África do Sul

Abelhas matam mais de 60 pinguins africanos, ameaçados de extinção, em ataque

Cconsiderado “um acidente bizarro por ambientalistas, incidente ocorreu entre a última quinta-feira (16) e sexta-feira (17)

Por Lucas Negrisoli
Publicado em 21 de setembro de 2021 | 13:59
 
 
 

Na praia de Boulder, na Cidade do Cabo, costa sudoeste da África do Sul, mais de 60 pinguins africanos foram encontrados mortos, vítimas de um enxame de abelhas que os atacou, no que foi considerado “um acidente bizarro” por ambientalistas. O incidente ocorreu entre a última quinta-feira (16) e sexta-feira (17). Alguns dos corpos dos animais foram achados com picadas nos olhos, algo que nunca havia sido reportado até então. 

A ONG “Fundação Sul-Africana de Conservação de Pássaros Costeiros” informou em nota que autópsias realizadas no corpo dos animais revelaram que não há doenças ou possíveis predadores relacionados às mortes. Abelhas mortas também foram encontradas na cena do incidente. 

“A população de pinguins africanos está rapidamente se encolhendo. É muito triste ver a morte de tantos animais saudáveis, a maior parte deles adultos, em plena capacidade de reprodução”, lamentou o veterinário David Roberts, da Fundação. No país, estimou o especialista, há cerca de 10.300 casais pinguins africanos em idade de procriação. Nos últimos 20 anos, 80.000 foram mortos direta ou indiretamente por seres humanos.

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!