Teste

Renault Stepway se desgarra do Sandero com pegada de utilitário-esportivo

Ele tem visual igual ao do Sandero, mas não quer mais ser conhecido como uma versão do hatch da Renault, e sim como Stepway, apenas

Sex, 11/10/19 - 03h00
Teste drive Stepway 2020

Ele tem visual igual ao do Sandero, mas não quer mais ser conhecido como uma versão do hatch da Renault, e sim como Stepway, apenas. Porém, será grande o trabalho de convencimento da Renault ao transformar a versão top de linha do Sandero, com pegada aventureira, em um modelo distinto.

O hatch metido a SUV tem maior altura em relação ao solo – são 185 mm, 45 mm a mais que no Sandero com câmbio manual – e uma posição mais elevada de dirigir, mas, de corpo e alma, ele continua a ser um Sandero.

Reestilizado na linha 2020, o Stepway ganhou uma nova versão top de linha, a Iconic, que sai por “salgados” R$ 73.090. Ela traz o câmbio CVT e alguns equipamentos extras como principais diferenciais em relação ao Sandero “normal”.


Bom casamento

Fora essa ligeira forçada de barra da Renault, o Stepway cumpre bem seu papel. O bom motor 1.6 SC e de quatro cilindros, de 118 cv, casa-se bem com o novo câmbio automático da marca francesa, também oferecido no Duster, Captur e no novo Logan, o sedã do Sandero.

Na cidade, o Stepway se mostrou bem esperto, ágil e confortável. A média de consumo registrada no computador de bordo foi de 8,1 km/L com etanol, valor honesto, mas nada que impressione em termos de eficiência energética.

Virtude da marca

Outra grande excelência do Stepway segue sendo o espaço interno do modelo. Aliás, isso é uma qualidade quase tradicional da Renault. O Sandero Stepway, ou melhor, o Stepway, oferece um porta-malas de 320 L, uma capacidade respeitável não entre os SUVs, mas sim entre os hatches compactos, como o Fiat Argo e o VW Polo, dois dos rivais do modelo francês.

Mudanças

Direção

O tapa no visual do Stepway ficou bem legal, mas a Renault insiste em economizar onde não precisa. Um exemplo claro disso está na direção do Stepway, que, mesmo na versão top, é eletro-hidráulica, e não somente elétrica, como já adotado pelos concorrentes.

Na prática

Isso faz uma baita diferença na dirigibilidade do carro, sobretudo na hora de manobrá-lo. O volante fica mais pesado, deixando a tarefa desconfortável. Em um modelo de R$ 70 mil, uma bela bola fora.

Diferenciais têm seu valor

A Renault bem que tenta justificar os R$ 73.090 pedidos pelo Stepway Iconic pelo visual mais “aventureiro” e itens exclusivos da versão, como acionamento automático do limpador de para-brisa, acendimento automático dos faróis, bancos revestidos em couro sintético, além de rodas de liga leve de 16 polegadas diamantadas.

Só que o Sandero Intense, com o mesmo motor e câmbio CVT e outros equipamentos do Stepway Iconic – controle de estabilidade e de tração, assistente de partida em rampa, quatro airbags, central multimídia com Android Auto e CarPlay e piloto automático –, sai por R$ 65.490. Além disso, o modelo tem uma nova traseira com lanternas estendidas, que dão um aspecto mais moderno.

Resta a dúvida: será que vale a pena pagar R$ 7.600 a mais por tão pouca diferença de conteúdo?

Ergonomia ainda é problema

Um ponto que incomoda é a ergonomia do Stepway, que melhorou muito de alguns anos pra cá, mas continua a ser o calcanhar de aquiles dos modelos da Renault. Quem consegue explicar, por exemplo, por que o modelo tem o volante do Clio europeu, mas mantém o espartano comando-satélite para os controles de som da boa central multimídia do carro?

Além disso, nos comandos do piloto automático, parte deles fica no volante, mas a ativação do recurso se dá por um botão específico bem no painel. Essa falta de praticidade se repete nos controles dos retrovisores elétricos e também no botão de trava central das portas, que fica numa posição bastante ruim. 

O que salva mesmo em relação às facilidades é o acionamento dos quatro vidros elétricos na porta do motorista.

Podcasts Relacionados

Comentários

Deixe seu comentário
* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso
LEIA MAIS
Viral na internet
Lista só cresce
Seria em abril
Cinema
Picapona
Novo modelo
Mercado
Dia da Marmota
Você sabia?
Epidemia na China