Luiz Tito

Luiz Tito escreve de segunda a sábado em O TEMPO

Vale encurralada II

Publicado em: Qua, 19/01/22 - 04h30
Rio Paraopeba afetado pelo rompimento da Vale em Brumadinho | Foto: Douglas Magno / AFP

O Ofício impõe à Vale a obrigação de promover “a limpeza de propriedades particulares e vias públicas, em apoio às prefeituras dos municípios atingidos pelas chuvas”. Em resposta às suas obrigações, da Vale será cobrada a informação das ações por ela realizadas. O lamentável é a recorrente atitude daquela que é considerada uma das maiores e mais lucrativas empresas de mineração do mundo, nas quais sempre se evidencia o desrespeito às normas elementares de preservação da natureza e do meio ambiente. E a contumaz ofensa à saúde e às vidas humanas. Até quando? Quantas pessoas mais terão que morrer para que uma empresa deixe de pensar apenas no seu lucro? 

---

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo mineiro, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.

Siga O TEMPO no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar a nossa comunidade.