massacre

Ao menos 170 pessoas morrem em ataque aéreo em Mianmar

Mianmar é afetado por um violento conflito entre a junta militar e seus opositores desde o golpe de Estado de 1º de fevereiro de 2021

Por Agências
Publicado em 14 de abril de 2023 | 11:13
 
 
 

O balanço de mortos do ataque aéreo ordenado na terça-feira pela junta militar de Mianmar contra uma cidade do centro do país subiu para pelo menos 170, segundo a imprensa e um membro da equipe que participou da cremação dos corpos.

Não há um balanço oficial de vítimas do ataque que ocorreu durante a  manhã de terça na localidade de Pazi Gyi, região central de Sagaing, apesar da confirmação das autoridades de que houve uma operação na área.

Um habitante que participou da cremação dos corpos, e que pediu para não ser identificado por questões de segurança, disse nesta sexta-feira(14) que sua equipe revisou o balanço de mortos para 171. O anterior era de 130 mortos. 

Entre os mortos há 24 mulheres e 38 crianças, detalhou. O serviço birmanês da BBC também informou um balanço de 171 mortos e Free Press de 170.

Mianmar é afetado por um violento conflito entre a junta militar e seus opositores desde o golpe de Estado de 1º de fevereiro de 2021, que derrubou a líder civil Aung San Suu Kyi.

Na quarta-feira, a junta no poder reconheceu que bombardeou Pazi Gyi.

O porta-voz da junta, Zaw Min Tun, afirmou que algumas vítimas eram combatentes antigolpe uniformizados, mas que que "poderia haver alguém com roupa de civil".

A região de Sagaing é um reduto rebelde perto de Mandalay, a segunda maior cidade do país. É uma das áreas de maior resistência ao governo militar, com intensos combates há meses.

A junta afirmou nesta sexta-feira que os rebeldes lançaram quatro bombas de um avião não tripulado que mataram oito pessoas, entre elas, cinco crianças, e feriram outras 31 na cidade de Kywe Pon, também na região de Sagaing.

(AFP)

Notícias exclusivas e ilimitadas

O TEMPO reforça o compromisso com o jornalismo profissional e de qualidade.

Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar. Fique bem informado!