Serviço

Óleo do motor para motos é muito diferente do utilizado nos carros; entenda

No Dia do Motociclista, Super Motor te explica as diferenças e te dá dicas sobre os lubrificantes para as motos

Sáb, 27/07/19 - 03h00
Donos de motos devem ficar atentos com a troca de óleo

Se no passado, era possível usar o mesmo óleo do motor em carro e motos. Hoje, a coisa mudou. Atualmente, uma motocicleta de 600 cc, por exemplo, produz o dobro de desgaste do óleo que um carro esportivo, usando motores que chegam a atingir até 15 mil rpm.

A maioria dos motores de quatro tempos das motos têm menos óleo no cárter do que qualquer carro. Apesar disso, na moto, ele precisa não somente lubrificar o motor como também às altas tensões da caixa de câmbio para permitir uma operação suave da embreagem.

Se você tem uma motocicleta, veja algumas dicas sobre o tema elaboradas pela marca Shell:

  • Jamais use óleo de motor desenvolvido para carros na sua moto. Hoje, eles têm características completamente diferentes e não devem ser substituídos um pelo outro.
  • Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, o nível correto do óleo, fica entre o meio do medidor da vareta, ou seja, entre o mínimo e o máximo.
  • Nunca misture tipos de óleos diferentes na sua moto. Exemplo: um óleo sintético com semissintético ou com um óleo mineral.
  • É recomendado aguardar aproximadamente 10 minutos após parar a moto para medir o nível do óleo e trocá-lo, se necessário.

Comentários

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
Leia mais
LEIA MAIS
Garagem VW
Curiosidade
Testamos
Lançamento
Moto
Fiscalização eletrônica
Sustentabilidade
Segredo
Alta voltagem
Carro de luxo