Análise

‘Se Doria quiser ser candidato, Bolsonaro é adversário’, diz FHC

Ex-presidente diz que Luciano Huck ainda precisa abrir caminhos

Dom, 25/08/19 - 03h00
Avaliação. Ex-presidente avalia que o PSDB migrou da centro-esquerda para o centro ao longo dos anos

Buenos Aires. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) endossou a tática do correligionário e governador de São Paulo, João Doria, de se distanciar criticamente do presidente Jair Bolsonaro, enfatizando que o atual presidente da República não deve ser tratado como um aliado, considerando uma eventual disputa em 2022. “Eu acho que esta fase (de crítica de Doria a Bolsonaro) é melhor porque, objetivamente, se o governador Doria quiser ser candidato, o Bolsonaro é adversário, não é aliado”, avaliou Fernando Henrique, que rejeita a avaliação de que a ascensão de Doria tenha levado o partido á centro-direita. Para o ex-presidente, o PSDB hoje é um partido de centro.

“Bom, pode ser que algumas pessoas tenham chegado (à centro-direita), mas o partido, no seu conjunto, não chegou. Agora, o que acontece no mundo? Você hoje tem o liberalismo autoritário ou o liberalismo progressista. Acho que o PSDB deveria alinhar-se ao liberalismo progressista”, avaliou.

Para FHC, eventual fusão entre PSDB e DEM, como está sendo colocada nos bastidores da política, não significa, necessariamente, uma guinada à direita da sigla tucana.

“Acho que a estrutura partidária brasileira está tão esfarelada, tão fragmentada, que muitas fusões seriam bem-vindas. Sou presidente de honra do PSDB, mas não tenho contato com o dia a dia. Emito minha opinião como observador. Acho que a fragmentação é de tal natureza que vamos precisar de uma reorganização da vida partidária. Na verdade, o que nós construímos na Constituição de 1988, bem ou mal, está terminando. É preciso renascer de outra maneira. Acho que, nesta fase de transição, na qual a internet joga um papel enorme, ou seja, a relação de pessoa a pessoa salta as instituições, é o momento em que as pessoas se voltam para os líderes, para as pessoas. Então, não sei quais serão as pessoas que vão aparecer no Brasil com força suficiente para reorganizar. As pessoas que tinham ou estão já fora porque foram derrotadas ou porque estão velhas ou porque estão presas”, analisa.

FHC diz que o PSDB nasceu como centro-esquerda e foi se deslocando para o centro. Da mesma forma, ele acha que o DEM também mudou e deixou a posição mais extremada à direita.

“O DEM mudou muito. Líderes do DEM que estão conversando com o PSDB já têm outra cabeça. Não são da geração dos avós”, resume.

Para Fernando Henrique, há uma alternativa de centro no Brasil e no mundo. “A cultura brasileira é de muita transigência, muita acomodação. Agora na polarização, isso desaparece. É preciso voltar o pêndulo para um lugar mais adequado. Para isso, é preciso ter alguém que expresse, que fale”, explica.

Para ele, Luciano Huck até poderia ser esse representante, mas ainda precisa de ser testado na política. “Ele tem a possibilidade. O Luciano Huck é um homem que, certamente, tem popularidade. Qual é a questão do Luciano Huck? É transformar-se de celebridade na TV em líder político para a popularidade se tornar voto. Não é a mesma coisa. Se ele tomar os passos necessários, sim (pode ser sustentado pelo centro. Eu acho que, quando uma pessoa é um líder, é o líder quem tem de abrir o caminho”, conclui.

(9) comentários

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
FAM BRASIL 3:12 PM Aug 25, 2019
Nessa próxima eleição já vamos começar dá o troco ! Não votaremos em nenhum prefeito apoiado por deputados ou senadores que estão votando a favor dessa reforma da previdência.Esse dinheiro que eles receberão para apoiar será amaldiçoado e nunca mais elegerão O ZAP vai funcionar no Brasil inteiro e vai ser o inicio de uma nova era onde o povo terá voz.
1
Denunciar

FAM BRASIL 3:02 PM Aug 25, 2019
Pelo menos uma coisa boa temos que admitirmos que a atual situação politica do pais começa a mudar ! O povo parece que pelas necessidades estão se inteirando mais.Algum tempo atrás poderíamos dizer que o que está sendo postulado hoje seria o que realmente iria acontecer mas hoje todos sabemos que não vai ! O povo está ficando esperto e esses pilantras não terão mais chance.Pode até acontecer de um outro vagabundo aproveitar por já não ser conhecido e ganhar mas esses é sem chance.O povo cansou !
0
Denunciar

Maria Silva 1:40 PM Aug 25, 2019
Fez um péssimo governo e agora fica palpitando. Vá vestir um pijama e calçar uns chinelos!
0
Denunciar

Marcio Diniz 2:41 PM Aug 25, 2019
ALÉM DISSO INVENTOU A REELEIÇÃO , A MAIOR DESGRAÇA BRASILEIRA !
0
Denunciar

Guaxinim do Sri Lanka 12:00 PM Aug 25, 2019
Estamos tapando os buracos de Dezesseis anos da turma de vermelho.
0
Denunciar

Maria Silva 1:41 PM Aug 25, 2019
Tapando ou cavando mais fundo? Você é cego ou só sem noção mesmo?
0
Denunciar

Marcio Diniz 10:23 AM Aug 25, 2019
Para mim nem um nem outro e nem um tal Lula. Com Hulck deverão estar os que buscam financiamento de aviões pelo Bndes.
0
Denunciar

pedro mito 10:03 AM Aug 25, 2019
Chance zero de prosperae um de centro. Será um novo Alkmin. O pais se dividiu. Só existe direita e esquerda. A esquerda ta praticamente morta. Sem as tetas. Portanto Bolsonaro será reeleito com extrema facilidade
5
Denunciar

Maria Silva 1:42 PM Aug 25, 2019
Bêbado uma hora dessas?
5
Denunciar

Leia mais
LEIA MAIS
PSL
Ataque
Palácio da Alvorada
Audiência
Agitação política
Troca
Inesperado
'Spoofing'
Contestação
Marcus Pestana