.

Como se vê, meu caro, não se trata de identificar uma pessoa, que tem nome e sobrenome, (Espírito Santo), como José Reis, mas de um substantivo comum (espírito), qualificado pelo adjetivo “santo”, o que impede que se considere a tradução do original grego “hagios pneuma” para o idioma português, como sendo um nome próprio, ou seja de uma pessoa. Ou será que essa atitude foi tomada justamente para induzir os fiéis a aceitarem o dogma da Trindade?...
Abraços. Frazão
± 16:35 – 13/05/2019
0
Denunciar

João Frazão 11:15 PM May 13, 2019
Corrigindo Laudo.
0
Denunciar

Rosário Américo de Resende 4:26 PM May 13, 2019
Carlos Michalski. Paz plena.
Continuo fazendo a minha pergunta a você que é um médico:
Quanto tempo uma pessoa humana pode viver e sem estar em coma com o coração parado?
Paz plena. Rosário.
0
Denunciar

Luciano 4:25 PM May 13, 2019
Prezado Laudo Leon dos Santos, o ES da trindade foi inventado muito depois e Paulo não o conheceu. A tradução está errada. A trindade só começou a existir após a divinização de Jesus em 325, no I Concilio de Nicéia.
0
Denunciar

Laudo Leon dos Santos 9:36 AM May 13, 2019
As traduções atuais da Bíblia estão baseadas nos texto originais grego e hebraico (não só nas primeira traduções), e se atentam ao contexto geral (não apenas para uma frase ou artigo). No caso de Rm 5.5, por exemplo, o artigo "o" aparece entre ( ) na versão citada exatamente em função da falta de artigo no grego, mas subtendes-se que ali cabe esse artigo porque o texto de Paulo está se referindo ao consolador prometido por Jesus Cristo, que é o Espírito Santo de Deus e não "um espírito santo".
24
Denunciar

Luciano 9:01 AM May 13, 2019
Tenho uma bíblia católica com tradução feita pelos capuchinhos de Lisboa, onde lemos a palavra "espiritismo" e "médium espírita".... Isso não existe no hebraico. Demonstrando total desonestidade intelectual, uma vez que não se pode confiar nessas traduções.
0
Denunciar

Júlio Maria da Silva 7:57 AM May 13, 2019
– BH. 13/05/2019 – Do livro Reflexões V – Dúvidas – Entidades de Luz − Senhores eis o meu compromisso semanal, hoje inicio falando sobre: – ENTIDADES DE LUZ – ...Protetores – Emissários – Mensageiros...

– Quais as necessidades das Entidades de Luz?
– Como Elas foram criadas?
– Quais suas tarefas perante o Ser Humano?

– Pelos sinônimos e interpretações de “Entidades de Luz”, entendem-se – Anjos – Arcanjos – Serafins – Querubins e outras graduações Celestiais adotadas, possuidoras de “Luz”, por merecimentos, trabalhando na Seara de Deus, dando sequências aos desígnios de nosso Criador. São aqueles que passaram por experiências corpóreas, evoluíram, conquistaram um lugar privilegiado nos reinos dos Céus.

– Seguiram o processo evolutivo, métodos ainda com poucos conhecimentos de nossa parte nos seus trajetos. Porém, na fase de “Ser Humano” representam uma das últimas escalas antes de penetrar nos Globos “Ditosos”, Esferas Superiores.

– Numa das virtudes de Deus, pela Sua Justiça, entende-se que todas as criaturas passaram pelo mesmo processo da Criação, crescimentos e evoluções, isso, por haver Justiça, não houve exceção. Então, os Anjos, os Arcanjos, etc., todos os homens vivos, todos aqueles que já passaram para o outro lado da vida após a morte física e também os que se encontram fora da Luz, nas Trevas, cujos nomes denominam a sua existência, ou seja: Demônios, satanás, capetas, diabos e “Aquele” que foi o maior personagem, dito, Filho de Deus, Jesus, o único Filho, que foi capaz de nos transmitir a grandeza de seus ensinamentos pela Sua inteligência, não fugiu da regra pelas mãos do Nosso Criador, Deus. Assim, há coerência nesse sentido.

–Sanadas as dúvidas desse conceito, o que representam “As Entidades de Luz”? São trabalhadores que pelos seus serviços se mantem atentos nas Assistências de Todas as Criaturas, tanto no Planeta Físico da Terra como em todas as Galáxias, prestando Socorros. São incalculáveis estes prestadores de Serviços na execução dessa Tarefa e diversificados os labores na Seara de Deus. Para serem trabalhadores de Cristo, não é necessário possuir a Luz total. Todos que passaram para os Planos Espirituais têm em mãos tarefas a serem executadas. Lá, não existe ociosidade e, sim, muito trabalho, com um detalhe, para trabalhar é preciso ter o esforço e a vontade. Se não tiver a vontade e disposição, não se faz nada, mas em compensação, não se evolui. Tal qual é aqui na Terra.

– Aparentemente os mundos parecem iguais, mas aqui na Terra não se viaja na velocidade do pensamento, há um corpo pesado e lento, e poucos sabem o que fazemos, mesmo às escondidas e a justiça é falha. No mundo espiritual não há corpo carnal, o pensamento é a língua padrão ouvida por todos e a justiça é infalível! Especificamente, o que chamamos de Entidades de Luz, os Anjos, são aqueles cuidadores individuais, ou seja, o Anjo da Guarda. É bom salientar que se não tivermos as suas assistências não teríamos condições de sobreviver. No primeiro Obstáculo faliríamos. As constantes presenças deles é que nos mantém vivos. Sem proteção não se vive.

– Seria a mesma coisa das Forças Armadas de um país, mesmo não tendo contato direto com tais forças, elas existem e estão sempre em prontidão e existem para proteger o país. Júlio Maria. ///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////
0
Denunciar

LEIA MAIS
Leia mais