Congresso Nacional

Veja principais mudanças na Reforma Previdência propostas pelo relator

Entre as mudanças, está o BPC, que continuará a pagar um salário mínimo para idosos pobres a partir dos 65 anos

Qui, 13/06/19 - 17h41
O deputado tucano Samuel Moreira, relator da Reforma da Previdência

Professores:

A idade mínima para professoras aposentarem será de 57 anos. Já para os professores, a idade mínima fica em 60 anos. A regra serve para professores desde o nível básico ao médio.

Trabalhador Urbano:

Homens podem aposentar com 65 anos, enquanto mulheres aos 62 anos. A única mudança é no tempo de contribuição para homens, que sobe de 15 para 20 anos. Para mulheres continuam 15 anos de contribuição.

Trabalhador rural:

Aposentadoria deve permanecer em 60 anos para homens e 55 para mulheres. A única mudança é no tempo de contribuição para homens, que sobe de 15 para 20 anos. Para mulheres continuam 15 anos de contribuição.

Benefício de Prestação Continuada (BPC) 

Governo havia apresentado proposta para valor cair para R$ 400 e só voltaria a ser mínimo aos 70 anos. Idosos pobres continuarão a receber um salário mínimo a partir dos 65 anos, de acordo com texto do relator.  

Reajuste:

O texto original não prevê reajuste do valor real dos benefícios. Na mudança apresentada pelo relator, no entanto, há previsão – que já é constitucional – de que deve ocorrer reajuste pela inflação.

Capitalização:

O relator apresentou texto para retirar a proposta de capitalização da previdência

(3) comentários

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
jose pereira 7:55 AM Jun 14, 2019
Num passa não. Num passa não.
5
Denunciar

Carlos henrique 11:10 PM Jun 13, 2019
Parabenizo o relator por acabar de vez com o absurdo que os magistrados inventaram que quando são punidos por corrupção ou outros crimes eles não são punidos e sim ganha como prêmio por ser bandido uma aposentadoria compulsória, já estava na hora do congresso acabar com esta farra e mostrar quem manda.
0
Denunciar

Everaldo Ribeiro Cassimiro 6:06 PM Jun 13, 2019
Me desculpem mas as mulheres deveriam sair em protesto gritando direitos iguais.
4
Denunciar

Leia mais
LEIA MAIS
Mi Casa Su Casa
Teto
Lava Jato
Imbróglio
Afetadas
Nos Estados Unidos
Glenn Greenwald
Glenn Greenwald
Nos EUA
Polêmica da vez