Cara nova na Toca

Titular aos 21 e seleção: conheça Gabriel Grando, novo goleiro do Cruzeiro

Envolvido na troca com Rafael Cabral, novo goleiro da Raposa tem no currículo feitos precoces, mas praticamente não jogou nesta temporada

Por Frederico Teixeira
Publicado em 18 de abril de 2024 | 16:09
 
 
Revelado na base do Grêmio, Gabriel Grando chega à Toca da Raposa para brigar pela posição com Anderson Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

Com a negociação entre Cruzeiro e Grêmio já acertada, o goleiro Gabriel Grando, que chega por empréstimo em troca envolvendo Rafael Cabral, será a principal novidade da Raposa neste início de Campeonato Brasileiro. E chega credenciado por feitos precoces, incluindo convocação para a seleção brasileira, e experiência na Série A do Brasileiro. 

Gabriel Hamester Grando, nasceu em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, em março de 2000.  E chegou ao Grêmio em 2014, quando tinha 14 anos.

Após passar por todas as categorias de base do clube, subiu para o grupo principal em 2020. E já no ano seguinte teve a primeira oportunidade como titular. E mostrou serviço, se transformando no dono da posição.

Além de partidas pelo Brasileirão, também representou o Grêmio na disputa da Copa Sul-Americana, quando o clube gaúcho chegou até às oitavas de final da competição.

Com o bom desempenho, Grando acabou convocado até para a seleção brasileira principal. Ele integrou a lista divulgada pelo técnico Tite para as partidas contra Colômbia e Argentina, válidas pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo Fifa 2022. Os outros goleiros da lista eram Alisson e Ederson.

Já no ano passado, quando tinha status de titular absoluto do Grêmio, Grando foi conovocado pelo técnico Ramon Menezes para a seleção brasileira olímpica, que faria dois amistosos contra Marrocos. Somente uma das partidas foi realizada, em função de um terremoto que abalou o país africano.

Nesta temporada, Gabriel Grando acabou perdendo espaço no Grêmio após a chegada do argentino Marchesin e de Caíque, revelado pelo Vitória. Só atuou em uma partida: a vitória de 4 a 1 sobre o Guarany de Bagé, pelo Campeonato Gaúcho, no dia 2 de março. Nas demais vezes em que foi relacionado, ficou apenas como opção no banco de reservas.

Pelo Grêmio, Gabriel Grando foi tetracampeão gaúcho (2021, 2022, 2023 e 2024) e tricampeão da Recopa Gaúcha (2021, 2022, 2023).