Luiz Tito

Luiz Tito escreve de segunda a sábado em O TEMPO

Nova conquista

Publicado em: Seg, 29/11/21 - 05h00
Salvação. Águas do rio Paraopeba são consideradas fundamentais para reservatórios da capital

Após anos de espera, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paraopeba-CBH/Paraopeba, presidido pelo secretário municipal de Meio Ambiente de Betim, Ednard Tolomeu, aprovou os mecanismos e valores de cobrança pelo uso outorgado de recursos hídricos na mencionada bacia. A cobrança pelo uso da água é um instrumento da Política Nacional de Recursos Hídricos, dentro do que estabelece a Lei 9433/97, levando a água ao patamar de bem econômico e fixando seu valor através de um ajuste entre os usuários da água, as organizações civis e os poderes públicos envolvidos, sempre com a determinação de se preservar o uso racional da água e, também, a arrecadação de valores importantes na gestão e na recuperação do Rio Paraopeba. 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.

Comentários

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
LEIA MAIS