Índice V-Dem mostra regressão da democracia no Brasil e no mundo

Regime se vê contestado por propostas autocráticas

Sex, 24/05/19 - 03h00

A democracia está perdendo a batalha contra a autocracia em várias partes do mundo. Esta é a principal conclusão do estudo elaborado pelos pesquisadores Anna Lührmann e Staffan I. Lindberg, publicado em março no site https://www.v-dem.net/en/, mantido pela organização não governamental Varieties of Democracy (V-Dem). E, o pior, o Brasil está entre as nações nas quais a democracia passa por um processo de desgaste e se vê contestada por propostas autocráticas.

O objetivo da V-Dem é compilar e analisar dados que reflitam a complexidade de uma democracia, com uma interpretação que ultrapasse a simples existência de eleições como único parâmetro de validação de um sistema democrático. Em sua avaliação, os pesquisadores coletam dados que lhes permitam analisar cinco princípios que definem uma democracia: eleitoral, liberal, participativo, deliberativo e igualitário. É com base nesses parâmetros que Anna Lührmann e Lindberg alertam que a autocratização (declínio da democracia) cada vez afeta mais países.

O documento “Democracia Enfrentando os desafios globais” traz dados preocupantes. Informa, por exemplo, que 24 países estão sendo gravemente afetados por um fenômeno definido tecnicamente como “terceira onda de autocratização”. Os pesquisadores acentuam que são países populosos, como o Brasil, os Estados Unidos e a Índia. Também destacam que a autocratização avança na Europa, atingindo países como Bulgária, Hungria, Sérvia e Polônia.

Outra informação que comprova o esgarçamento da democracia é o número de pessoas que viviam em países em fase de autocratização em 2018: cerca de 2,3 bilhões, quase um terço da população mundial. Esse dado tem mais um aspecto que não deve ser menosprezado: a velocidade com que a autocratização avança. Em 2016, estimava-se que cerca de 415 milhões de pessoas vivessem sob a ameaça de governos autocráticos. Em apenas dois anos, esse número aumentou quase seis vezes.

Os pesquisadores acentuam que o relatório não é fatalista e que a maioria das democracias resiste aos desafios globais, como a crise financeira, a disseminação de fake news nas redes sociais e a imigração em massa para a Europa. Também afirmam que o documento deve ser um estímulo para que todos unifiquem seus esforços para combater os graves riscos que se apresentam para a democracia.

No Brasil, como em outros países, assistimos à atuação de alguns líderes que estimulam o conflito entre seus cidadãos, um processo que Lührmann e Lindberg chamam de “polarização tóxica”. Ressalto aqui, como já comentei anteriormente, que tais lideranças não buscam criar um ambiente saudável de debate para a exposição de pontos de vista diversos. Se esse ambiente de pluralidade existisse no Brasil, seria benéfico para a democracia, mas o que estamos presenciando é justamente o contrário.

Já a disseminação do ódio nas redes sociais e as tentativas de retirar a legitimidade do Judiciário e do Legislativo são armas que visam enfraquecer a incipiente democracia brasileira, e são estas as ameaças que devemos combater e eliminar. Mais uma vez, cito uma frase de Churchill para reafirmar minha fé democrática: “A democracia é a pior forma de governo, exceto todas as demais”.

(9) comentários

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
José Boné 12:23 AM May 25, 2019
Posto isso, o que o da turma do chapéu tem a dizer acerca do que ocorre no Brasil? Aliás, qual a extensão da responsabilidade dessa "turma" nisso? Engraçado... Apoiar rasgar a Constituição e as leis e depois vir dizer que a democracia está em risco e diminuiu de intensidade... Tempos estranhos, conforme costuma dizer o Ministro Marco Aurélio Mello...
0
Denunciar

Rodrigo silva 12:03 PM May 24, 2019
Tem que ver o que se considera democracia né, democracia é para mim um regime regido pela constituição elaborada pelo povo e colocada em prática pelos três poderes. Porém estes só vem atos como inconstitucionais aqueles que afetam a eles próprios e impõe barbáries e violações ao povo, justamente o qual a constituição deveria defender. Cito o exemplo da prefeitura de BH e da casa que você ocupa que recobrou um imposto sobre o registro de imóveis amparadas por esta camara macabra ao qual o Sr faz parte e o TJMG em um ato totalmente inconstitucional validado por estas múmias morfeticas do judiciário. Outro ato inconstitucional vem aí, chama-se outorga onerosa você até que está fazendo oposição mas o povo é muito burro e não vejo mobilização para mudar isso aí.
0
Denunciar

Esteves 9:56 AM May 24, 2019
Tb nao considero boa a Democracia que tem no Brasil pq por email ou telefone é muito dificil ter respostas sobre Duvidas no Legislativo. Ja passei email sem respostas ate hoje, por telefone ja me falaram de "reuniao" que liga depois. Tenho um Protocolo com mais de 90 dias sem respostas enquanto Estado quer ICMS todos os meses.
2
Denunciar

thiago 9:01 AM May 24, 2019
Uma pesquisa aparentemente enviesada, sem argumentos, pelo menos de acordo com o texto. Veja esse trecho: "Outra informação que comprova o esgarçamento da democracia é o número de pessoas que viviam em países em fase de autocratização em 2018: cerca de 2,3 bilhões". É um argumento tautológico, já que os critérios que definem a autocratização são dos próprios pesquisadores; é como dizer "as pessoas estão ficando malucas e prova disso é que 2,3 bilhões de pessoas estão ficando malucas".
1
Denunciar

Lucas 12:56 PM May 24, 2019
So não vê quem não quer. Um governo formado em maioria de militares (como em toda boa ditadura), com ministros escolhidos a dedo pelos crimes que cometeram - um réu confesso de caixa w pra fazer a articulação do governo, um condenado por fraude ambiental para favorecer mineradoras como ministro do meio ambiente, a musa do veneno que favoreceu ilicitamente a JBS de Joesley no cargo anterior como ministra da agricultura, um investigado por fraude em fundos de pensão pra fazer a reforma da previdência, o próprio presidente e sua família envolvidos até o pescoço com organizações criminosas paramilitares, gente falando em fechar o congresso e o STF e você acha que está tudo normal?
1
Denunciar

mauro 7:30 AM May 24, 2019
Um grande pensador, eu, já diz, há muito tempo, que a democracia é a ruína da humanidade. Seu "Demo" é do latim. É uma forma, que a maioria espertalhona usa, para manter a maioria ignorante sob seu contrôle. O estado, essa é a minha opinião, deve ser administrado por técnicos, concursados, em certames sem quaisquer tipos de cotas. Os chefes de executivos, todos, devem ser apenas chefes de estado. Os parlamentares devem ter funções como fiscalização e apenas isso, no que se refere a dinheiro.
5
Denunciar

José Boné 12:24 AM May 25, 2019
Hahahahahaha quanta m... kkkkkk
5
Denunciar

thiago 8:53 AM May 24, 2019
O estado deve cuidar para que a lei fundamental da propriedade privada seja cumprida de forma pacífica e racional e para que as regras do jogo permitam às pessoas o contínuo melhoramento; já o governo, seja do rei, seja do ditador, seja da maioria, será sempre menos democrático que o não governo, ou que o mercado simplesmente; o governo toma recursos das pessoas para impor seus projetos; o mercado reúne pessoas para voluntariamente realizarem projetos; o governo gasta os recursos que tira das pessoas com, por exemplo, assistência social; deixados para as pessoas, esses recursos seriam gastos de acordo com a vontade e interesse de cada um, ainda que reunidos em grupo, com melhores roupas, com alimentação, com lazer, com educação e também com assistência social; o governo é de cima para baixo; o mercado é de baixo para cima.
5
Denunciar

Walter Oliveira 6:33 AM May 24, 2019
A democracia representativa está FALIDA porque a maioria elege e uma MINORIA governa como no caso do Brasil onde minorias escandalosas conduzem a pauta do Legislativo e do Judiciário. Democracia não funciona em sociedades analfabetas e infestadas de canalhas como no Brasil. FATO!
2
Denunciar

LEIA MAIS
É função da prefeitura ampliar a rede de ciclovias e ciclofaixas
Impediu-se que o projeto fosse votado de forma autoritária
Tornar a cidade mais saudável em sustentável cabe a todos nós
Leia mais