19°C | Belo Horizonte, 19/07/2019

Criticado

'Mercenário' para torcida, Arrascaeta fala sobre vaias no Mineirão

Uruguaio não entrou em campo pela Celeste e, durante o aquecimento dos reservas, foi hostilizado por grande parte dos torcedores

Arrascaeta não teve vida fácil no Mineirão na noite deste domingo
PUBLICADO EM 16/06/19 - 23h10

O retorno de Arrascaeta ao Mineirão após a polêmica saída do Cruzeiro para o Flamengo gerou insatisfação aos cruzeirenses presentes para acompanhar a partida entre Uruguai e Equador pela Copa América. O uruguaio não entrou em campo pela Celeste e, durante o aquecimento dos reservas, foi hostilizado por grande parte dos torcedores que estavam no setor laranja, com xingamentos, vaias e gritos de “mercenário”.

Após o jogo, Arrascaeta parou para falar com os jornalistas e o assunto não poderia ser outro a não ser a recepção. Com tranquilidade, prefereiu não rebater os torcedores. “Falei com meus companheiros da seleção que cada um pode se manifestar da forma que quiser. Tenho muita gratidão pelo clube e torcedores. Fiz um bom trabalho em campo e me doei para o time enquanto estive aqui, então estou muito tranquilo. Era uma situação esperada por tudo que aconteceu, pela forma que saí daqui, mas prefiro guardar algo positivo”, explicou.

Torcedores não perdoaram Arrascaeta, que se aquecia atrás do gol 

Durante a semana de preparação para a estreia na competição, havia uma expectativa em relação a presença de Arrascaeta entre os titulares. Porém, Nicolás Lodeiro acabou ficando com a vaga. Questionado se o clima adverso poderia ter pesado na decisão de Oscar Tabarez de não escalá-lo e também não utilizá-lo durante a partida, o ex-cruzeirense preferiu não atribuir a ausência a esse fator.

“Na verdade, eu não sei. Estava preparado para jogar, mas a equipe se saiu bem com os companheiros que entraram. Agora é continuar trabalhando para poder jogar”.

Apesar das vaias, alguns torcedores celestes foram vistos com a camisa de Arrascaeta durante o jogo. Ao perceberem o clima hostil, representantes da torcida do Flamengo que estavam atrás do banco de reservas tentaram demonstrar apoio ao jogador.  

Enviar Comentário
Leia mais
Relacionadas